COMO ME TORNEI GAY E SUBMISSO 01 (Meu primo Mulato)



Meu nome é Cláudio (nome ficitício). Na época eu era um rapaz de 1? anos, moreno claro, 1,60cm uns 55 kg, mas já tinha um quadril de 99 cm (noventa e nove), bem avantajada e levava muitas cantadas de outros adolescentes e adultos sempre as rechaçava e muitas vezes ficava com raiva. Nas férias de final de ano resolvi aceitar o convite dos meus tios e passar com eles em uma cidade do interior do CE no sítio deles. Meus tios Marta e Paulo era um casal se casaram bem jovens e tiveram um filho. Clécio, tinha 22 (vinte e dois) anos, mulato, 1,80 cm uns 80 kg, ele ajudava meu tio na lida do sítio e por isso era forte e musculoso.
A casa deles apesar de organizada era uma casa pequena com apenas dois quartos, um banheiro social, sala, copa, cozinha sendo o quarto do meu primo Clécio era isolado no fundo da casa e tinha um banheiro. Faziam alguns anos que eu não via meu primo e meus tios fiquei feliz quando cheguei ao vê-los. Como cheguei no final da manhã encontrei apena meu tio e minha tia em casa meu primo estava na escola. No início da noite meu primo chegou. Ao chegar me abraçou e comentou que eu tinha crescido e eu disse o mesmo a ele. Comentei que já tinha colocado as minhas coisas no quarto dele e que a tia quem tinham mandado. Ele disse: Tudo bem iria sugerir isso mesmo. Fomos para o quarto ele me pediu desculpas que tinha que tomar banho e ver a namorada que já estava atrasado. Ele disse que não tinha problemas. Ele foi ver a namorada dele e eu fiquei assistindo TV e depois fui dormir em um colchão ao lado da cama dele.
No outro dia quando levantei ele tinha saído para a roça. Tomei café e fui jogar bola com os outros meninos. Depois fui ao açude tomar banho. Ao chegar lá como sempre os meninos ficaram tirando gracinhas e alguns mais ousados passavam a mão na minha bunda. Fiquei com raiva. Ai um dos meninos de lá. Chamado Francisco disse: Deixa de onda o Clécio já deve ter te comido. Com um bundão desse ele não deixa passar.
Ai eu disse: Você tá louco. Sou homem.
Ele disse: Se prepara então que o teu primo vai te comer. Ele já comeu um bucado de meninos daqui.
Eu disse: Se ele é viado eu não sou.
Fui para casa de meus tios e esqueci a conversa. Passados uns dias teve festa na cidade. Pedi para meus tios para ir mas eles não deixaram. Vi meu primo se arrumar e pela primeira vez vi ele pelado. Caramba o que era aquilo. Era grande, grosso e ele depilava a virilha. Como ele era mulato a cabeça era brilhosa roxo escuro.
Confesso que me lembrei na hora da conversa e da profecia do Francisco.
Fiquei em casa chateado. Fui assistir TV e depois fui dormir vestindo apenas um short de futebol. Na madrugada acordo com meu primo em cima de mim. Sentia um cheiro forte de bebida e ouvia ele dizer agora você vai ver quem é o viado.
Ele era mais velho maior e mais forte. Pedi para que ele não fizesse aquilo, mas foi em vão. Ele tirou meu short e me penetrou aquilo doeu muito, porém logo ele gosou e adormeceu. Eu fiquei quietinho com medo. Quando o dia amanheceu. Ele me acordou e disse que precisava conversar. Disse que se arrependia, mas que a culpa era minha. Que eu disse que ele era viado. Que o Francisco tinha falado para ele. Ai, contei a história para ele. Ai, ele disse: Que tudo bem, mas também eu tinha culpa porque eu tinha uma bundona, e vivia com short apertado. E que os meninos viviam passando a mão na minha bunda. Que eu tinha bundão de mulher e meu pau era pequeno. Que eu tinha nascido para levar rola. Que homem pode até ter bunda grande mas tem que ter pausão como o dele grande e grosso. Que se não fosse ele que me comesse seria outro.
Ai, ele prometeu que não iria acontecer mais. Mas, aquilo que aconteceu apesar de trágico mexeu comigo. Fiquei pensando porque todos queriam me comer? Será mesmo que eu havia nascido para levar rola? Fui para o espelho e fiquei olhando e realmente eu tinha um bundão e meu pênis era pequeno. Realmente eu vivia com short apertado. Será que meu primo tinha razão?
Passei uns dias pensativo. Pensei em falar para minha tia. Mas, o que me martelava a cabeça era que eu achava que meu primo tinha razão. Passado mais alguns dias. Ele notou que eu estava calado e disse: O que foi? Porque você está tão triste já te pedi desculpas. Sei que errei.
Ai eu disse a ele: Desde aquele dia venho pensando em tudo que você me disse. Que eu nasci para se viado.
Ele falou: E chegou a uma conclusão?
Eu disse: Ainda não.
Ele falou: Tá certo vamos parar por aqui. Olha como estou ficando. Baixou o short e me mostrou o pau dele durasso.
Eu perguntei: Clécio eu aguentei tudo isso?
Ele claro que não. Mas, com um bundão desse teu se você quiser experimentar vai aguentar facinho, facinho. E riu.
Eu disse: Será?
Ele: Tenho certeza que experimentar?
Eu: Não sei. Doeu muito.
Ele: Vai doer sempre. Mas você também vai sentir muito prazer. Você nasceu para levar rola. Vem pega nela para ver como está dura só pensando em te comer.
Ele levantou cama dele, chegou perto de mim e disse: Vai viadinho pega nela sente a dureza.
Não sei o que aconteceu mas senti uma vontade imensa de pegar peguei e comecei a bater uma punheta para ele. Ouvia seus gemidos, humm, isso, ta gostoso, humm. Não disse que você nasceu para levar rola. Que gostoso.
Agora chupa vai. Bota na boca. Lambe. Eu passei a obedecer às ordens dele. Isso assim tá gostoso. Chupa até eu gosar. Você hoje vai beber o leitinho do teu macho.
Respondi: Tá certo.
Ele: Não me responda assim. Dentro desse quarto sou seu dono, seu senhor e você meu viadinho, minha bichinha. Me trate por senhor e me deu um tapa no rosto. Responde agora você vai beber meu leite.
Respondi: Está certo meu senhor.
Ele: Bom viadinho gosto assim.
Continuei mamando ele de joelhos.
Ele disse: Sobe. Eu subi ficando em pé. Ele me beijou. E disse: Tá vendo que você é mesmo um viadinho. Vai ser o meu viadinho e de quem eu quiser viu.
Respondi: Tudo certo meu senhor. Ai ele de um sorriso e disse: Meu viadinho é inteligente aprende rápido. Vem mama teu macho. Desci e continuei mamando. Ouvindo ele gemendo, e dizendo assim humm tá gostoso. Com pouco tempo ouço ele urrar sinto pau dele inchar e sinto uns cinco jatos de goso três na minha boca e dois no meu rosto. Escuto apenas ele dizer engula. Engoli apesar do nojo. E na verdade gostei do gosto.
Ele demorou um pouco a se recuperar. Quando ele se recuperou disse: da próxima vez não é pra desperdiçar tem que engolir tudo viadinho.
Eu disse: Sim meu senhor. Vou lhe obedecer sempre.
Ai ele: Vá lavar o rosto e venha se deitar comigo aqui na cama. Vou me recuperar da gosada e já já vou meter no seu cuzinho e vou arrombar ele.
Fiz o que ele mandou.
Quando voltei do banheiro ele disse: Deita pelado e fica de bunda para cima. Vou descansar aqui um pouco. E depois meter em você. Por isso, é melhor você já ficar no ponto porque você pode adormecer. E ficando com esse rabão para cima só monto e meto rola.
Confesso que a adrenalina estava forte jamais dormiria. Passado um tempo vejo ele se mexendo e ouço ele dizendo chegou a hora de você sentir o rolão no seu cuzinho.
Quando eu vi o pau dele tava durasso novamente, muito grosso (22X10). Ai ele Bora abre a bundinha. Quando menos espero sinto a língua dele no meu cuzinho. Que coisa deliciosa eu gemia e me sentia realmente um viadinho. Gemia muito. Escutei quando ele disse: Ta gostando. Vai ficar melhor quando a vara entrar todinha.
Ai eu disse: Então mete meu senhor. Sou seu viadinho, Nasci para levar rola. A sua rola.
Ele falou: Isso que eu estava esperando. Cuspiu no meu cu e no pau dele e colocou na entrada do meu cuzinho. Forçou a dor foi grande gemi alto e pedi para tirar. Mas ele não tirou continuou metendo e eu gritando. Ta teve uma hora que ele parou e disse: Calma já melhora meu viadinho.
Eu pedi: Tira por favor, meu senhor.
Ele: Eu sei que sei que você não quer que eu tire. Se eu tirar não lhe como nunca mais. Tem certeza que quer que eu tire?
Eu disse: Não. Mas está doendo.
Ele: Vai passar relaxa meu viadinho. Já entrou uma boa parte.
Ai ele começou novamente a meter centímetro por centímetro. A dor não parecia ser a mesma tinha diminuído. Ouvi apenas quando ele disse: humm tá tudo dentro meu viadinho. Tá vendo, e começou a tirar e colocar e eu comecei a gemer não mais de dor mas de dor e prazer e depois somente te prazer. Ora ele metia devagar ora ele metia rápido. Ora ela parava e dizia está vendo você nasceu para dar prazer a macho.
Ele me fudeu em várias posições. De bruços, frango assado, e de quatro. Meteu como quis. De quatro ele pediu para eu rebolar no pausão dele. Estava rebolando quando ouvi ele dizer: Vou gosar continua, continua... Senti o pausão dele ficando mais grosso e outros jatos de gala no meu bundão.
Terminou eu estava literalmente arrombado. Mas, feliz. Tinha a certeza que eu tinha realmente nascido para servir macho. E tinha encontrado o meu. Após ainda ficamos conversando e ele me dando as instruções: Que não era para eu dar pra mais ninguém, só a ele e quem a ele mandasse. Que todas as noites era para eu estar preparado para levar rola. Que não mais dormisse de short ou cueca, devia dormir nu e de bunda para cima. Que se possível esperasse ele acordado porque ele queria me comer e me botar para mamar muito. As férias que passei lá obedeci a ele sempre.
Até servir um amigo dele servi mas essa história é para outra hora.   



Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario carlaioba

carlaioba Comentou em 13/06/2018

Sonho de toda vagaba é ter um primo desses

foto perfil usuario ricksspsp

ricksspsp Comentou em 27/04/2018

ÓTIMO! Posta a continuação, com o amigo dele! Vlw

foto perfil usuario chaozinho

chaozinho Comentou em 14/04/2018

Deu uma de brabo, mas provou mesmo que nasceu prá dar esse cuzinho descabaçado pelo primo.

foto perfil usuario ricks

ricks Comentou em 13/04/2018

Muito bom! Ansioso pela continuação.

foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 13/04/2018

Submisso amado, conta mais, pois vc, além de gostoso, escreve mto bem. Bjs

foto perfil usuario dudubi90

dudubi90 Comentou em 13/04/2018

excitante demais!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


119372 - OBEDECENDO O MEU PRIMO (DONO) E SERVINDO O AMIGO DELE (COMO ME TORNEI GAY E SUBMISSO 02 (Meu primo M - Categoria: Gays - Votos: 16
120429 - O dia que dei ao personal dotado a pedido da esposa (minha chefe) e ele se tornou meu dono - Categoria: Gays - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico submissoquermestre

Nome do conto:
COMO ME TORNEI GAY E SUBMISSO 01 (Meu primo Mulato)

Codigo do conto:
115684

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
12/04/2018

Quant.de Votos:
27

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotominha mulher nuaQudrinhos Eroticos Transando Com Minha IrmaContos eróticos abusando do cu apertado da esposa a forçaum dia depois de amanhã conto eróticocontos eu e meu sogro comeu minha mulher gravidaeu e minhas irmas gostosas contos com fotosvelho safados contoco/tos porno de filhos enfiando o dedo na buceta da mae sem permissaomenino pirocudo casada crente contossou coroa mae incestuosa e gosto de me exibir de biquíni fio dental contoscontos herotico taduendoPica do negãofiz anal com meu filhoPepeca da minha vizinhaComendo a irmã Izabel parte 2 contostruyen tranh sex milftoon lam tinh Voi me trong sieu thidoce nanda contos eroticosconto erotico fui na casa da minha sogra e so ta minha cunhadinharoçando na cueca do papai contoscontos eróticos mamãe e eu no carnavalmeu padrasto lambia minha buceta conto021 997180802conto erotico: meu marido pediu e eu abri a porta pro entragador so deconto erotico com afilhado do diabocontos eroticos gay chiquititastive a vagina alargada contocontos e fotos gayscontos fudi com meu paio padrasto tarado ver a enteada se depilando e que fazer sexoscontos com fotos esposas loba de cornocontos veridico mulher casada traiu o marido com um traveco mega dotadocontos eroticos de esposa iniciando o marido como putinhahistoria de contos eroticos de negao fudendo neguinha novinhamulher transando a pica grossa etrado na piriquità dei minha buceta na praia da ferrugemconto erotico gey com foto o pedreiro negãocomeu meu cuzinhoconto. erotico. meu. irmaolzinho. dormiu. na. minha. camaContos erotico de incesto putaria entre familia em gang bang no sitiomãe estupra filha e chupa xota afosa porno farol acesocontos eróticos categoria casais portuguesescontos eroticos dei a bundinha por balascoroas10xvideonovinha não resistiu ao pirocăo do papai contosconto fudendo a enteadinha gordinhacontos pornô de zoofilia vi minha esposa Ana engatada com o nosso cão gigantecontos viuva carente siriricaporno gay em quadrinhosContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.no.parque.contos herotico namoradaConto porno desdi pequena pai e mae me comemeu sogro contoquadrinho outra chanceLapis na buceta contoContos de cdzinha afeminada provocando com shortinhoquadrinho eroticos minha professora evangelica virou minha putaconto erotico gay bundodovovo bucetuda dando gostosoImagens da penis dos Negrosvideos menina dando cu virge grita manda tira tira aiiiii meu cuuuu porrabuceta retaporno enchendo a bucetuda volumosa da massagista de porra. calcinha brancacontos erótico empresáriacontos eroticos gay caguei no meu paiconto eerotico menino colegaImagens porn gay liga da justicamostrando o cuzinho no ônibusConto erótico comi a cinquentona q eu era apaixonadodeixei meu cunhado gozar na minha bucetaobrigado a baixinha da bunda e dois filhos condição de shortinho filme pornôContos erorico minha esposa chego em casa com batom borrado e a cara meladahistórias em quadrinhos eróticoquadrinho porno comendo bucetasogracontoeroticohq eroticas peofessoras com mulequeputaria moz desenhosporno esposas quadrinhos de vestidos rabaovideos filho virgen sendo arrrgacado pelo pai por dinheirocontoeroticobiacontoeroticomeusogrocontos eróticos em quadrinhos de velhos violentado mulherescontos eroticos gay o meu padrinho gatugrávidanovinhaporno