Vamos Jogar Um Jogo de Tabuleiro? - Real



E ai Galera, Oi Pra todos.

Bom meu nome é Pedro Kevin conhecido por Sissy Mandy ou SissyMandy14 e esse é meu Segundo Conto aqui, O primeiro conta sobre minha primeira vez e sobre eu e meu amigo Ri e o que rolou entre nós dois.

E antes de começar, quero confirmar pra todos que duvidaram que esse conto assim como o outro realmente é real e aconteceu comigo a 8 anos atras mais ou menos.

E respondendo alguns comentários da qual agradeço por comentar, por favor continuem a comentar!

Para o casalbisexpa: Adoraria alguem pra jogar comigo rsrs, tanto tempo que jogo sozinha, e sobre fotos, eu nao tenho foto daquela epoca...

Para o lenadrovasquez, o casalsexy, o frança e o ethiel: Obrigada, eu gostei muito de como foi tambem rsrs

Do inicio então...
Eu estava eu em um dia normal sentado na porta de casa empinando pipa, coisa que eu fazia muito, ate que o Ri me chamou pra jogar um jogo de tabuleiro chamado WAR's que ele havia acabado de ganhar, como nao tinha muita pipa no alto e eu estava ate entediado, resolvi aceitar e ir jogar com ele.

Depois daquele dia que fui na casa dele a noite e jogar dama, a gente nao chegou a fazer mais, a nao ser algumas passadas de mao bobas em brincadeiras na rua, ou apertadas por cima do shorts, e ja fazia mais ou menos uma semana do que tinha acontecido, e nao vou negar que muitas vezes me masturbei lembrando do que havia ocorrido.

Chegando na casa dele, a Mãe dele estava lavando a área da frente e nós fomos para o fundo da casa jogar na mesa que havia La fora na sombra(mesma da ultima vez). Como era dia, a mae dele estava lavando a frente da casa eu achei que nao fosse acontecer nada.
Começamos a jogar e era um jogo bem interessante, com formas de estratégias e tudo mais, bem legal mesmo.

Estava tudo normal, ja tinha alguns minutos que jogavamos, até que a mãe do Ri veio para o fundo e disse que iria à casa de sua filha mais velha a Irmã do Ri, e que demoraria um pouco, pois ela iria no mercado e depois iria ajudar a irma do Ri a cuidar da filha dela, e eu sabia tambem que ela morava no outro lado da cidade, entao seria normal se demorasse. Ri disse que estava tudo bem e ela saiu, nesse momento pensei que a situação logo iria mudar e uns dez minutos depois, Ri levantou e disse que iria no banheiro, mas eu ouvi ele indo la na frente da casa e trancar o portao e a porta da sala, assim que ele voltou ele sentou e como era de se esperar Ri disse:

Ri - Cara deixa eu te chupar, ai vc da pra mim depois?

Eu tinha certeza que isso ia acontecer, e como era esse o trato que haviamos feito, eu nao vi motivo pra nao deixar, ate porque eu estava querendo e sinceramente sempre fui meio tarado, ainda mais naquela epoca de descobertas e obvio resolvi deixar.

Como eu disse no outro conto o Ri era dois anos mais novo que eu, ele nao era muito alto, tinha 1,65 no maximo, era um garoto normal, nem gordo nem magro, jogava bola e corria muito por isso tinha ate um certo fisico, mas sinceramente nunca reparei nisso, nunca fui atraido pelo Ri, somente pelo pau dele. Sempre gostei do pau dele, era branquinho, com a cabeça rosadinha, era fino, e nao tinha nenhum pelinho rsrs, era muito gostoso, tinha na epoca por volta de 11,12cm mais ou menos, e eu sentia muito tesao naqueles 11,12cm de rola, nao sei porque, mas sentia, ou ainda sinto rsrs.

Eu abaixei meus shorts e como de costume ele me chupou por algum minutos, daquela mesma forma, meio rápido, um pouco gostoso, um pouco ruim, mas o que ele queria mesmo era me comer, rsrs e depois de alguns minutos me chupando, ele parou, e como eu ja sabia o que ele queria, Eu já fui abaixando mais o shorts pronto pra fazer minha parte, quando ele me disse:

Ri - Pera, Me chupa também?

Eu não gostava muito de chupar, ate sentia tesao, mas acho que sempre preferi dar e disse a ele:

Eu - Não cara, voce so me chupou um pouco e quer que eu te chupe e dou pra voce? ai nao, se eu te chupar eu nao vou dar pra vc nao.

Fiz isso mais pra nao entregar de vez que eu gostava de levar rola, embora ele ja sabia, eu nao queria entregar de bandeja igual da primeira vez, mas por dentro eu iria topar mesmo que ele não insistisse. rsrs

Ri - E se eu chupar voce mais, ai vc me chupa e da pra mim?

Pensei um pouco, era obvio que eu queria, mas eu ainda não sei exatamente o porque resolvi aceitar, mas aceitei:

Eu - Ta bom, me chupa mais, mas tem que ser bom.

E por mais uns minutos ele me chupou, um pouco melhor e mais gostoso que antes, acho que ele tava com muita vontade de me comer e de me fazer chupar, que ele caprichou, chupou mais lento, curti mais.

Depois de algum tempo ele parou e era minha vez. Então, eu me ajoelhei na frente dele, ele ainda estava de shorts, mas ele nao abaixou, eu fiquei um tempo parado, ai imaginei que ele queria que eu mesmo tirasse o shorts e a cueca dele, nessas horas eu nem olhava pra cima, ainda tinha vergonha, mas bom, puis as maos no shorts dele e comecei a descer, primeiro o shorts e depois a cueca, já dava pra ver que estava duro por baixo da cueca mas quando abaixei a cueca o pau dele pulou rapidamente pra fora, totalmente duro, e eu gostei disso, rsrs achei exitante e fiquei realmente com vontade de chupar ele.

Agarrei aquele pauzinho gostoso, senti ele quentinho na minha mão, punhetei um pouco, sentia ele pulsar, entao nem pensei, aproximei minha boca e lentamente comecei a abocanhar. Puis a cabeça dentro da boca, senti um gosto forte, um cheiro de pau, na verdade no começo eu não estava gostando, estava excitado, mas sei la, não gostando muito, mas eu tinha que fazer ne, ai comecei a descer engolindo ele todo, ate chegar na base e voltei a subir, lentamente, e ele na hora começou a suspirar, quase gemer, acho que isso me excitou mais, fechei os olhos e comecei a subir e descer, so ouvindo ele suspirar, e cada vez que eu subia e descia foi ficando melhor, foi ficando bom, gostoso. Passei a cabeça nos meu lábios, fui lambendo de baixo ate em cima, chupava com gosto, e quando notei, eu estava chupando feito atriz de filme pornô, não com a mesma experiência, mas com a mesma vontade, fiquei louco de tesão, ele gemia baixinho enquanto eu chupava e as vezes chupava bem rápido, tinha horas que ficava lambendo a cabeça e as vezes as bolas, e as vezes parava pra respirar e ficava punhetando, e voltava a engolir tudo, a chupar gostoso, e por alguns minutos longos e gostosos, eu chupava cada vez mais, nem pensava direito, só engolia aquela pica.
Ficamos naquilo por um bom tempo, e realmente ficou muito gostoso, mas resolvi parar, pois acabei voltando a consciência e nao queria dar na cara que eu tava gostando de chupar ele, e eu ja tinha chupado ele mais tempo do que ele me chupou, ele mesmo sendo mais novo parecia ser mais esperto, na verdade eu que deixava, porque eu gostava de fazer aquilo, tudo pq eu estava gostando de ser putinha, de ser de novo a mulherzinha, acabei ficando com raiva disso depois, mas na hora mesmo, so curti. Então ele pediu pra que eu tirasse a roupa para começar a penetração.

Tirei meu shorts e ele me pediu para que ficasse de quatro, era a posição que ele mais gostava, descobri depois que era a que eu mais gostava tambem rsrs, me ajoelhei e fiquei na posição, puis as mãos na minha bunda e como de costume abri bastante para que ele pudesse penetrar com facilidade, agi feito uma putinha mesmo ne?

Ele se ajoelhou atrás de mim, eu estava com o rosto no chao já, com as maos na bunda, abrindo todinha, cuzinho exposto, e eu senti aquele olhar de tesao, aquele olhar de comedor, ate pensei, "nossa nao acredito que eu sou a mulherzinha de um menino mais novo, e to gostando disso", Ai ele passou o pau no meu cuzinho, e eu fechei os olhos, por alguns segundos ficou passando a cabeça de seu pinto, ainda molhado por minha baba, na entradinha do meu anus, ele deu uma forçadinha, dei aquela arrepiada gostosa e aquela empinada inconsciente, ele se afastou, deu uma cuspida bem no meio do meu anelzinho, uma mira perfeita, pois foi certinho, e ja voltou com o pau pra minha entradinha, e sem esperar muito, já começou a penetrar, forçou e rapidinho entrou a cabeça, meu cuzinho piscou, suspirei fundo, no começo, como sempre nunca é totalmente bom, tem a dorzinha, o incomodo, mas com o tempo fica ótimo, gostoso demais.

Entao abri mais ainda a bunda e tentei relaxar. Ele começou a forçar e seu pinto foi entrando devagarzinho em mim, centímetro por centímetro, estava ardendo, mas estava muito gostoso, ele continuou, ate que senti ele se encostar em meu corpo. Ficou parado por alguns segundos, pois as mãos nas minha cintura e eu sabia que agora ele iria meter na menininha, e de pouco em pouco começou o vai e vem, lento, respirando fundo, tirava de vagar e metia fundo, me apertava, estava muito gostoso, eu relaxei inconscientemente, já ate delirava de prazer, aquele incomodo do começo agora era puro tesao. Ele me apertou mais, foi aumentando a velocidade, aumentando a força que metia em mim, a cada metida apertava mais forte minha cintura, ele respirava ofegante, metia gostoso, uma sincronia, entrava fundo, eu delirava, de olhos fechados, pensando em como estava gostoso, ele meteu mais forte, me apertou, acabei inconscientemente em alguns momentos dar umas gemidinhas leves, bem baixinhas, não consegui conter, fiquei com vergonha, mas ele gostou, vi que ele ficou super orgulhoso pelo que eu reparei, rsrs, ele me apertou mais forte, me puxava pro pau dele, metia fundo, me apertou na bunda, empinei na hora, ele meteu e acabei gemendo mais um pouquinho, nao consegui me controlar, mas tentava evitar, nao queria que ele soubesse que eu tava gostando tanto. mais nossa, estava muitoo bom!

Dai ele parou do nada, tirou o pinto de mim e eu me senti vazio, ate assustei, eu ainda ofegante, de quatro no chão, olhei pra ele e ele disse:

Ri - Vamos mudar de posição! Deita de costa na mesa!

Fiz o que ele mandou sem dizer nada, so obedeci, feito putinha, deixei de novo ele ser esperto aproveitando de mim, mas na hora pensei, vamos pra uma posição que eu desejava fazer, a de Frango Assado rsrs, tinha visto em alguns videos. Sempre achei que seria gostoso porque parecia ficar mais facil pro comedor e muito mais excitante pra mulherzinha, que no caso era eu rsrs Mas amo ficar de quatro também, porque fica muito vadia né, vc perde o controle rsrs.

Bom, Deitei na mesa, abri as pernas e fiquei bem abertinho, esperando, ele veio em minha direção ofegante, sem falar mais nada, olhou nos meus olhos, um olhar de animal faminto, fiquei com muita vergonha, virei o olhar, sou tímido nesses momentos, dai ele mirou no meu cuzinho e meteu contudo, de uma vez só, senti ele entrar fundo, e foi bem rápido, pois mal havia chegado no meu fundo e ele já estava bombando e bem forte, colocou minhas pernas nos onbros, e socou forte, cada vez mais rápido, e mais gostoso, percebi naquele momento que eu estava certo, dar daquele jeito era muito excitante, me deu muito tesão rsrs. Ri continuou metendo rapido, apertando minhas pernas, olhando pra mim, com uma cara, fechei os olhos, ele ofegante enquanto metia, eu mais ainda, fazendo ate barulho com a força do vai e vem, a força que seu corpo batia em mim, mas incansavelmente ele metia, e gostoso, ia bem fundo, eu delirando, ele metendo com fome força, nunca tínhamos chegado a isso, eu estranhei, estava muito bom, mas queria saber porque tanta voracidade, dai perguntei:

Eu - Por que... Hmm...está metendo...Hmm..tao...Hm...rápido...Hmmm e forte...Hmmmmm... ASSIM?! (Abri os olhos e olhei pra ele)

Ele me olho no fundo dos olhos, uma cara de tesao, de fome, de animal comendo a carne e disse:

Ri - Quero... te.. fazer... GEMER! Gemer muito! Como... uma VADIA! (deu ate um sorrisinho)

Arrepiei todo, nunca imaginei que ele iria dizer aquilo, e tambem nunca imaginei que ele dizer alguma coisa podia me fazer sentir mais tesao do que eu ja estava sentido. Meu cuzinho piscou muito, me senti uma vadia mesmo, senti muito prazer e conforme ele metia eu respirava mais forte, ofegante, estava muito gostoso, e eu tentando evitar gemer, tentando o maximo que podia, nao queria que ele percebesse que eu tinha mesmo adorado aquilo, mas poor mais que eu tentasse, acada estocada dele, eu suspirava mais alto, ficava mais gostoso, e eu evitava, mas não me julguem, eu sou humano e não aguentei muito.

Ele estava metendo muito forte e muito rápido, e me apertava muito, ele me olhava, fechei os olhos, estava muito gostoso, lembrei das mulheres de filme gemendo, a cara de dor e tesao, os gemidos de prazer, abri os olhos, olhei pra ele, ele de olhos fechados, metendo forte, me apertando, meu pinto duro feito pedra, de frente pra mim, mostrando o que eu ja sabia, e ele metendo, fechei os olhos de novo, comecei a pensar que já que estava tão bom, qual era o problema, mas algo dentro de mim nao queria, e evitava, ate que ele me apertou forte nas pernas, me puxou um pouco pra frente e numa estocada só, acertou em mim certinho, bem no fundinho, bem no ponto principal, num ponto que me fez quase gozar, e ai, eu não aguentei! Gemi, dei quase um grito, Gemi muito, apertei a mesa, senti ele me apertar mais, e novamente socar com gosto, e Nossa eu gemi, Gemi tanto que me fez parecer uma cadela, abri o olho olhei pra ele e vi a felicidade no olhar dele, e ele metia forte, e nossa que delicia, estava ate suando, fechei os olhos de novo, e quanto mais gemia, mas sentia tesao, eu estava adorando, agora era uma mulherzinha completa, mas eu gemia tanto que eu me senti mesmo uma vadia, uma puta, uma puta sentindo muito prazer.

Abri os olhos, ele ainda me olhando, metendo forte, um olhar de orgulho, de tesao, de conquista, olhando pra mim como se ele soubesse que daquele momento em diante eu seria sua vadia, que nao teria mais como negar, que eu adorava dar pra ele e gemeria feito louca, e pediria mais sempre, ele sorriu, me apertou e continuou metendo. Voltei a pensar, mas agora nao tinha mais como desfazer, eu era uma vadia levando rola, e eu estava gostando tanto, entao ele nao estaria errado se pensasse isso de mim.

Ficamos naquilo por longos minutos, bem prazerosos, ele metendo e eu gemendo, nao parei de gemer mais, e tambem até perdi um pouco da vergonha, olhava pra ele e ele olhava rindo pra mim. Até que mudamos de posição de novo, ele saiu de mim e eu fiquei vazio, com tesao, querendo mais, olhei pra ele e dessa vez ele se deitou no chão, sem falar nada, e nem precisou, com o tesao que eu estava, eu fui por cima dele, abri bem as pernas, olhei nos olhos deles, com um puta tesão e fui descendo devagarzinho, ate seu pinto sumir no meu cuzinho.

Puis as maos na barriga dele e depois fiquei ali subindo e descendo, primeiro devagar, pegando o jeito, depois mais rapido, o Maximo que pude, até suava, ele apertou minha bunda, fechei os olhos, desci com tudo, nossa que deliciaaa, gemia de prazer, estava tao gostoso, e eu me sentia tanto uma puta que comecei a tentar rebolar no pau dele, ele delirou, gemeu, me apertou, eu apertava a barriga dele e Gemia, gemia gostoso, subindo, descendo...

Ri - Vou gozar! Fica de quatro!

Sai rapidinho de cima dele, e fiquei na mesma posição do começo, cara no chão e bunda aberta, para ele gozar dentro de mim, ele adora isso e eu tambem, claro. Ele veio por tras, meteu tudo em mim e me apertou e começou a meter forte e gostoso. Voltei a gemer gostoso, e ai ele fez mais uma coisas que me deu muitoo tesão, que me fez entender que eu amava dar e ser puta, ser vadia, ele me deu um tapa, forte, fez ate estralo, nossa eu delirei, me fez gemer gostoso e soltar um "Aii", e ele metia fundo, apertava minha bunda, acabei pedindo mais:

Eu - Mete mais. (foi a primeira vez que falei e foi como um sussuro, e foi só tesao, eu nem me controlava mais)

E ele meteu, e como meteu, forte, rapido, apertando minha cintura, e eu gemendo, que delcia, ele apertou minha bunda e eu delirava, ele meteu mais um pouco me apertou mais forte, começou a ir rapido, meteu fundo, me deu mais um tapa, apertou de novo e ai gozou, gozou muito, ele gemeu, deu quase um urro, encheu meu cu de porra, sentia escorrer mesmo com ele metendo, meu cuzinho latejava de tesão e piscava de alegria com toda aquela porra dentro, ele continuou o vai e vem por um tempo, foi parando e saiu de mim.

A porra escorando minha perna, eu todo mole, meu pau muito duro, ele do meu lado, passou a mao na minha bunda e eu gemi, ele pois um dedinho e eu gemi, ele tirou e passou o dedo em toda minha bunda, melecou tudo. Depois que consegui recuperar as forças, Fomos para o banheiro e ele bateu uma pra mim pra que eu pudesse gozar, enquanto brincava com meu cuzinho lambuzado, enfiando um ou dois dedos, tirando a porra dele de la de dentro e deixando escorrer por minhas pernas e por minha bunda, estava muito gostoso, ele fazia isso eu gemia e meu pinto ate doia de tesao, não demorou muito e eu gozei na privada, nos limpamos e arrumamos tudo, bebemos refri e voltamos ao jogo como se nada havia acontecido, mas toda vez que eu olhava pra ele, ele ria, com aquele sorriso de vitoria e de deboche, eu acabava rindo também.

Mas tarde terminamos o jogo e resolvemos jogar bola na quadra da escola, estávamos satisfeitos, eu ainda com a bunda lambuzada rsrs, ele apertou antes de eu sair rsrs. Depois voltei para casa, tomei banho, passei a mao no meu cuzinho e senti ele quentinho e vazio, ate forcei um dedinho e ele entro facinho, senti tezao, mas terminei o banho, jantei e dormi, feliz. ^^

Isso é tudo Pessoal rsrs, espero que tenham gostado e em breve postarei outros contos, ainda a muito que contar sobre eu e o Ricardo rsrs

Criticas e Sugestões são bem vindas, Obrigado.

Ah e só para lembrar esse conto é Real!!!

Qualquer coisa entrem em contato comigo! Informações no meu perfil!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


142904 - Vamos Jogar Vídeo Game? - Real - Categoria: Gays - Votos: 26

Ficha do conto

Foto Perfil sissymandy14
sissymandy14

Nome do conto:
Vamos Jogar Um Jogo de Tabuleiro? - Real

Codigo do conto:
143121

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
19/08/2019

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


sexo minha filha tava com um vestido curto nao aguentei comi elaxoxota dos meus sonhosmetendo a mao no rabo da vadia no ônibustitia me seduziucontos eroticos de bichinhas novinhas qierendo pica duracomi meu tio de 70 anosmecânico se esfregando em gayContos eroticos de perda de virgindade incestohq eroticoloucoscontos eróticos quadrinhos caverna do DragãoConto mauricinho pirocudoENCOXANDO A MÀE III - CONTOS EROTICOScontos eroticos fudendo minha bisavoSexo com Beto PapakuContos cdzinha afim rolawww.contos virei mulhersinha dos meus amigosContos guey oralcontos masturbei minha amig na sala de aulaempurrei a rola grossa toda no cu do novinho e ele pede tiratiraCONTOS FOTOS EROTICOS SOGRAS E GENRO PIROCUDOContos erotico com menina de nove anos metendo no matoultimos contos sadoTraição enteadaPorno lésbica Freira quadrinho rabaoConto filha patrao foi meu guartoFiquei impressionada com o tamanho da rola do meu genro contos femininobaixar hq erótico a ninfeta da pensão 3contos de. bulinacao dormindosenso bulinadaConto erotico vizinha gravidacontos eróticos meu namorado abusou da filhacontos eroticos de papai chupando filha depois veio a do avôuma vez sem camisinha aconteceu acidente contosipisons albom de imagens pornomulher gozando na picacontos eroticos irmmaos engravidando irmasConto encesto paicasada safada lindamulher fica comedo de cachorro e da sua buceta praele que rosnava pra elacontos eroticis bete a cunhada gostosaConto erotico de cavaloContos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu paiconto de corno mia mulhe gostosa arobada pro u badido bemdotadocontos eroticos as inquilinas parte 3contos erotico cu sujoConto erotico mini saia peitudaConto erótico ubercheiro de cu fedido contoConto de gang bang no posto de gasolinaConto comi minha irmãcontos eroticos encertos cm a irmafilha de pastor metendo.contos eroticos incesto pai e filhagibis de sexo gays piratas do sexocontos de fetiches eroticos de incesto entre tia e sobrinhocontos eroticos papai e seu amigocomendo a cunhada e sobrinha no carnavalcontos veículoContos eroticos eu e meus amigos arrombaram a mamãecontos eroticos de corno .amigo da onçacontos incesto rego filhacontos eróticos gay dando a bunda para um vendedor de pipocaconto erotico acunhada do meu amigo rabuda mete aiiicontos me chupa cornocontos velha mae de colega dando cuContos erotico minha esposa nao consegue dormir com a rola na boca Contos erotico mulher a perigocontos eróticos irmão mais novoContoeroticofodiconto erotico tia pousada jacuzzi pornocontos eróticos gay entre irmãos/de sandro virei sandrinhacontos eroticos brexei minha esposa com outroVizinha eróticoconto erotico minha prima e minha irma sao leesbicasConto erótico vizinha travesti minha filha e um velho conto eroticomãe do amigo incesto conto fotoCONTOS EROTICOS MINHA MULHER MANDOU O SEU AMANTE ME COMERcontos erótico incestos desde muito pequena papai me ensinou tudocarreteiro sendo comido pelo chupapedreiro lambeu meu cuzinhopokemon a fazer sexoporno real em Araruama traicoesContos eroticos podolatria com fotos chupando pes de madrinhas de casamentoscontos eroticos meu filho gozou na minha bucetaQuadradinho Erocticos DE Avofamila favela pornocontoerotico desiludido com a namorada transei com sua amigacontos eróticos tarada pelo cavalo com a eguao irmão da minha melhor amiga conto eroticoconto a bucetinha da minha filhacontos eroticos barComtos namorada fodida pelos amigos do namoradoContos errotico com fotos minha tia cavalona com meu pai rroludocomi minha sogra na casa dos parentes contos eroticosporno gay vestido demulher com espartilhoconto erotico dona de casaincesto extraordinariocontos travesti dividindo um apê em toronto canadaconto erotico realizei o sonho com dois