Meu primo e seu amigo brincando com minha namorada



Tenho um primo que é bem proximo, desde criança sempre estavamos fazendo bagunça juntos, ele é do tipo bem brincalhão sempre fazendo piadas e brincando com as pessoas, eramos em três, eu, meu primo Igor e o nosso amigo Leo, que na verdade era mais amigo do meu primo mesmo.

Essa historia ocorreu quando eu tinha 21 anos, fomos passar um feriado prolongado na casa de praia do Leo, fazia muito tempo que não nos encontravamos, o Leo e o Igor eram mais novos, tinham acabado de entrar na faculdade, mas eles ainda saiam muito juntos, para as baladas principalmente, como eu estava namorando não acompanhava mais eles como faziamos antigamente.

Chegamos pela manhã na casa do Leo, ele e o Igor já estavam la desde a noite anterior, minha namorada já os conhecia, pois ja tinhamos quase 2 anos de namoro. Eles estavam na piscina quando chegamos, a casa do Leo era muito legal, não era muito grande, mas tinha um bom quintal com a piscina e no fundo uma casa com dois quartos, um banheiro, uma sala grande e a cozinha tipo americana.

Não perdemos tempo, eu coloquei uma bermuda e a Lais colocou um biquini azul escuro de amarrar, preocupada ela me chamou para reforçar o laço para garantir que não desamarrasse, terminamos de nos vestir e corremos para a piscina.

A Lais é magra, não tem muito peito, mas são bicudinhos e rosados, sua bundinha é redondinha e bem empinada, a cintura é fina e as coxas são grossas, é baixinha tem 1,55m de altura, cabelos pretos ondulados e olhos castanhos claros, quase cor de mel.

Meu primo e o Leo nunca tinham visto ela de biquini, ficaram tentando disfarçar, mas não conseguiam parar de olhar para o corpo da minha namorada. Eu tentava mostrar para a Lais que não era ciumento, isso motivo de algumas brigas feias que tivemos, deixei rolar e fingi que nada estava acontecendo.

Ficamos o dia todo na piscina, conversamos, rimos e brincamos bastante para compensar o tempo que ficamos distantes. Lais se enturmou bem com eles, afinal de contas ela era bem extrovertida e adora bater papo, gostou muito da conversa de meninos como ela mesma diz sobre as historias das meninas que eles pegavam nas baladas e das que eles conseguiam levar para o motel, ponto mais alto da conversa, pois a Lais adora falar sobre sexo.

Lais tomou bastante sol, ficando com uma marquinha linda e o corpo bem bronzeado.

A noite ficamos jogando cartas e bebendo, Lais não exagerou porque não queria ficar bebada e passar vergonha, depois de alguns minutos disse que iria tomar banho e se levantou, voltou de pijaminha, um shortinho rosa curtinho que mostrava a polpa do bumbum e uma regatinha branca sem sutiã, que deixa os bicos saltando no tecido, nos deu boa noite e foi deitar mais cedo, nos ficamos ate mais tarde, com aquela imagem dela na cabeça, o Igor ate ajeitou o pau dentro do short.

No dia seguinte, mais um dia de piscina, sol e cerveja. A Lais ja parecia um membro da turma de longa data. Ela estava com um biquini preto na parte de baixo e laranja na parte de cima, um pouco mais comportado que o utilizado no dia anterior, que era bem pequeno e ficava enterrado na sua bunda.

Como dizem, os meninos demoram um pouco mais para amadurecer, a brincadeira que costumavamos fazer quando crianças era baixar a calça do outro para deixar a bunda de fora, principalmente quando havia meninas por perto, para causar o maximo de constragimento possivel no amigo. Mesmo com a idade, ainda faziamos isso. Em um momento, o Igor estava distraido, não pensei duas vezes e puxei o calção dele deixando a bunda branca de fora, o Leo não se aguentava de rir enquanto o Igor subia rapidamente as calças com a cara vermelha de vergonha da Lais, que por sua vez tambem gargalhava dizendo que eramos um bando de muleques.

O Leo cochilou e fiz o mesmo enquanto ele tomava sol de bruços na espreguiçadeira, ele deu um pulo e tentou puxar o calção, mas ficou um tempão com a bunda de fora, a Lais até elogiou a bunda dele que tambem era branquinha, mas segunda ela era bonita porque era lisinha e a do Igor era peluda, feia. Todos rimos mais ainda com o comentario dela.

Em um momento vi alguns sinais estranhos entre eles, mas não dei importancia, a Lais que estava dentro da piscina me chamou para perto da borda, eu caminhei ate a beirada para perguntar o que ela queria e neste instante Leo e Igor vieram pelos lados e abaixaram minha bermuda, foi com tanta força que foi ate o joelho e meu pau ficou de fora. Todos riram muito, eu fiquei meio bravo porque não foi apenas minha bunda exposta e meu pau é pequeno, o Leo quase se mijou de tanto rir vendo que eu fiquei bravo.

Minha namorada sempre disse que não liga para o tamanho do meu pinto, que esse negocio de tamanho não tem nada a ver e tal, mas não sei ate que ponto ela diz isso para eu não ficar bolado. Ela tomou minhas dores vendo a zuação forçada, esperou o momento certo, quando ninguem esperava foi ate o Leo por tras dele bem de mansinho e baixou o calção dele ate o chão, como ele estava colocando mais cerveja no copo, tinha uma garrafa e um copo nas mãos, não conseguiu subir o calção de imediato e ficou com o pau de fora mais tempo do que ele gostaria, se tornando o mais novo alvo da zuação do pinto pequeno, embora fosse um pouco maior e bem mais grosso que o meu.

O Leo ficou bem irritado e xingou bastante antes de levar na brincadeira, o Igor que foi amenizando, dizendo que provavelmente a Lais tinha ficado impressionada com o tamanhão do pau dele, todos riram bastante com a piada, inclusive eu e o Leo.

A noite, novamente cartas e bebidas, Lais já não se preocupou com a quantidade de alcool e ficou bem alegrinha, ela que ja era extrovertida ficou sem filtro, em algum momento brincamos novamente com os nudistas da piscina, Lais lembrou que eu não foi o unico pau da vida dela e disse que ja tinha vistos outros maiores outros menores que o importante é saber usar, nisso o Igor que tambem ja estava bebado revelou que não teve tantas experiencias assim e Leo tambem disse que não teve, embora eles tivessem a mesma idade da Lais, tambem disseram que as que eles pegavam na balada nunca vão para o motel, que era mentira deles para parecerem mais descolados, mas que eram bem nerds mesmo. A Lais para dar uma melhorada no animo do Leo, disse que se ela não fosse namorada do amigo dele, com certeza daria para ele porque tem uma bundinha linda bem lisinha, diferente da bunda do Igor que é peluda e provavelmente ninguem daria para ele, todos voltamos a rir muito e logo passou o climão.

Depois das revelações tomamos mais alguns shots e fomos dormir.

Dia seguinte, mais sol e calor, mas desta vez fomos para a praia, ainda de ressaca acordamos meio tarde e sonolentos. Lais novamente com o biquininho cortininha pequenininho azul escuro, deliciosa, como ela usou o biquini maior no dia anterior acabou fazendo duas marquinhas e com o biquini menor ficava aparecendo. Quando ela passava todos secavam sua bunda redondinha rebolar com o biquininho socado para andar na areia fofa, rebolando ainda mais que o normal.

Na praia não fizemos a brincadeira da bunda de fora, pois estava cheia e nos tinhamos nossos principios.

Lais tomava sol na esteira, com o bumbum para cima, Igor e Leo não paravam de olhar e eles nem se importavam com a minha presença mais, em alguns momentos cochichavam e riam fazendo sinais.

Voltamos para a casa, Lais tomava uma ducha para tirar a areia, Igor e Leo faziam uma fila esperando pela vez deles, ela passava a mão pelo corpo se ensaboando, puxava um pouco o biquini para tirar a areia, o Leo ficou de pau duro vendo a cena e nem se importou em disfarçar. Lais percebeu e ficou vermelha de vergonha, mas continuou ensaboando o bumbum.

Depois de todos se limparem, ficamos em pé tomando cerveja e conversando no balcão da churrasqueira, Igor e Leo estavam um de cada lado, Lais no meio deles e eu do outro lado do balcão, eles ficavam olhando para os peitinhos dela, furando a parte de cima do biquini e ajeitavam o cacete na bermuda, quando ela foi se servir com mais cerveja, Igor e Leo puxaram simultaneamente o laço do biquini, um de cada lado, puxando-o para baixo rapidamente, deixando a Lais com a bucetinha depiladinha e o bumbum totalmente exposto, ela calmamente terminou colocar a cerveja no copo, colocou novamente em cima do balcão e como não aceita desaforo correu atras deles gritando que iria mata-los, alcançou o Igor que é bem alto e corre como uma girafa desengonçada, que encurralado e sem folego se virou para ela pedindo desculpa, mas ela nem deixou ele terminar de falar e foi logo abaixando a bermuda dele ate o chão com raiva, mas Igor é bem dotado e tem uma pica enorme, como estava meio duro ainda pulou para fora da bermuda e bateu na cara dela, que começou a rir instantaneamente após o susto inicial.

Lais ficou impressionada com o tamanho daquilo, não sabia o que fazer e continuou abaixada na frente dele olhando para o pau dele, depois para ele e depois para mim, incredula. "Meu deus! olha o tamanho disso" dizia ela, que se levantou, pegou seu biquini do chão e foi ate o quarto se trocar. Igor pediu desculpas para mim, o Leo tambem pediu, mas eu não sabia o que dizer, acabei não falando nada.

No quarto encontrei a Lais de banho tomado já embaixo das cobertas, estava nua, me beijou e no meu ouvido pediu para eu comer ela. Fodemos gostoso naquela noite, ela gozou forte e não conseguiu segurar o gemido.

Dia seguinte, fingimos que nada havia acontecido. Dia de piscina normal, algumas brincadeiras, algumas piadas, mas só isso.

A noite, o Igor sugeriu jogo de cartas para quebrar um pouco o clima esquisito, bebida para acompanhar e ajudar no objetivo.

Lais disse que não queria jogar desta vez, foi tomar banho e deitar, voltou de pijama alguns minutos depois dizendo que estava muito calor e não conseguia dormir, entrou no jogo e nos ja estavamos bem alegres com a bebida.

Os 4 ja bem soltos, o tema sexo volta a mesa, Lais começa a zuação no Igor que deve ser virgem porque as meninas devem ficar com medo do cacetão e no Leo porque as meninas não conseguem achar o pirulitinho, todos riem, principalmente pelo alcool. Igor então desafia Lais, dizendo que ela tambem não aguentaria. Lais surpresa com o desafio olha para mim para saber qual seria minha reação, que na verdade foi mais de curiosidade em ver ela no cacete do Igor.

Ela que ja estava pensando no cacete dele desde o dia anterior não perdeu tempo, impulsiva como é, levantou e foi ate ele, puxou ele da cadeira e abaixou o calção, segurou o cacete que ainda estava mole com uma das mãos e punhetava lentamente, se ajoelhou, colocou na boca e chupou a cabeça do pau dele, olhava para mim com cara de safada, que putinha que ela era, foi mamando na pica dele e nessa altura ja punhetava com as duas mãos, que mal fechavam em torno da pica de tão grosso, chupava o saco, passava a lingua no pau inteiro, se esforçava mas mal cabia em sua boca, era uma pica bem branquinha daquelas que a cabeça é rosa cheia de veias.

Não demorou muito e ele falou que iria gozar, ela parou de imediato o boquete e falou que ela queria dar para ele, que não poderia gozar ainda, ela queria sentir uma pica desse tamanho dentro da bocetinha dela, foi tirando o shortinho do pijama e a regatinha, se apoiou na mesa empinando a bundinha na direção dele, que foi logo segurando pela cintura e metendo a pica dentro dela, devagar disse ela segurando um pouco o corpo dele com uma das mãos e rebolando lentamente para acomodar aquele pau gigante. Conforme as estocadas ficavam mais ritmadas, Lais gemia mais alto, gozou seguidamente com ele socando na bocetinha dela, eu e o Leo estavamos acompanhando na punheta, Leo se aproximou de Lais e ganhou uma punheta daquela mãozinha delicada, mas que com a força da bombada do Igor apertava o pau do Leo fazendo ele tambem gemer. Igor apertava os peitinhos dela enquanto bombava forte.

Lais pediu para ele não gozar dentro dela e falou que era para ele gozar nos peitinhos, ela se abaixou na frente dele e ele com varios jatos de porra acertou os peitinhos dela e tambem um pouco do seu pescoço, cabelo e na bochecha. O Leo tambem queria comer ela e foi puxando ela para o sofa, colocou ela deitada e começou a comer sua bocetinha depiladinha na posição frango assado, o pau dele era curto mas era grosso, comeu ela com vontade, as bolas batiam na sua bunda e faziam barulho, logo ele disse que iria gozar e tirou o pau de dentro dela, gozando sobre sua barriga.

Eu que estava ate então só na punheta, fiquei esperando minha vez, ela ficou de quatro no sofa e fez sinal para mim, fui ate ela em silencio e comecei a bombar naquela bucetinha que naquele momento ja estava toda vermelhinha e arrombada, não aguentei três bombadas e acabei gozando dentro dela sussurando no ouvido dela que ela era uma putinha. Lais sorria para mim, dizendo que foi a melhor foda da vida dela.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario camily

camily Comentou em 14/01/2020

Curti demais ^^

foto perfil usuario fudidi

fudidi Comentou em 14/01/2020

Que tesão me deu. Ficaria louco em ver minha mina cavalgando em outra pica. Deve ter sido uma experiência maravilhosa...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


146482 - Fotografo da Noiva - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rickg

Nome do conto:
Meu primo e seu amigo brincando com minha namorada

Codigo do conto:
150498

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
14/01/2020

Quant.de Votos:
15

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Conto eroticos gay fui fodido pelo entregadorcontos heroticos sou corno e chupo minha esposa com porraquadrinhos eroticos gostosas casadapattybeijo cdzinhatravesti contomeu corninho gosta de ver sua mulher espetada numa picona pretaConto De Lesbica Na Praia Com Desconhecidacontoerotico: tesao da gravida.minha sogra gaucha quer namorador fodedor no dwollandcontos de gata aprontando com a vizinhacontos lesb de mamae dando cu para coroas lesb comendo cosolo de cintaquadrinho eroticos engravidando a irmaconto eroticofudendo o vu da empregada junto com a esposacontoseroticosdpvarginalContos eroticos com bezeirasconto erotico de baixo da camacontos de fetiches eroticos de incesto entre tia e sobrinhoporno de quadrinhos o amigo negro do meu filho 2Conto erotico da nora e as amigacontos eroticos fui violentada amei incestoConto porno desdi pequena pai e mae me comeIncesto 7 em nome da mae e do filho phcontos incesto pais e filhaconto erotico gaucha putinhaquadrinhos eróticoscontos eroticos com o homem do posto de gasolina fotoMinha mulher disse pra eu fuder a buceta da minha filha na frente dela eu fudi a buceta da minha filha e fudi minha mulher elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu fuder seu cu virgem conto eroticohistoria em Quadrinhosporno A pica de papaipornô de carlos zéfiroflanelinha contosconto comi minha esposa e um casal bixesuallactation porn comicshq gay sexo pai e filhocontos zoofilia na fazendasodomisado contos gayconto gay casado louco por negaoColégio.Incestocontoesconde esconde conto gaycontos eroticos incesto mae corpinhoultimos contos sadoconto erotico primeira vez que vi uma bucetacontos gay encoxadoContos erotico nora novinha ouvindo a sogra chorando no picao do cunhsdopinguei feromonio de cadela na buceta da minha mulherfilho fazendo massagem-contopaupequenopornogratisconto erótico estrupo na lua de meuconto flagrapornô em desenho animado tia e sobrinhoquatrinhos do t.z[email protected] engravidando no incestoxvidio porno endesenho comei amadastra esetocontos eroticos cabaninhanivinhas rabudas gosando os pulos etremendocontos eu e meu sogro comeu minha mulher gravidatetonas maefiquei de quatro e deixeo cavalo meter a piroca na minha bucetacontos eroticos esposa ensiminada pelo comedorcontos eroticos norame roubou e arrombou meu cu conto eroticocontos gay borracheirocontos de putaria sou safada meu cunhado e seu amigo me fuderaoquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosultimos contos sadosamira conto eroticoquadrinhos erotico a-cu-invocante-parte 14Conto erotico burro comendo novinhacontos eroticos do meu filho dotado me comendowww.contos me seduziu e virei seu viadinhoquadrinho erotico do pequnos e piossexo e vovaConto erotico 12 bucetinhaconto erótico chefe q se aproveito da crente casadabucetaon vermelho molhado escorrendo comgibi porno gay brasileira de primoconto erotico gay escravo hetero pausudoirmã conto eróticofazendo minha esposa da para o uber contos eroticos conto erotico gay: tenho cinquwnta anos e dei meu rabo para um garoto de desessetecontos eroticos gay masculino menino com cowboyPrimo skatista conto gayConto porno velho comendo meninameu cunhado abusa de mimداستان مصور سکسی خفنkomiks porn story cartoon momconto irma dormindo[email protected]quadrinho porno mae e filhoconto erotico na viagem conhecemos um casal e o marido arrombou minha lindaultimos contos sadoconto erotico gay bundodosocando a pica na ansãfamiliaincestocontosconto erotico jornaleiroquadrinho erotico de liga da justiça