UMA SURRA DE PICA



Certa ocasião, um amigo que é tão corno quanto eu, me passou o contato de um garoto de programa de nome Antonio, dono de um estonteante cacete de 25 × 7,5 cm de diâmetro. Naquele dia mesmo, junto com Vanessa, entrei em contato com ele, fechando um programinha duplo para dali a dois dias.

Quando Antonio, eu já havia deixado minha esposa preparadinha com doses bem servidas de uma boa vodca gelada e Vanessa já o aguardava usando sapatos de salto alto e vestida com apenas sutiã e calcinha.

Após as apresentações, conversa vai, conversa vem e uma rodada de vodca para todo mundo, ela pediu para dar uma apalpadinha na rola dele. Ela até que começou a apalpando, até que se ajoelhou diante dele, tirou o cacetão para fora e começou uma gulosa estonteante. A jeba do cara mal lhe cabia na boca. Concentrando inicialmente suas carícias naquela cabeçona de cor vermelho sangue, minha esposa chupou, lambeu, mordiscou, cada pedacinho, cada centímetro daquele pinto, da cabeça até o saco. Em seguida, Vanessa tirou o sutiã e começou bela de uma espanhola, abocanhando e engolindo como podia aquele piruzão de dimensão descomunal. Sem para de mamar, ela lhe abaixou a calça e tirou a calcinha ela mesma, revelando sua buceta branquinha e lisinha. Em seguida, após mandar o garoto se deitar, de cócoras sobre ele, ela não resistiu a visão daquela pica enorme de onde já saia aquela babinha, caindo de boca nela, a mamando novamente. E Antonio, por sua vez, não perdeu tempo. Ao ver aquele bucetão rosado, babado e escancarado à sua frente, meteu a língua dentro dele chupando e lambendo toda a extensão do cu até o grelo da Vanessa.

Mas como o que Vanessa queria era rola na buceta, com um giro de corpo se posicionou apontando a ponta do cacete na entrada da bucetinha dela,

Desceu seu corpo um pouquinho, soltando um gemido e um longo suspiro; enfiou a cabeçona, parando para se acostumar, já que era bem mais grossa do que todas as que já lhe penetraram. Mas, tão logo se acostumou com o volume, ela foi sentando devagarinho, gemendo, suspirando, abaixando seu corpo centímetro a centímetro, devagarinho até engolir todo o cacete. Sentindo-se preenchida, novamente ela gemeu e suspirou paradinha, possibilitando sua buceta a se acostumar, até criar coragem e começar a cavalgar devagar, acelerando o ritmo conforme seu corpo foi aceitando e se adaptando ao volume da pica.
Urrando, erguendo o rabão novamente, agora ela se sentava quase que de uma vez, sumindo com quase todo o piruzão dentro da xana. Devia estar muito bom, porque minha esposa não parava de urrar, gemer, gritar, rebolar e voltar a sentar, sentindo o cacetão todo dentro. ela gozou horrores, foram vários orgasmos que teve enquanto cavalgava no cacete.

Por alguns minutos ela ficou deitada, prostrada sobre o corpo dele. De vez em quando, ela suspirava profundo. Mas aos poucos ela foi se recuperando e como o pau do macho não havia amolecido, seu parceiro girou o corpo dos dois, se posicionando sobre ela, a preparando para fodê-la na posição frango assado.
Seus corpos continuavam colados. O pênis dele posicionado, preparado para penetrar na buceta dela arreganhada. Minha visão era muito privilegiada. Eu já estava na minha segunda gozada e o mais estranho nisso é que meu pau não abaixava. Eu e minha esposa passávamos pelo momento de maior tesão das nossas vidas.

Antonio pegou a pica e colocou na entrada da buceta da minha mulher, dando duas ou três pinceladas com ela nela, fazendo Vanessa se contorcer de tesão. De repente ele olhou para ela e soltou seu peso, enterrando toda a sua vara na bucetinha dela, movimentando o corpo em muitos entra e sai de pica, socando fundo e com violência; Vanessa urrando, rebolando na vara e, quase sem voz, repetia implorando que lhe metesse tudo....

- Arromba a minha buceta, seu filho da puta....

Antonio tirava o cacete até a cabeça e enfiava tudo de novo, fazendo o corpo dela estremecer com o impacto das estocadas. Cada metida Vanessa soltava um urro surdo seguido de um curto suspiro.

- Ai, marido, que pau gostoso.... Tô arrombada, toda ardida, mas tô feliz.... Obrigada....

Depois de uns dez minutos socando e de fazê-la gozar mais um par de vezes, Antonio soltou um urrou forte e gozou, ejaculando seu esperma para todos os lados, permanecendo inerte ao lado dela por mais de 15 minutos descansando. Afinal, mesmo para um profissional do sexo, a pegada fora forte.

Como essa aventura vai longe, vou interrompê-la, mas prometo retomá-la logo em seguida.

Até já, Nando.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario ksadodf

ksadodf Comentou em 09/12/2019

Excelente conto ,Estou de pau duro imaginando a deliciosa foda..

foto perfil usuario mestreheracles

mestreheracles Comentou em 05/12/2019

Bela surra

foto perfil usuario fazendeirors

fazendeirors Comentou em 03/12/2019

Corninho, quando vai liberar a esposa para mim?

foto perfil usuario pauzaomoreno22cm

pauzaomoreno22cm Comentou em 02/12/2019

Sou doido pra comer sua putinha safada corno

foto perfil usuario casalbisexpa

casalbisexpa Comentou em 02/12/2019

delicia de conto ..... só faltou as fotos

foto perfil usuario muitoputo

muitoputo Comentou em 02/12/2019

Hummmmm...Nando, sua puta deve ser deliciosa mesmo....que tesão ter uma esposa bem puta como ela, que delícia mesmo! Já estou de pica bem dura lendo seu conto.. essa biscatona tesuda...fico imaginando se ela deu o cú pra ele também....nossaaaaa...que tesão da porra...imagino ela ter ficado muito arrombada hein...tudo isso entrando no cú dela....caralho, conta pra gente vai....valeu..abraço!

foto perfil usuario gostosimgoias

gostosimgoias Comentou em 02/12/2019

Nossa corno essa putinha e muito cadela senti um forte tesão aqui uma delicia esse conto 🐂




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


109536 - AMIZADE COLORIDA - Categoria: Heterosexual - Votos: 66
112936 - A PRIMEIRA VEZ COM O CASAL PEDRO E BIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 42
114073 - CHUPANDO PAU POR TABELA - Categoria: Heterosexual - Votos: 52
114169 - VIZINHO VOYEUR - Categoria: Exibicionismo - Votos: 40
114485 - FLAGRADA NA PUTARIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 39
115340 - UMA PUNHETA E UMA CHUPETA NO PRIMO - Categoria: Heterosexual - Votos: 32
117310 - CEARÁ, CEARÁ - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 28
117466 - FIM DE SEMANA EM PAÚBA - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
119397 - A CLIENTE GAÚCHA - Categoria: Coroas - Votos: 31
119399 - CASAL ESTREANTE - Categoria: Heterosexual - Votos: 23
120434 - VANESSA SE EXIBINDO - Categoria: Exibicionismo - Votos: 26
120745 - FÉRIAS NO NORDESTE - Categoria: Exibicionismo - Votos: 15
120948 - JUNTEI A FOME COM A VONTADE DE COMER - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 20
123068 - SWING EM SALVADOR - Categoria: Heterosexual - Votos: 19
123225 - MASSAGEM RELAXANTE - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
123514 - A PUTA QUE EU AMO - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
123565 - ENCONTRO CASUAL NA POUSADA LIBERAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
123643 - FAZENDO TURISMO - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
124063 - SEXO CASUAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
124120 - PELAS ESTRADAS DA VIDA - Categoria: Gays - Votos: 30
135410 - UMA TARDE E UMA NOITE SÓ REALIZANDO FETICHES E FANTASIAS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 30
135461 - FÉRIAS NA SERRA - Categoria: Interrraciais - Votos: 27
135778 - PRIMO POR CONSIDERAÇÃO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33
138013 - MOMENTOS DE LUXÚRIA - Categoria: Exibicionismo - Votos: 28
138111 - UMA MANHÃ DE MÉNAGE APÓS UMA NOITADA DE SWING - Categoria: Heterosexual - Votos: 30
141352 - BRINQUEDO NOVO - Categoria: Masturbação - Votos: 17
143672 - GOZANDO FEITO UMA ÉGUA - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
147378 - DESCOBRINDO O LADO FEMININO DO MARIDÃO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 33
148696 - COM UMA PiRIGUETE NO SWING - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
148697 - COM UMA PIRIGUETE NO SWING (2ª PARTE) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
149092 - VANESSA SE EXIBINDO EM UM BAR DA VILA MADALENA - Categoria: Exibicionismo - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil esposapiranha1974
esposapiranha1974

Nome do conto:
UMA SURRA DE PICA

Codigo do conto:
148868

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
02/12/2019

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos gay o negao arrombou meu cuzinhoultimos contos sadoconto erotico biancacomtos eroticos fui rouba e fudi a dona da casaConto erótico deixando meu filho com tesãocasada rabuda evangelicas safada irma e cunhada conto eroticocontos eroticos meu marido e minha amigacontos erroticos de incertos filha amante pai 2017 ltimas publicaes Contos eroticos chupei minha mulher e minha filhaconto praia nudismoFilinha putinha dando a bucetinha pro paisinho contos eroticos com fotos e quadrinhos animadosConto erotico seduzindo comadreConto erotico emquadrinho o camionheiro comedor 3conto erotico maceiotio mete no cu da subrinha de chortinho na cuzinhacontos eróticos é só a cabecinha amorpegaçao e lanbidas gayConto erotico chupada pelo cachirro da minha amigaporno em quatrinho a prefeitadotado gozando na bocaconto erótico marstubei minha filhacontos eróticos meu amigo gay me comeu por acasoConto erotico gay currado na praia por cincohomens na praia de nudismocontos velho da rola grande arregacou a novinha minha esoosaconto erotico em quadrinho de menina e pedreiroconto erotico meu pai e meu macho reprodutorvelho e conto eroticoquadrinhos eroticos novela eroticasnudismo contos eroticosDesenhos hentai baba velhinho babaultimos contos incestosContos eróticos, dois velhos me foderacontos eroticos eu minha filha rabuda e meu sogrohttps://vangogrostov.ru/conto/96339/654622/a-enteada-e-a-amiga-de-trabalho-e-muito-mais.htmlconto erotico casada enrabada por um menininhovideos porno cazeiro itapipocacontos dois casais fodem lambem a esporra e beijam-se boca e conaconto erotico papakuContos erotico eu e minhas priminhas inocência perdendo a virgindade com un velhoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto erotico minha prima me seduziuconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotopornô pai e filho em quadrinhosmoreno dividino quarto com gay homem sair do banheiro depois do banho pormo gayContos eroticos com imagems incesto avô fode netinha menorconto erotico aposta poliamorcontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhacontos minha esposa safada rabuda nem se importa com minha presençaContos de corno pede mulher pra usa roupa desenhando a buceta no shorte e dando pra um picao não queriao irmão da minha melhor amiga conto eroticomenina bebinha chupou meu paufui a coelinha dos chefe dei o cu contos errroticosmeu filho gozou na minha cara contos com fotosamiga do trabalho nuaUber de pau durocontos eróticos gay festa faculdadeconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosocontos veridico me arrombaram, mas me vinguei do meu maridoconto estuprado por varias travestiheitai porns mãe e filho xxmeu capataz fudeu minha esposa e encheu a buceta dela de porratransei com minha irmaNovinho submisso virou cdzinhacontos eróticos inversão bêbadocontos eroticos na praiacontos de roludos desvirginando garotosos simpsons porno incestopokemon hq pornoporno bang gang contos eroticosquadrinhos porno de freiras fudendo contos cu sôniacontos eroticos gay negao chibatacontos meu amante comedorcontos eroticos botei um macho pra desvirginar minha filha maexvideos gay contos eróticos com montado conto erotico eu evangélica fiz DP sem marido saberconto errotico levei minha amiga para o meu maridoultimos contos sadomeu amigo comeu minha esposa contoQuadrinios de incestoconto erótico marstubei minha filhanovinha foi nada na casa do tio e liberopraquadrinhos erotico contos eroticos medico assistente parte 2ninfomaníaca quadrinhos mãe tarada pelo amigo do filhoconto erotico a menininha da vizinhacontos eróticos fui forçadamas gosteiContos eroticos vi o coroa engatar minha esposa e ela a fazer boquete nele