Casa nova



- Filha, para com isso, olha só onde chegamos, não dá mais...
- Não é o que você quer...não quer que eu pare, quer que eu continue!
Meu pai estava tentando, mas não conseguia ir contra seus instintos.
Ajoelhei em sua frente e abri seu ziper, seu pau quase estourava a cueca de tão duro. Coloquei ele para fora e mamei com carinho, enquanto ele não fala nada. Como já estava nua, apenas me levantei e coloquei uma perna em sua cintura o abraçando com um braço por trás de seu pescoço, fazendo seu membro duro deslizar para dentro de mim com muita facilidade. Ele não tinha reação nenhuma e isso começou a me deixar nervosa e ao mesmo tempo mais excitada ainda. De repente ele me pegou forte pela cintura e me jogou no sofá, me colocando de quatro em sua frente e atolando de uma só vez todo aquele pau em mim. Fui muito bem fodida, meu pai parecia estar fazendo aquilo com raiva e isso me fez gozar imensamente. Senti em pouco tempo seu pau inchar dentro de mim e em seguida comecei a receber jatos e mais jatos de seu esperma. Diferente das outras vezes, desta vez meu pai não tirou o pau de dentro de mim, mas continuou a me foder com força e eu fui praticamente emendando um gozo no outro. Eu estava exausta e com as pernas bambas quando senti meu pai gozar novamente dentro de mim. Ele então tirou seu pau de dentro de minha buceta e ficou apreciando enquanto escorria um bom tanto de porra de minhas entranhas. Sentou ao meu lado, segurou meu rosto e me deu um gostoso beijo de língua.
- Meu amor, esta foi a última vez que isso aconteceu, certo? Espero que você me ajude a superar essa fase de nossas vidas. Me dá um pouco de espaço, preciso me organizar, estou bem com o namoro e isso não pode mais acontecer.
- Pai, eu quero que você seja muito sincero comigo: você gosta de transar comigo, ou melhor, gosta de gozar comigo?
- Filha, entenda, eu amo transar com você, é a coisa mais maravilhosa que pode existir, mas sou seu pai e isso não pode dar certo. Quero e preciso tocar minha vida, gosto muito da Luana e ela me faz bem.
- Ela te faz gozar mais do que eu?
- Nunca! Jamais! Eu nunca tive na vida uma mulher que me fizesse sentir tanto prazer...
- Então deixa eu ficar, posso ser sua todas as noites! Imagina que gostoso, dormir e acordar com sua mulher novinha, gostosa e dedicada, sempre nua e disponível para você? Podemos viver com um casal, marido e mulher, seria maravilhoso!
- Seria, mas não será. Quero que você entenda.
- Tudo bem pai, vou sentir muito a sua falta, mas vou te dar esse "espaço". Mas quero que você nunca se esqueça do quanto nós dois fazemos bem um para o outro. E quando estiver com saudades vai lá me visitar, com certeza será muito bem recebido e poderá dormir lá, comigo...
Ficamos em silêncio até que eu disse:
- Se você quiser eu posso ser a sua amante pai, imagina que legal, você não vai ter problemas de desconfiança porque estará indo visitar a sua filha! Pode me comer quando e quanto quiser sem ninguém te incomodar!
- Você tem que parar com isso. Andressa, pega as tuas coisas agora, eu te ajudo...
- Vai me levar?
- Sim, eu levo...
- Podia me comer lá né, já pensou que gostoso, inaugurar minha "casa nova" transando com o melhor homem do mundo?
- Vou te levar até na frente do prédio. Preciso entregar uma coisa para você, quando chegar lá.
Eu fui para meu apartamento, morrendo de vontade de chorar, mas não derramei nenhuma lágrima, estava com raiva, medo, ansiedade, enfim, um misto de muitas emoções ao mesmo tempo. Chegando lá, meu pai entrou com o carro na garagem e me mostrou qual seria a minha vaga.
Como não tenho carro eu imaginei que estivesse apenas me mostrando para eu me conscientizar de que ela existia.
- Tá, pai, é a minha vaga e já tem um carro nela...
- Sim, tem, é seu. Comprei para você, assim você não precisa pedir o meu emprestado!
Fiquei chateada pois estava acostumada aos luxos de viver com meu pai, que me dava um bom padrão de vida, mas agora teria de me contentar com um carro bem simples, novo, mas simples.
- Legal, pai, obrigado...é completo?
- Tem CD e alarme!
- E o ar condicionado, a direção hidráulica...vidro elétrico...?
- Não, é seu primeiro carro, eu não acho que tenha que ser algo assim. Ele é zero, não vai te incomodar. Se você quiser trocar ele por um mais completo, vá em frente, mas pague a diferença com o seu dinheiro, já fiquei com todas as contas fixas de sua nova morada, carro e combustível não vou mais bancar à partir deste, ok!
Subi, emburrada para o meu apartamento. Meu pai não subiu junto, apenas se despediu e foi para casa da Luana. Fiquei encantada com o apartamento, lindo e cheiroso. Na hora esqueci de parte da tristeza.
Peguei meu carro e fui visitar minha prima Nina que não via a bastante tempo. Cheguei em sua casa e a convidei para dormir comigo no meu apartamento. Ela adorou a ideia e me cobrou pelo tempo sem dar notícias.
- Nina, aconteceu tanta coisa que nem tem como eu te contar...
- Tá, mas aconteceu o que? O André - meu irmão - sumiu também, achei até que vocês dois tinham sumido no mundo...
Nina sempre soube das minhas transas com meu irmão. Ela achava muito legal o risco que corríamos e sempre nos dava cobertura.
- Nina, se eu te contar com quem eu transei você vai infartar...
- Ah, agora vai ter que contar...
Passamos em uma loja de conveniências e compramos umas garrafas de destilados para passarmos uma noite conversando. Chegando em casa, foi só o tempo de soltar as sacolas e minha prima me colocou contra a parede me dando um ardente beijo de língua. Eu sentia suas mãos percorrendo todo o meu corpo e já abrindo minhas roupas.
- Calma Nina, vamos tomar um banho antes?
- Juntinhas, como antigamente?
- Claro, juntas...
Eu estava sentindo o esperma de meu pai escorrer de dentro de mim.
Chegamos no banheiro e eu ainda estava tentando entender onde algumas coisas estavam, era minha primeira "visita" ao meu banheiro!
Nesse meio tempo, olhei para trás e vi minha prima nua...ela estava linda demais. Aquela menina do corpo magro e sem grandes atributos tinha dado lugar à uma mulher de seios redondos e uma cinturinha linda. Parei de procurar a toalha e beijei Nina explorando sua fenda com os dedos, maravilhada.
- O banho primeiro né, dona Andressa...
Tirei minha calça e nem prestei atenção no estado em que estava minha calcinha. Entramos no box e antes que eu pudesse lavar qualquer parte do meu corpo a Nina simplesmente abocanhou minha buceta, chupando gostoso demais, me fazendo quase cair no chão de tanto prazer. Meu grelo ainda estava sensível das gozadas no pau de meu pai, e isso facilitou meus novos orgasmos.
- O que é isso, Andressa?
- Nina, olha, desculpa, eu tentei evitar, queria tomar banho antes...isso é...
- Eu sei o que é...é porra! Andressa, você tá maluca? Tá trepando por aí sem camisinha?
- Não, Nina, espera, vamos tomar banho e depois eu te conto, lá no quarto, juro que conto tá!
Eu estava criando coragem ainda para contar, não que eu tivesse obrigação de contar algo para ela, mas eu precisava desabafar.
Já no quarto, deitadas na cama, nuas:
- Nina, não vai me julgar né?
- Por que vou julgar? Por ser a puta que trepava com o irmão desde criança? Qual é, tá maluca, lá sou eu alguém com moram pra julgamentos?
- Eu transei com meu pai.
- O que?
- É, com meu pai. Transei com ele.
- Por isso o André foi embora?
- Não, nada a ver, ele conheceu uma mulher e está curtindo ela, só isso. Foi depois disso. Transamos algumas vezes foi maravilhoso. Eu queria muito ser a mulher dele mas ele me mandou embora de casa, e aqui estou eu, morando sozinha neste apartamento.
- Aí no dia em que sua vida perfeitinha se acabou você lembrou da prima bobinha né...
- Não, no dia em que minha vida acabou eu lembrei da única pessoa que nunca me deixou na mão e resolvi passar pelo menos a primeira noite dessa nova vida com essa pessoa.
Ela não fez cerimônia alguma e novamente encaixou sua boca em minha buceta me chupando muito. Matamos as saudades, não bebemos nada e transamos muito, por boa parte da noite. Dormimos nuas e abraçadas.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario casalbisexpa

casalbisexpa Comentou em 10/09/2019

delicia de conto ...... só faltou as fotos

foto perfil usuario muitoputo

muitoputo Comentou em 10/09/2019

Hummm...que delícia hein....que puta mais completa....amei seu conto, puta da prima...puta do irmão...do pai...hummm..amo uma puta como você, sem tabus...nem limitações.... adorei! E ainda pula cerca pra dar pra outros machos....que tesão! Amei viu...sua biscatinha mais gostosa..beijos

foto perfil usuario pedroam

pedroam Comentou em 10/09/2019

Adoro teus contos, vc escreve muito bem Votado MAS CONTINUE A NOS BRINDAR COM ESSES RELATOS SENSACIONAIS




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


142089 - O pau mais lindo do mundo - Categoria: Incesto - Votos: 84
142131 - O resultado da festa - Categoria: Incesto - Votos: 54
142299 - Curtindo meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 37
142572 - O banho do papai - Categoria: Incesto - Votos: 40
142957 - Tentando preencher o vazio - Categoria: Heterosexual - Votos: 16
143093 - Fim de ano diferente - Categoria: Incesto - Votos: 14
143541 - Mulher maravilhosa - Categoria: Lésbicas - Votos: 17
143636 - Minha primeira festa - com Kátia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 16
143925 - Finalmente fui possuída por meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 38
144114 - Decisões - Categoria: Incesto - Votos: 13
144637 - Novo Dia - Categoria: Incesto - Votos: 9
144685 - O Jantar - Categoria: Incesto - Votos: 7
144929 - A Festa - Categoria: Incesto - Votos: 12
145306 - Minha Cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 16
145317 - Dia após dia - Categoria: Incesto - Votos: 17
145360 - O Dia do Pagamento - Categoria: Incesto - Votos: 6
145362 - O Pagamento - Categoria: Incesto - Votos: 14
145569 - Recebendo Visita - Categoria: Incesto - Votos: 12
145905 - Conhecendo uma trans - Categoria: Travesti - Votos: 21
145965 - Novamente Michele - Categoria: Travesti - Votos: 13
146019 - Fazendo caridade - Categoria: Travesti - Votos: 18
146211 - Virei cliente - Categoria: Travesti - Votos: 21
146295 - Pau velho - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
146364 - Mais uma festa - parte 1 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
146756 - Mais uma festa - continuação - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
146827 - Fim de semana com a cunhadinha - Categoria: Incesto - Votos: 9
146878 - Presente para a cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 15
146898 - Tentando entender a origem de minha putaria - Categoria: Incesto - Votos: 8
146903 - Domingo especial - Categoria: Lésbicas - Votos: 10
146931 - Lembranças do passado - Esperma do papai - Categoria: Incesto - Votos: 16
147008 - Irmão e Cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 8
147012 - Realizando a fantasia com meu irmão - Categoria: Incesto - Votos: 20
147052 - Posse voltar para casa, mas não já! - Categoria: Incesto - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil amandhinha
amandhinha

Nome do conto:
Casa nova

Codigo do conto:
144178

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
10/09/2019

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mae e filhacontos eroticos juveniscontos vi enrabarem minha namoradanovinha tarada pelo sexo desenhocontos eróticos me vez chantagem me comeuassistir vídeo de sexo de cornos que planejou aniversário da esposa e levou os amigos pra merem elaconto gay cueca aparecendoconto gay casado putinhahomem fode a anã carceleiraGeane morena fodendo ver fotosamigo visitante fica de pau dura perto da esposacontoeu na minha moto eu levei pro motel a irmã do meu amigo eu tirei a virgindade da buceta dela conto eróticocontos eroticos com fotos pag 148novinhos cafucus piroculdosconto me masturbo bastante minha xotacontos eroticos no onibusFamily guy porno em quadrinhoscontos apanhando antes da fodame pegarão brexando xnxxcontos er noite friacontos eroticos esposa dormiucontoerotico tia praiaconto erotico virei uma linda transexcontos erotico no morroTiazinha Popozudarelatos sexuais nosso amigo comendo meu cú e meu marido filmanotransei com meu genro contosconto erotico festival de pipaconto erotico viado fogosowww.enteadacontoerotico.com.brporno fodi minha meninhaContos incesto irma cavala bucetudagibi porno uma coroa muito sorchorou na pica contoConto o brinquedinho fotoscontos eroticos gays com fotos fardadosnegao de pica.duraconto erotico co fotos e imagem de boceta e cu raspadosconto erótico gay com o caminhoneiroConto etpticogozou enquanto dirige contogosadas dentro do cucontos eroticos tirando o cabacinhocontos eroticos gay negao chibatacantoerotico belinhaprimos no mato contocontos eroticos fila pra foderlésbicas primeira vez conto eróticosquadrinho erotico putas menageconto erotico irmaos de pau duro d cuecacontos o ginecologista abriu minha buçeta na frente do meu filhoirmao nem exita em foder buceta da irma dormindominha puta conto eróticocontoerotico: tesao da gravida.coto chupei o cuzinho da minha cumadre novinhacontos eróticos acampando com minha professoraconto irma dormindominha mãe me surpreendeu contos de incestovagabunda+bucetuda+amadoraconto erotico com novinha que comchece na praianovinhos cafucus piroculdoscontoerotico tia dormindo primo camaQuadrinhos eroticos mae safadacontos eroticos com imagensconto erotico enrrabado no vestiarioconto de ferias de irmaos nuconto porno velho roludoporno bebeu demas e foi estrupada com pepinocoroa brasileira da o cuzinho apedadiho gemendocontos eroticos mae transforma sissybrincando com a priminha casa dos contosContos eróticos arrombando sua buceta com dildo enormecoto historia erotismo novinhataradapor srnhor de indefecontos eroticos incesto fiz um bebê na minha filhamenino comendo a coroa no conto eroticocontos eróticos gay na academia com o dotadocontoeroticodfcontos da gorda safadaconto erotico morena maeolhando o cavalo meter na egua minha boceta melou contoscontos eróticos é só a cabecinha amorfui com minha esposa no clube de swing virei mansocontos eroticos sofri mas aguentei tudo na frente de meu maridocontos eroticos gay meu pai de vinte e dois anos bebado comeu meu cu quando eu tinha oito anosconto incesto engravideiler canto erotico de mulher coroa que teve tesao e desejo pela amigaconto porno gay sujeiContos eroticos de casada puta dos vizinho roludoo corno duplacontos eroticos pedi pra minha prima nao dar bandeirahentay comendo a filhporno hentay gozando nelas dormindoa dormindoContos comi o cu da cuidadoraContos eroticos gay ex presidiárioContos eróticos adoro da meu cu escondida do meu maridoquadrinhopornotraicao