Ela não sabia que gostava de dar o rabinho



Ela não sabia que gostava de dar o rabinho

Com 47 anos de idade cheguei a conclusão que até os 25 anos é a idade que a mulher está mais propensa a aceitar e a aprender coisas sobre o sexo. Depois dos 25 anos, alguns preconceitos e traumas criam algumas barreiras para se testar coisas novas mas, sempre tem um mas, nunca é tarde para aprender. Basta querer e deixar seus preconceitos de lado.

Essa é a história da Tania. Uma mulher de 40 anos separada do segundo marido e com 3 filhos. Ela é uma mulher muito interessante, uma beleza árabe e um belo corpo para quem já teve 3 filhos.

Conheci a Tania num site de relacionamentos entre pessoas casadas. Começamos a conversar pelo whatsapp e logo as conversas estavam picantes. Falávamos todos os dias e 7 dias após nosso primeiro contato combinamos de nos conhecer e ir a um Motel.

Ela estava um pouco tímida, algo super normal, mas se soltou depois da chupada deliciosa que fiz nela. Em 3 horas gozei 3 vezes. Ela disse que perdeu a conta de quantas.

Fomos embora e no dia seguinte estávamos conversando no whatsapp, mas agora as conversas estavam mais picante que antes. Alias, já tínhamos transado, e muito.

Tania perguntou o que eu havia achado da transa. Pediu desculpas por qualquer coisa e disse que estava nervosa e tímida. Havia sido casada duas vezes e não tinha tido muitas oportunidades com outros homens.

Deixei-a tranquila! Disse que foi ótimo! Quase completo. Lógico que ela perguntou o que faltava para ser completo.

Disse que o corpo dela é uma delícia. Que sua bucetinha é linda e seu cuzinho apetitoso. Esse apetitoso foi de propósito lógico. Que a chupada dela não deixa nada a desejar a outras ótimas que já tive, mas que faltava algo.

Ela insistiu nesse algo. Então abri o jogo. Perguntei se ela tinha reparado que fiquei um bom tempo chupando-a de bruços com o travesseiro na sua barriga para arrebitar sua bunda. Ela Disse que sim! Que percebeu e que adorou ser chupada daquele jeito. Comentei se percebeu que chupei muito o seu cú. Ela disse que sim! Que adorou. Pois bem, disse eu, adoro um cú! Adoro sexo anal! Disse que adorei o cuzinho dela e que queria experimentá-lo.

O whatsapp ficou mudo por um tempo até que ela respondeu dizendo que tem sim curiosidade, afinal tem mulher que adora, inclusive algumas amigas dela, mas que seu ex-marido tentou uma vez, mas que não rolou pois começou a dor e ela desistiu bem no começo. Depois dessa experiência seu medo aumentou e a sua curiosidade diminuiu.

Fiquei um pouco decepcionado! Até gosto de desafios, mas pela forma como expos os fatos, percebi que ali seria difícil.

Continuamos nos falando pelo whatsapp! Nossos assuntos eram sempre relacionados a sexo! Sempre sacanagem. Ela queria saber quantas já comi! Como comi e começou a se interessar em saber porque eu gosto tanto de sexo anal e quantas eu já tinha comido o cuzinho. Perguntava o que as garotas falavam a respeito e qual era a sensação do meu pau entrando num cuzinho. Ela estava curiosa pelo assunto e isso acendeu minhas esperanças.

Demorou uns dois meses para sairmos novamente. Foi bom pois estávamos ambos com muita vontade um do outro.

Fomos para um motel próximo a casa dela. Já no carro nos agarramos e ela tirou meu pau, que já estalava de duro, para fora da calça e começou a chupá-lo enquanto eu dirigia até o motel. O percurso de 10 minutos eu fiz em 15 para aproveitar aquela boca me devorando. A uns 200 metros da entrada do motel disse que estávamos chegando e que ela parasse pois iria gozar.

Lógico que ela não obedeceu! Muito pelo contrário. Quando percebeu as contrações que prenunciam o gozo, ela chupou-o mais fundo até a sua garganta. Diminui a velocidade do carro quase parando segurei a cabeça dela e enchi sua boca com meu leite. Que delícia. Mas o tesão era tanto que o pau continuou duro. Ela levantou-se e sorriu. Havia engolido tudo. Adoro mulher assim. Continuei o percurso e entramos no motel.

Já dentro do quarto, logo após entrarmos, nos agarramos novamente em pé. O pau duro já estava em suas mãos. Deitamos na cama e ela pediu para me chupar novamente. Neguei e disse que iria retribuir a deliciosa chupada mas antes tomaríamos um vinho para comemorar nossas aventuras.
A tática do vinho é ótima! Relaxa e deixa a gata bem soltinha.

Abri um vinho que havia levado. Brindamos o momento e tomamos rapidamente umas duas taças cada um. A pressa dela era evidente.
Àquela altura Tania já estava mais a vontade.

Aliado ao vinho eu tambem utilizaria da tática da massagem para tentar comer o seu cuzinho praticamente virgem. Essa tática falhou pouquíssimas vezes.
Deitei-a de bruços e escorri em seu corpo um óleo de amêndoas próprio para massagem. Ela sorriu quando sentiu o líquido gelado caindo em suas costas.

Comecei pelos ombros e braços. Fui descendo pelas costas em movimentos circulares até sua bunda que estava empinadinha pois havia colocado um travesseiro em sua barriga. Dava para ver que sua bucetinha estava brilhando de tesão, mas o que mais me deixava louco era a visão do seu cuzinho. O pau já estava no nível 150% de tesão.

Massageei suas nádegas. Cada movimento circular que eu fazia separava propositalmente suas nádegas, abrindo sua bunda e esfregando minhas mãos lambuzadas em seu cuzinho e na bucetinha. Nessa hora deu para ver um filete escorrendo de sua grutinha. Era seu mel delicioso.

Desci para a parte posterior das coxas e panturrilhas. Subi e voltei para sua bunda onde fiquei por alguns momentos. Tania soltou um gemido de tesão quando lentamente dedilhei seu buraquinho. Eu já estava a 200% de tesão.

Subi com o meu corpo e pressionei-o contra suas costas. Enquanto fazia pressão com meus peitos, beijava sua nuca e falava o quanto ela era gostosa e que faria daquele momento um momento inesquecível. Tania só balançou a cabeça positivamente. Teria ela entendido e sinalizado que a partir dali tudo estava liberado? Prossegui com o plano.

Desci beijando suas costas até sua bunda onde parei para admirar. Ela fazia pequenos movimentos rebolando aquela delicia.

Cheguei perto com a língua e lambi seu mel que escorria. Ela gemeu alto e empurrou a bunda em minha direção. Então enfiei a língua em sua buceta e desci procurando seu clítoris que estava duro de tesão e desejo. Nessa hora pressionei meu nariz em seu cú e pude sentir o cheiro de sexo que vinha dele.

Subi a língua e me concentrei em seu botãozinho delicioso. Lambia em movimentos circulares alternando com a ponta dura da língua sinalizando que queria entrar. Tania rebolava gostoso. Minhas mãos abriam suas nádegas para que eu pudesse ter todo seu cú a mostra para mim.

Deixei-o bem lubrificado com minha saliva e subi com meu corpo. Sentei em suas costas e apoiei meu pau entre suas nádegas. Peguei o óleo e deixei cair em meu pau e em seu rego. Ela gemeu e murmurou algo como: Que gostoso! Quero você.

Fazia movimentos de vai e vem esfregando o pau em seu cuzinho e as vezes pincelava sua bucetinha com a glande inchada.

Em determinado momento posicionei o pau na bucetinha e entrei vagarosamente. Deixando que ela aproveitasse o momento.

Arranquei um gemido mais alto dela e uma empinada forte na minha direção.

Fui até o final, parei, me apoiei em seu corpo e com minha boca próximo ao seu ouvido disse:

_ Sabe o que eu quero né?

Ela balançou com a cabeça sinalizando que sabia.

_ Vou comer gostoso seu rabinho hoje.
_ Sim. Disse ela quase gemendo.

Subiu um frio na minha espinha dorsal! Que delícia!

Enquanto falava com ela, pressionava meu pau em seu rego em movimentos de vai e vem. Podia sentir seu cú na cabeça inchada da minha rola.

Então levantei-me, joguei óleo de massagem em seu rego e deixei escorrer até o cuzinho dela. Com a ponta do dedo massageie o buraquinho e lentamente comecei a colocá-lo dentro dela. Dava para ouvir sua respiração ofegante e pequenos gemidos. Ela estava bastante relaxada pois não mostrou resistência. Apenas um aperto quando enfiei todo o dedo.

Fodi ela com o dedo por um pequeno tempo. Então comecei a colocar um segundo dedo junto. Entraram fácil. Enquanto comia ela com os dedos ela rebolava gostoso. Ver aquela bunda rebolando para mim era sensacional. Um paraíso.

Então ela me surpreendeu.

_ Quero mais! Quero seu pau.

Não podia deixa-la na vontade. Encostei a cabeça do Junior na entrada do seu cuzinho e fui pressionando lentamente. Senti suas pregas se abrirem conforme ia invadindo seu botãozinho. Tenho a cabeça do pau bem grande, algumas garotas até brincam que se passar a cabeça o resto entra fácil e foi isso que aconteceu. Para passar a cabeça houve certa resistência muscular. Tania soltou um pequeno gemido de dor, mas não me conteve. Fui forçando, forçando até que! Pahhh! Entrou e ela gritou.

Fiquei parado para que ela se acostumasse e se recuperasse do susto, mas antes que eu tomasse a iniciativa, Tania empurrou a bunda na minha direção até entrar meu pau inteiro dentro do seu cú. Só parei quanto minhas bolas baterão em sua bucetinha.

Fiquei parado e logo comecei os movimentos de vai e vem.

_ Como meu cú Lu! Ele é todo seu! Só seu!

Essas palavras acrescentaram uma dose altíssima de tesão ao momento.

_ Quer meu pau no seu cú minha vadia?
_ Quero muito seu pau no meu cú!

Os movimentos aumentavam conforme nosso diálogo esquentava.

_ Me xinga! Me xinga!

Tania se revelara.

_ Cachorra! Vadia! Vagabunda! Toma rola no cú! Toma meu pau. Vou te arregaçar sua vadia que gosta de dar o cú.
_ Gosto! Gosto! Adoro! Ahhhhhhh! Como isso é gostoso demais.

Ela rebolava com mais conforme eu aumentava a velocidade.

_ Ai meu cú! Ai meu cú!

Percebi então que lágrimas saiam de seus olhos. Perguntei:

_ Está doendo? Quer que eu tire?
_ Não! Por favor não! Soca mais. Quero mais rola no cú! Quero você no meu cú! Soca! Soca.

A respiração de Tania começou a aumentar e ela me xingava como nenhuma outra havia me xingado transando. Seus movimentos aumentavam.

_ Ahhhhhhhhh! Ahhhhhhhh! Estou gozando! Estou gozando! Gritou ela tão alto que até a portaria do motel dever ter ouvido.

Enquanto gozava ela empinava a bunda com força em minha direção. Acho que se tivesse o dobro de pau ele teria entrado. E olha que meu pau não é pequeno.
Meu tesão aumentava conforme ela gozava e apertava meu pau com sua musculatura anal. Não aguentaria segurar o gozo por muito temo.
Ela então foi relaxando e diminuindo os movimentos. Eu ainda dentro dela socando sem dó.

Então senti que iria gozar! Que era iminente! Aumentei os movimentos. Tania então disse:

_ Ai Lu. Ai, ai, ai! Vou gozar de novo! Vou gozar de novo. Ai que delícia seu pau no meu cú. Jorra sua porra dentro de mim! Goza! Goza. Fode sua vagabunda! Me rasga!

Não aguentei e gozei muito dentro dela. Enchi seu cú com minha porra. Então pesei meu corpo sobre o seu e assim fiquei por alguns minutos.

Quando levantei e tirei meu pau do cuzinho da Tania, pude ver a porra escorrendo para fora. Era muita porra. Ela mesmo comentou que era muita coisa.
Estava acabado. Ficamos em silêncio por alguns minutos e fomos tomar um banho juntos.

Perguntei se ela havia gostado e a resposta dela foi:

_ Quero todo dia agora! Todo dia!

Depois ainda gozei mais duas vezes. Outra no cú dela, mas de frente beijando-a, coisa que ela adorou e outro na bucetinha de quatro com meu dedão atolado e fodendo o seu cú.

Por isso digo! Nunca é tarde para aprender!

Fim

Foto 1 do Conto erotico: Ela não sabia que gostava de dar o rabinho

Foto 2 do Conto erotico: Ela não sabia que gostava de dar o rabinho

Foto 3 do Conto erotico: Ela não sabia que gostava de dar o rabinho

Foto 4 do Conto erotico: Ela não sabia que gostava de dar o rabinho

Foto 5 do Conto erotico: Ela não sabia que gostava de dar o rabinho


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario ruca2510

ruca2510 Comentou em 06/05/2017

"Ai que delícia seu pau no meu cú. Jorra sua porra dentro de mim! Goza! Goza. Fode sua vagabunda! Me rasga! Não aguentei e gozei muito dentro dela. Enchi seu cú com minha porra." Delícia... Fotos de top! Adorei...

foto perfil usuario ruca2510

ruca2510 Comentou em 06/05/2017

Votado!!! Adorei seu conto. Acho que toda mulher gosta... Problema é como foi da primeira vez que deram o cuzinho?Se foi ruim pra elas, não vão querer mais... Outras cheias de preconceitos nas suas cabecinhas... Mas todas as que tiveram uma boa experiência, vão querer repetir... Sexo anal é FENOMENAL! rsrsrs Beijos

foto perfil usuario

Comentou em 05/05/2017

""Vou comer gostoso seu rabinho hoje. _ Sim. Disse ela quase gemendo.""""""Adoravelmente delicioso.....votado...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


100350 - Back Office - Categoria: Exibicionismo - Votos: 6
100351 - Divã - Categoria: Fantasias - Votos: 3
100352 - C'est la vie - Categoria: Fantasias - Votos: 1
100374 - Vida no campo - Categoria: Fantasias - Votos: 4
100375 - Paraíso Tropical - Categoria: Fantasias - Votos: 3
100388 - No estacionamento do Ponto Frio - Categoria: Fetiches - Votos: 9
100389 - Ao mestre com carinho - Categoria: Fantasias - Votos: 5
100482 - Uma tarde no cinema - Categoria: Fetiches - Votos: 5
100489 - Duda. Minha amiga aprendiz - Categoria: Fantasias - Votos: 4
100530 - Uma aventura no Outback - Categoria: Fantasias - Votos: 5
100598 - Justa Causa - Categoria: Fetiches - Votos: 7
100634 - Aventuras em um provador - Categoria: Fantasias - Votos: 6
100776 - O amigo do papai - Categoria: Fantasias - Votos: 8
100990 - No rabinho da patroa pela primeira vez - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
101134 - Uma prazerosa viagem a trabalho - Categoria: Fantasias - Votos: 5
101244 - Minha colega e professora do sexo - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
101372 - A amiga da minha esposa - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
102214 - Quando descobri o sexo anal - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
102709 - O rabinho de Ana queria muito ele - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
102931 - Minha primeira traição - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
125721 - Negócio Fechado - Categoria: Heterosexual - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil doctorstrange
doctorstrange

Nome do conto:
Ela não sabia que gostava de dar o rabinho

Codigo do conto:
100447

Categoria:
Coroas

Data da Publicação:
05/05/2017

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos eroticos meu amigo negro e o macho da minha mulhercontos erotico com cavaloFilme porno com muito amaço beijo na boca e homem metendo a mao dentro da calcinhaconto gay pai bombadocontosesposa pervertida fktocontos eroticos uma piriguete levou minha mulher na praiaConto Gay o machão pegador de gatinhas que virou pegador de paucontoscasada com gueicontos eroticos minha primeira siriricacontos eroticos de travesti fodendo com suas maes e imasPorno contos familhas incestuosas boquinas e maozinhas das suas meninas delicia dos paiscontos herotico namoradasoquei tudinho no c* da minha noraconto gay na pousada da praiameu pai me ensinou a bater punhetaEscrava sx do meu irmão partelll contos eroMeu advogado me fez gozar contos eroticos de gaysmae filho filha conto pornofilme porno estupros mulheres estupradas em kuanto mae dormia pelo paidesenhos animados gay gibi sexoentregador de pizza tarado e chupao de bucetacomtos eroticos de patrao bem dotado cu virgeconto eroticonovinho virgem e as priminhas virgensanimes:família transandohomem comeu cu de menino contoMamae fingindo dormindo comi ela canto eroticacomendo assubrinha no onibus pornomulher gemendo na vara do cavaloconto erotico gravida novinhacontos erotico no morrosurumba conto eroticoçizgi+film+porno noel babaluan batendo uma conto eróticoAi que delicia me fode gostoso mais forte mete tudo conto eroticotransando com a interna contosConto Incesto Meu IrmaoChaves contos eróticos animadosrelato de massagista comedor de casadas 2019contos erotico vo netinhascontos chorei na pica do meu netoconto erótico travesticontos erooticos meu cachorro lambendocuzuda com celulite babadasexo dei pro meu paicontos erticos a doida que toma remedioconto erótico fiquei grávida de novoconto etoticos de feitiches de casaisconto erotico minha empregada me viu nucontos eroticos com fotos de mulheres que tem suas bucetas peludas fazendo sexo com animais fazendo zoofeliahq porno convidando colega de escolaContos fotos de calcinhas de sograsconto gay menino inocente no colinhocontos minha empregada euma travesti morenatodo dia espero meu marido dormir e vou mamar o mastro de nosso filho contos eroticosconto erotico irma putinhatravesti com rola ensebada contos eroticosmulheres hetero esfregando a xota em outra mulhercontos de coroas da bunda grandefudeno cunhada bebida contos mozto.rucontos - sobrinha tomando leitelevei chifre contoComtoerotico chupando a coroaescochano na mulheres no show porncontos biscatinhacontos eróticos a professora submissaver conto erotico sob velhos taradoBucetao da egua no ciocontos eróticos eu bobinha tava brincando de casinha com o menino meu tio me pegou me chatagiocontos eroticos cm foto minha erma me seduziu o fude ela e seu maridocontoerotico.fui com a esposa fazer acumputura