A putinha do hostel: cuspe, saliva, porra



Essa história que vou contar agora nteceu em uma viagem que fiz sozinho pra Curitiba em um feriado. Como de costume, fiquei hospedado em um hostel pra conhecer mais pessoas.
Logo na minha primeira noite conheci um grupo de universitários que estavam lá pra uma competição. Por coincidência eles faziam o mesmo curso que eu, então tivemos muito o que conversar. Enquanto conversava com eles, vi uma pessoa no grupo que me chamou a atenção: uma loira baixinha de costas pra mim, bem magrinha e com uma bunda que na hora me deu vontade de apertar. Aquele rabo redondinho de saia, com a calcinha bem marcada me deixou louco de tesão. Quando ela virou pude ver aquela carinha que parecia santa. Ela era Ana, a mais gostosa naquele hostel.

Passamos a madrugada inteira conversando com ela e com outro cara (para o meu azar). Como estava frio, ficamos debaixo de um cobertor, ondeaa coisas começaram! um pouco tímido comecei a massagear seus pés, ela não ligou. Passei a mão nas pernas e subi pra bunda, ela não negou nada.

As coisas começaram a esquentar quando o assunto virou putaria! O outro cara foi dormir e só ficamos nós dois no hostel. Eu já tava louco, passava a mão na bunda dela e encarava a boca sem medo nenhum, enquanto isso ela fingia que nada acontecia.
Até aí ainda achava que ela era santa, mas as coisas que ela começou a falar me provaram o contrário. A coleção de fetiches de Ana me mostraram a vadia que ela era. Submissão e todas assuas vertentes, gostava de dominar e ser dominada. Meu pau já estava totalmente duro a essa altura. Joguei ela no sofá e ela botou a língua pra fora, lambeu minha boca e eu retribui encostando minha língua na sua. Não tinha mais jeito, ela já era minha puta e eu queria dar pra ela tudo que uma vagabunda de primeira merece. Percebemos que havia uma câmera no lugar e nos acalmamos mas a putaria continuou na conversa.
Ela me revelou mais fetiches, tomar banhl e beber tudo que sai do corpo do homem: saliva, porra e mijo, além do que sai do corpo dela.
A medida que a conversa esquentava nos ligavamos menos pra camera. nós beijávamos com muito tesão e comecei a cuspir na boca dela, a puta bebia tudo fazendo cara de tesão
-Isso é licor pra mim! cospe mais, porra! Eu vou te servir, fazer o que voce quiser desde que você me pague em saliva,

mas eu queria mais, cuspi na cara dela sem dó, ela parecia não acreditar que eu tinha feito aquilo. A cena da cara dela com meu cuspe na bochecha me deu muito tesão, ela pegava a saliva e espalhava pelo rosto, levava para a boca e saboreava meu cuspe.
Pensei que ela era uma puta e estava dando o que ela queria, e que eu merecia mais. Mandei ela levantar e me mostrar aquele rabo que eu tanto pensava. Ela negou, disse que tinha camera. Eu não tava nem ai pra quem ia ver o corpo dela ou se íamos ser expulsos, eu só queria ver aquela bunda. prometi pra ela que se ela mostrasse ia dar mt saliva e ela levantou, parou na minha frente e levantou o vestido. Vi aquela calcinha vermelha minúscula enfiada na bunsa dela e minha única reação foi dar um tapa que fez um estralo forte. Não tinha mais jeito, nos pegavamos muito, ela passava a mão babada no meu rosto e eu sabia que ela queria me bater também.
levantei sem falar nada e fui no banheiro, vi meu pau todo babado, a cueca melada, limpei meu líquido com a mão e levei pra ela. Ela lambeu como se tivesse chupando o pau mais gostoso do mundo e depois me beijou, que delícia sentir meu gosto pela primeira vez...Ela botou a língua pra fora e eu lambia loucamente, só queria sentir o gosto, cuspir nela mais e misturar tudo
Levantei de novo e fui no banheiro, dessa vez voltei pra ela com um pouco de outro líquido, era meu mijo, quente e recém saído do corpo. Ela não acredirava no que estava vendo e de uma só vez virou toda minha urina.
As pessoas foram acordando e fomos parando com as coisas e nesse dia foi só... na próxima eu conto o que aconteceu depois disso


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico taradopelas

Nome do conto:
A putinha do hostel: cuspe, saliva, porra

Codigo do conto:
126348

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
06/10/2018

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos incesto mae corpinhoConto erotico real sessentona com molequevirgem gritando na horadesentir o pau entrandofilhocomepornoConto erotico meu avô e avócontos eu de camisola tiomeu enteado comeu a força meu cuzinho virei viciada em analconto foder caralho pequenocontos eroticos marido liberalContos erotico minha esposa no churrasco Conto erótico engravidei d meu genroconto erot adestramentoGozando nas tetinhas contos eróticoshq porno interracialcontos eroticos caseiros no quintal de madrugada com a vizinhaContos e fotos de sobrinhos pauzudosanaldei para 3negos contosultimos contos sadoNovinha transando pela primeira vez conto eroticoLucmar mimha conhadA cpm a vagina melAdA .oempregada gostosa porncoto erotismo nagao tarado por novimhacontos erotico com veterinariacontos eroticos amiga rabudacontoseroticos madrasta com entiado picudoMae da banho no filho pequeno conto com fotoconto erotico Edilenecontos de ensesto de novinhas evangelicascasada contos reclamando do marifo fodedorconto erotico ia pro moto taxi minha namorada ficava sozinhacontos eróticos a menininha quis mim da o cuela adora dar contoconto erotico grupo de amigas da escola vendo um pauzudo batendo punheta levei gozada nA xoxota volumosa conto eroticoporno contos eroticos punheteirascontos eróticos gay banho amigo bebadoconto sexo com a pastoraconto erotico lesbica escada escuraContoengravideiumanovinhaFamily guy porno em quadrinhoscontos eróticos minha mãe e sua netascontos eroticos novos secretarias que ficam com chefes para nao prrder o empregoconto erotico comendo a esposa necessitada do meu amigocontos fiquei olhando minha namorada na praia de nudismo com dotados analgosto de tirar o cabaço dos leks conto contos eroticos com july fotoscontogayporno as vadias feiosas fudendocontos herotico taduendocontos eroticos minha esposa virou puta no carnavalContos eroticos seios mordidasconto gay passivo que gosta ser penetradoconto erótico 103conto erotico fortão comendo cu no réveillonamiga leva sua amiga rabuda na casa dela e ela da pra dois caras Ilhabela contos eroticos de rapazes que praticam lactofiliaputas de moz sem camisinhacontos virei corno no apagaofudendo a casal biObrigaram-me a fuder com meu irmão contosFotos pornogay passivo parou no presidio e enfiaram a rola nelevizinha viuva puta contoscontos eroticos de diretoras safadas de escola fatos reaisx vídeos desdita comeno viadocontos eroticos de mulheres que trai o marido cm o melhor amigo do pausadoconto erotico amigacontos gosei aos berros na boca do papai e ele gemendo com palavrões deliciacontos eróticos com foto a minha madrasta me pegou f******conto erotico esposa realiza o sonho do cornocontos eróticos insetos minha tia gostosa e putaContos transei com minha mae dentro da boleia do cami nhaoconto erotico gay iniciando incesto enganei inocente"eu era hetero,mas agora"Conto sobrinha menor me taraContos eroticos perdi a virgindade com trs rapazzes morganaconto dei para 3amigosflanelinha contoscontos eróticos Casada foi na despedida de solteira de amigo e acabou levando rolacontos eroticos meu filho foi deitando nas minhas costascontos eroticos minha sogra nao pode ver uma rolafui com minha esposa no clube de swing virei mansocontos eroticos sou casado e corno manso de meu entiadoConto erdotico sexo no presidio conto erótico cegocontos erótico inlustrado estrupadasquadrinhos hentai, com a mae gorda e feia contos eroticos gay putinhaconto erotico novinha nao guenta surubaincesto mao de sote cuto provoca filho vontos eroticoporno em quadrinhos comendo a irmãcontos eroticos minha mae traiu meu pai na cara deleContos eróticos de incésto vovo pauzudo fode a neta veterinária na fazendaxvıdıos.comcantos fotos de gay novinho virgem com negao pirocudoconto lesbica prima estrupa priminhacontos meu pai deixou minha bucetinha toda inchada de tanto fuder