O Despertar de Jéssica 4 - Um Caminho sem volta!



Com muito custo, Victor acabou dormindo depois de muito tempo! Ao acordar, com o dia quase amanhecendo, notou a ausência da esposa na cama. Ele se levanta e vai até o banheiro e nada dela. Logo nota que a chave da porta do quarto não está ali. Percebe que a porta está destrancada! Sai até o corredor do hotel, extremamente desértico e silencioso! O único barulho que se ouve ao longe é o espremedor de frutas funcionando, dois andares abaixo. Ele dá uma curta caminhada pelo corredor e se surpreende ouvindo barulhos vindos de um quarto bem próximo. A curiosidade faz com que ele se aproxime. Não há dúvida! É um casal fazendo amor de forma intensa! Ele preocupado se está sendo visto por alguém, se aproxima com cautela, cada vez mais, da porta. Seu coração dispara.
Aquela voz, os gemidos lhe eram familiar... Ele tem a impressão de que é a voz de Jéssica, naquele exato momento se lembra do que ela havia lhe falado na noite anterior. Atordoado, ele passa a mão no rosto e resolve voltar para o quarto. Mas, num ato de coragem, e sem pensar, ele retorna, abre a porta do quarto sorrateiramente e se surpreende com a visão: Na ante-sala, o vestido parecido com o da sua esposa no chão. Logo a frente, uma minúscula calcinha, enrolada, revelando a urgência com que foi tirada. Ao lado da calcinha, tem uma cueca branca e também uma calça jeans de homem. Ele continua pé por pé, até avistar a cama.
Em pé, de costas pra porta e totalmente nu, está Maurício, ao redor da sua cintura as pernas grossas e bem torneadas de uma mulher! Além dos gemidos intensos que ele ouvira do corredor, agora o tom da pele, e os pés delicados com unhas pintadas de vermelho, revelavam o que ele ainda custava a acreditar. Uma voz em sua mente lhe dizia...
_É ela! - Era Jéssica! Mauricio, com o corpo todo molhado e as coxas encostadas na beira da cama, a puxava pela cintura, a penetrando com muito vigor! Victor podia perceber isso pelos movimentos frenéticos de vai e vem, e pelos músculos do braço dele que ficavam realçados ao sustentar o quadril dela encaixado no seu. Ele não conseguia ver o rosto dela, mas as pontas dos cabelos cacheados apareciam ao lado, ele podia ver também suas mãos agarradas com toda a força ao lençol da cama. Victor se mantém oculto na escuridão sem fazer qualquer ruído e observa eles mudarem de posição.
Maurício tira o pênis de dentro da buceta e fica de perfil. Nessa posição fica bem revelado o pau imenso e viril daquele homem. Ela se ajoelha, lambe o contorno da cabeça do pênis dele por alguns minutos mas logo fica de pé o puxando pela mão.
Sem cerimônia, ele a penetra ali mesmo de pé. Victor se surpreende com a forma da penetração. Ele percebe que ela joga a bunda para trás, procurando o contato. A penetração é extrema, completa e profunda. O bumbum dela é violentamente amassado pelas fortes estocadas sofridas. Aos poucos ela vai se curvando, deslizando as mãos pela parede, ficando quase de quatro. Nessa hora, Victor abandona o quarto. Na saída, ele ainda ouve os últimos gemidos de orgasmo daquela mulher.
Victor volta para o quarto. Jéssica só voltou depois que o dia amanheceu. Toda cheirosa e de banho tomado.
Ele fingiu que estava dormindo enquanto ela entrou. Ela deitou colada nas costas do marido, mordiscando sua orelha.
_Por que não ficou lá amor? - disse Jéssica.
Victor se assusta e finge não entender.
_Deveria ter ficado! Foi tão bom! Viu como ele me faz mulherzinha dele?
Jéssica leva a mão sobre a cueca do marido e sente seu pau extremamente duro. Ela dá uma risada alta:
_Gostou tanto assim?
Victor nada responde.
_Amor! Só passei aqui para te avisar que estou indo pra piscina com o Maurício! Vou estrear meu novo biquíni! Beijos amor.
Ela disse isso e saiu toda charmosa.
Victor ficou sem reação, mas evidentemente excitado.
Algum tempo depois ele foi até a janela que avistava a piscina. Sua mulher ao lado de Maurício, tomando sol, como se fossem casados. Ela usa um biquíni branco minúsculo, todo enterrado.
Passado algum tempo, Victor volta a olhar e os dois estão dentro da piscina, se beijando. De uma forma até um pouco indecente por ser em público e a luz do dia. Ela está espremida bem no canto da piscina enquanto Maurício devora sua boca.
Victor novamente desvia o olhar e se pega punhetando.
_Putz! O que estou fazendo? - Victor fala para si mesmo.
Alguns minutos depois ele sai na janela novamente e não os avista mais. Procura por toda área da piscina e nada. Ele chega a debruçar sobre a janela e não vê nada.
De repente a porta do quarto abre num estouro. Os dois entram no quarto se agarrando. Jéssica engatada totalmente em Maurício, com as pernas cruzadas nas costas dele.
Antes que Victor abrisse a boca para argumentar algo, sua mulher o já reprime, fazendo sinal de silêncio para ele.
Maurício, sem perder tempo, já está devorando os peitos de Jéssica.
_Fecha a porta, amor!
Victor fechou a porta e Maurício, que prensava Jéssica em uma parede, resolveu trocar de parede. E veio justamente em direção ao Victor.
As costas de suas esposa são espremidas contra seu tórax. Ele sente o corpo dela quente, quase febril, molhado, todo arrepiado! Jéssica geme, inclina a cabeça pra trás pra beijá-lo, solta as mãos do pescoço do Maurício e agarra o do marido, inclinada, ela o beija forte, com muito tesão, sugando sua boca, como se fosse devorá-lo, enquanto Maurício chupa desesperadamente os seus seios. Jéssica beija o marido e ao mesmo tempo geme ao sentir aquela boca quente em seus seios, os gemidos saem abafados na boca de Victor.
Ela fica em pé, Victor se aproxima, por trás, com as mãos em volta da sua cintura, encoxando, pincelando o pau na sua bunda molhada. Maurício pega em sua mão senta na beira da cama e a puxa com força! Ela agora está entre as suas pernas, sua delicada mão deslizando na cabeça do seu pênis, Victor continua atrás, agora agachando lambendo as suas costas devagar, descendo com a língua até a sua bunda! Maurício a beija na boca, uma mão em sua nuca, a outra puxando o biquini de ladinho... acariciando e enfiando os dedos, ele sente sua bucetinha quente... toda melada... ele a puxa novamente pela nuca, ao mesmo tempo em que ela o empurra na cama, Maurício deita, ela vem por cima.. os bicos durinhos roçam em seu peitoral. Ele segura em seus cabelos por baixo, pela nuca ... com as duas mã os engatadas, ele cola sua boca na dela, ao mesmo tempo, Jéssica vai ficando de quatro pro Victor, que está bem atrás.... com a boca colada em sua bunda, Victor para por um momento, e alí embaixo ele observa:
A visão que ele tem é surreal!
A bunda maravilhosa da sua esposa bem empinada!
As pernas bem abertas, logo abaixo o pau enorme e grosso do Mauricio apontando pra cima, e quase encostando na entrada da vagina dela. Ele fica ainda mais louco de tesão! Começa a punhetar, lambe sua esposa bem na beiradinha, na virilha, pincelando a língua pra cima e pra baixo... sugando, beijando.... subindo até seu cuzinho, lambendo com movimentos circulares... descendo bem mais até seu clitóris.... ele encaixa a boca, Jéssica geme alto, ao mesmo tempo vai beijando e punhetando o Maurício... querendo desesperadamente encaixar a buceta naquela rola tesuda... mas amando sentir a boca do seu marido totalmente encaixada.
Num gesto de busca pelo prazer, Victor observa sua mulher baixar o quadril, fazendo sua vagina encostar na cabeça de cogumelo do pênis de seu amante. Ele observa tudo de perto, com atenção aos detalhes. O pau de Maurício que já estava grosso, começa a pulsar robusta mente, invadindo a buceta de Jéssica, numa penetração justa. Ela segura as duas mãos de Maurício contra a cama e controla todo movimento de descida, que vai até o fim. Victor chega a ver a bunda grande da esposa encostar na coxa de Maurício, numa penetração plena, profunda e extrema. Ela faz movimento de sobe e desce naquele mastro pulsante, como se estivesse usando-o com um vibrador natural.
Victor observa bem de perto, toda vez que ela sobe é como se a buceta dela acompanhasse o pau enorme do seu amante quase que implorando para não tirar dali. Então ele vê sua delicada esposa dominar completamente aquele homem grande. Ela faz movimentos frenéticos de sobe e desce, montado aquele cavalo, sempre fazendo questão de descer até o fim, encostando a bunda.
A testa franzida dela revela a dificuldade de acolher aquela tora gigante dentro de si, mas os lábios mordidos revelam um tesão de uma fêmea em ebulição que está no seu auge da feminilidade, prestes a sentir um multi orgasmo avassalador. Momentos de transe completo. O corpo dela se estremece de uma forma inédita por vários e vários segundos. Uma lágrimas escorrem do seu olho. Ela acabara de sentir o maior orgasmo da sua vida. Seu corpo cai deitado exausto sobre o amante. Ela o abraça com ternura. Maurício tira o cacete de dentro dele e se punheta freneticamente. Ele começa a ejacular muita porra sobre as costas de Jéssica. Tudo isso induz Victor a ejacular fortemente também. Os espermas se misturam e escorrem pelas costas daquela fêmea.
Ao recobrar a sanidade, os três não dizem uma só palavra. Maurício volta para seu quarto e Jéssica vai para o banho, como se nada tivesse acontecido...
Victor está pensativo, deitado sob os lençóis bagunçados... tentando assimilar tudo o que aconteceu, ouve a voz de Jéssica cantarolando tranquilamente no banho, Sim! ela estava muito feliz, e extremamente satisfeita, e ele, apesar de um tanto confuso também estava, porém se preocupou com o fato de sua esposinha estar tão encantada por aquele homem!
Ele nunca a tinha visto da forma que a viu naquela manhã, aquele orgasmo foi o maior e mais intenso que ele já havia presenciado!
Sim, ela estava mudada, estava deliciosamente diferente! Victor acabara de ter certeza disso!
Mas ele não fazia idéia do que ainda estava por vir...
CONTINUA
Foto 1 do Conto erotico: O Despertar de Jéssica 4 - Um Caminho sem volta!

Foto 2 do Conto erotico: O Despertar de Jéssica 4 - Um Caminho sem volta!

Foto 3 do Conto erotico: O Despertar de Jéssica 4 - Um Caminho sem volta!

Foto 4 do Conto erotico: O Despertar de Jéssica 4 - Um Caminho sem volta!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cornutto

cornutto Comentou em 19/08/2019

Não perde este tesouro de esposa..

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 19/08/2019

Victor chega a ver a bunda grande da esposa encostar na coxa de Maurício, numa penetração plena, profunda e extrema. Ela faz movimento de sobe e desce naquele mastro pulsante, como se estivesse usando-o com um vibrador natural. Victor observa bem de perto, toda vez que ela sobe é como se a buceta dela acompanhasse o pau enorme do seu amante quase que implorando para não tirar dali. Então ele vê sua delicada esposa dominar completamente aquele homem grande. Ela faz movimentos frenéticos de sobe e

foto perfil usuario casalbisexpa

casalbisexpa Comentou em 18/08/2019

delicia de conto e fotos

foto perfil usuario muitoputo

muitoputo Comentou em 18/08/2019

Ummmm..delicioso seu conto, muito tesão mesmo...ela então se assumiu ser uma puta bem tesuda mesmo, que delícia....muito!.. beijos nessa biscatinha deliciosa!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


141703 - O despertar de Jéssica 2 - Categoria: Fetiches - Votos: 17
142340 - O Despertar de Jéssica 3 - Revelações - Categoria: Fetiches - Votos: 15
142763 - O Despertar de Jéssica - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
144332 - Aventuras de Jéssica - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil rom2004
rom2004

Nome do conto:
O Despertar de Jéssica 4 - Um Caminho sem volta!

Codigo do conto:
143026

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
18/08/2019

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


contos eroticos caldo de contos encesto minha mae dopada meu pai rosando no meu cucontos gosou.na deficiente fisicacontos eroticos bebia mulher do meu irmao contosconto erotico gay no médico httio do pinto grande e grosso estorando o cabaso da buceta da sobrinhanovinhaconto erotico traveco dengosaconto de sexo ela queria eu deixei mais falei que iria vertesao chefeContos erticos de incesto vov pauzudo fodeu a sua netinha veterinria na fazendadeu cu pra papai conto eroticowww.fotos.morena.sienchendo.dpora.contos.eroticosconto erótico vovó gordaconto aventura no onibuscontos bissexuais na pescaria conto tata cornoContos eroticos arrastei o gatinha pro mato e comi ele a forcafazendeiro peludo conto erotico gayMinha mulher me fez de cornocontos erótico prima da minha esposaconto erotico a coroa gostosaConto erotico de evangelicaanal com evanjelicaseu na minha moto eu levei pro motel a irmã do meu amigo eu tirei a virgindade da buceta dela conto eróticoassistir vídeo de sexo de cornos que planejou aniversário da esposa e levou os amigos pra merem elafilho fazendo massagem-contoscatvedepau pênis morenoContos professora piranhaaprendendo a dirigir contosconto gay mameimeu padrasto me flagrouesposa+corno+e+putaquadrinho eroticonamorada satadadoce nanda contos eroticosquadrinhoxxxPorn gay meu selvagem e atrevido filhoimagens de rolas eretas e jorrando porrafoto porno minama BUETA 2017Contos eróticos arrombando sua buceta com dildo enormecontos gozou sem tocar o pauvideos de porno com marido aassistino a esposa da cucomer bucetacontos eróticos fui abusado gay me amarroContos eroticos cofrinho aparecendoContos eroticos fugi de casa pegue carona e o camioneiro comeu meu cuqual a senssao q a mulher sente na buceta peluda quando e estrupadacontos erotioca gay meu pai me comeuquadrinho erotico a construaoseiosbicosgrandesconto minha cunhada assumiu que era puta e eu apcontos eróticos de policial femininacontos eroticos de negao fudeu eu e minha namoradahentai simpsonsMinha esposa é uma vagabunda finjo não saberhentai+cunhadax vidio comtos eroticos flaguei minha irmã avóconto erotico familia do interior30cm no cú de tia contocontos sobrinha gostozaJairo nego Magrinho tesão e dotadoContos eroticos com fotos de podolatria de mulheres com os pes por de baixo da mesaoquadrinhos porno coroascontosbuceta inchada incestofodendo+a+buceta+da++professorabucetas pigadasContos eroticos fui fudida por doisconto erotico masturbaçao forçadaporno negro caralho grande roubo casa mulher casadafoto hq porno com menininhaconto erotico traveco dengosao mascarado hentai parte 5lucas e meu pai alex sexo gayminha mulher muita gostozapornô gay olhando o meu primo contoscontos eroticos meus primos e seus amigos me arregacaram o cuporno casada no onibus excitada com outro na frente do cornosexo virgemcontos eroticos zoofilia cadelaconto erotico o triste fim de jessicaconto erotico beijo gregoxvideo gay mecanico sendo ertrupado por patraoconto porno saiu sanguecontos eroticos colega de quarto vira femea gayContos e fotos de travestis pauzudasvoiweur em praia d nudismocontos eroticos juvenisvideos porno familia tio em quadrilhoscontos eróticos de doutor advogado e clienteNovinha.contos eroticos fotos de bucetas negras conto de garotos novos comendo cabrita escondidos contos de incesto meu papai tirou minha virgindadeassistir video de cristina a baixinha gostosa metendo com o marido bombDo