Trepada inesquecível com o negão do buzu



Eu nunca ia imaginar que naquele dia eu conheceria alguém com quem eu teria grandes experiências. Não lembro pra onde eu estava indo, mas entrei naquele ônibus. Estava um pouco cheio, mas logo encontrei um lugarzinho pra viajar melhor em pé. Era perto de um negão de beleza normal, que aparentava ter uns 20 anos, enquanto eu ainda devia ter 16 ou 17. Ele estava sentado e logo pediu pra segurar as minhas coisas, o que eu topei de pronto pra poder seguir viagem com as mãos mais livres.

Não trocamos mais nenhuma palavra, mas eu percebi que de vez em quando ele me olhava. E começou a fazer isso com certa frequência. Eu estava tão na minha que pensava apenas "Que rapaz simpático, gente boa!". Foi quando o peguei novamente me olhando e desta vez ele me deu um sorriso, eu retribuí. Pra minha sorte, vagou o acento ao lado dele. Ele prontamente colocou minhas coisas pra guardar o lugar, com certa ansiedade. Sentei, agradeci por ele ter segurado meus pertences e ele começou a puxar conversa. Não tinha muito assunto, então falava do tempo, de ônibus cheio, do calor que fazia na cidade, etc. Depois de algum tempo, ficamos meio que sem assunto. Eu sentia uma ansiedade nele mas não sabia o que era, até ele começar a roçar sua perna na minha. Fez a primeira vez bem devagar, bem discretamente. Eu fiquei na minha. Ele resolveu roçar mais forte, e me olhou. Então percebi tudo e retribuí a roçada. Ficamos boa parte do tempo roçando nossas pernas, aquilo era extremamente excitante. Era como se estivéssemos nos beijando. Minha respiração estava profunda e quente, ele suspirava. De repente ele fingiu coçar a parte de baixo da coxa dele e tocou a minha perna. Aquilo me enlouqueceu. Sua mão era quente. Eu passava a língua em meus lábios, me deliciando com o que estava acontecendo. Fiz o mesmo com ele, ele sorriu satisfeito. O tempo parecia ter parado, mas ele mesmo me trouxe à realidade "Eu já vou descer. Anote ai meu telefone pra gente marcar alguma coisa!". Eu fiquei atordoado. Minha respiração ainda insistia em desobedecer, enquanto eu pegava a caneta pra anotar seu telefone. Ele mesmo o fez, pegando minha agenda. Escrevi rápido o meu número e dei também pra ele. Nos despedimos e eu fiquei ali sentado, quase gozando só com aquele contato. Eu sabia que pegaria fogo quando eu encontrasse com esse negão. Bati uma punheta quando cheguei em casa.

Depois de alguns dias, ele me ligou. Me convidou para encontra-lo na empresa onde ele trabalhava. Era na empresa de seu pai. Ele dormia lá, depois que todo mundo ia embora. Então marcou comigo a noite. Eu já trabalhava nessa época e ao sair as 18h fui ao seu encontro. Minha ansiedade era tamanha que já cheguei todo melado. Ele me recebeu, mandou entrar rápido, não queria que ninguém percebesse nada. Era uma empresa de segurança patrimonial, a recepção era uma sala bem grande. Ele fechou a porta e me agarrou num beijo delicioso, que tirou meu fôlego. Ele me abraçava forte, pegava em minha bunda, em meu pau, com força, com muita vontade. Tirou minha camisa. Ainda em pé, ele abocanhou meu peito e aquela boca quente me fez estremecer e sentir arrepios. Meu corpo o queria e dizia isso claramente. Eu tirei sua camisa. Senti seu corpo quente colar no meu. Nossos abdomens, peitos, conversavam deliciosamente naquele tocar. Nossas bocas coladas em beijos delirantes. Eu roçava minha barba em seu pescoço, passava a língua e sentia seu sal. Nossa, eu podia ficar ali a noite toda só namorando aquele homem sem qualquer penetração... Ele tirou a calça, ficou só de cueca. Já deu pra ver o volume que ele tinha. Certamente era o maior que eu veria até então. Eu tirei a minha calça e fiquei tb só de cueca. Ele me beijou e recomeçamos a roçar. Era como se estivéssemos nos penetrando de frente. Ainda estávamos em pé. Ele então pegou minha mão e me levou pra uma sala mais escura. Abriu um colchonete, deitou e me puxou pra ficar em cima dele. Ainda estávamos de cueca. Nossos beijos ficaram ainda mais ardentes, nossos corpos pareciam um só, a temperatura parecia estar muito alta, eu pingava de suor. Fui passando a língua em todo seu corpo e de novo sentindo seu sal. Sentia seu gosto em seu pescoço, seu peito, seus braços, depois seu abdomen, até chegar bem no pé da barriga. Ele gemia baixinho, quase silencioso. Puxei sem tirar completamente sua cueca, que soltou aquela tromba enorme. Chupei no entorno, meu alvo ainda eram sua virilha e bolas, enquanto o punhetava. Ele dizia "Pare, senão vou gozar!", quase implorando. Eu me sentia poderoso, dando aquele prazer e vendo ele se render! Eu queria mais. Abocanhei seu pau. Não entrava completamente na boca. Devia ter uns 22 cm, porque eu pegava com as duas mãos e ainda sobrava. Ele se contorcia, delirava de tesão. Pegou em minha bunda, dando sinal do que queria. Não precisávamos de muitas palavras pra saber o que o outro desejava. Tirei completamente sua cueca, depois a minha. Depois de mais umas roçadas, agora totalmente despidos, o tesão era ainda maior. Eu não tive medo do tamanho na hora, talvez porque meu tesão estava demais tomando conta da situação. Então me lubrifiquei com saliva e a ele tb, e fui sentando devagar. Entrou a cabeça. Eu tirei, fiz movimentos de vai e vem só com a cabeça, até que relaxei completamente. Desci mais um pouco e senti como era grosso, muito grosso. Fiz mais movimentos de vai e vem até relaxar bem. Meu desejo era tamanho, que não consigo descrever com exatidão. Resolvi engolir todo aquele cacete. Não sei como fui descendo, descendo, até sentir seus pelos encostarem em mim. "Aiiii...Que gostoso... É muito quente... SSSSSS... Aaaaaahhhh...", ele dizia. Eu pegava fogo. Litros de suor jorravam de mim. Eu sentia aquele pau me alargando todo por dentro. Sentia cada detalhe dele dentro de mim e minhas paredes internas pareciam gostar demais, era uma massagem perfeita. Eu por cima dele, ele gemendo de prazer. Resolvi mata-lo de vez. Fiquei de coqueirinho "Me coma todinho, vai!", e ele começou a meter. Metia, metia, como se tivesse muito tempo sem trepar. Eu me deliciava, virava os olhos. "Agora eu quero de quatro!", eu falei. Ele meteu de novo e eu sentia fundo, muito fundo. Meu corpo todo respondia à aquele cacete maravilhoso me invadindo, me massageando por dentro. "Mete, cara. Mete! Eu quero ela todinha, vai... Todinha...", eu pedia. Meu corpo se arrepiava todo, eu sentia ondas de calor passeando em cada centimetro de pele e sem o menor controle de mim, gozei. Eu gemia muito "Aaaahhh... Aaaahhh... SSSSS...", ele pegou a cueca e pôs em minha boca, pra evitar o barulho. Continuei a gemer, enquanto eu jorrava esperma pelo chão, ele ainda me penetrando. Aquela gozada com certeza foi inesquecível. Ele bombava aquele cacete em mim ainda mais forte, meu pau continuava duro. Senti meu anus se alargar ainda mais e ele gozou mais baixinho "SSSSS... AAaaaahhh... SSSSS...". Eu conseguia sentir aquele esperma dentro de mim e adorava aquela impressão de plenitude, de prazer absoluto. Eu continuava a me masturbar e perguntei "Mete mais um pouquinho. Olha como ele quer mais!". O pau dele ainda latejava dentro de mim. Ele disse que nunca aconteceu isso, de ele continuar de pau duro depois de gozar, que nunca tinha gozado duas vezes" e resolveu continuar. Dessa vez gozamos quase juntos. Ele tirou aquele pau imenso, eu senti seu percorrer até sair ainda grande, mas não mais tão duro. Naquele retirar, eu pude sentir mais prazer...

Depois ele me contou que era noivo. E nos tornamos amantes durante dois maravilhosos anos, até que a empresa do pai fechou. O número que ele tinha meu também mudou e assim, infelizmente, perdemos contato. Mas tenho muitas lembranças boas e muita, muita saudade.

PS: Gostou? Então vote!

Foto 1 do Conto erotico: Trepada inesquecível com o negão do buzu

Foto 2 do Conto erotico: Trepada inesquecível com o negão do buzu

Foto 3 do Conto erotico: Trepada inesquecível com o negão do buzu


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 18/02/2016

Hummmm...que linha é essa desse buzão? Quero encontrar esse negão! BETTO

foto perfil usuario kakaminhashistorias

kakaminhashistorias Comentou em 03/10/2015

TESÃO DE CONTO CARA, VOTADO

foto perfil usuario bhettos

bhettos Comentou em 01/01/2015

Muito excitante, quero também.

foto perfil usuario bhettos

bhettos Comentou em 09/02/2014

Muito excitante. Valeu!

foto perfil usuario ronald43

ronald43 Comentou em 26/01/2014

Delicioso... Eu faria tudo para ter contato com esse cara de novo...

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 24/01/2014

muito bom o conto, votado,,




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


40183 - Trabalho da escola - Categoria: Gays - Votos: 11
40408 - Chupando meu amigo - Categoria: Gays - Votos: 11
40453 - Cantando o promotor de vendas - Categoria: Gays - Votos: 18
40632 - Negão escultural não resistiu de tanto tesão - Categoria: Gays - Votos: 11
40778 - Trepada com o segurança novato - Categoria: Gays - Votos: 34
40895 - Enlouqueci meu colega de trabalho - Categoria: Gays - Votos: 12
40994 - Trepada com o segurança novato 2 - Categoria: Gays - Votos: 17
41276 - Eu queria um, ganhei dois! E que delícia foi... - Categoria: Gays - Votos: 8
41344 - Finalmente aconteceu - fiquei com meu tio - Categoria: Gays - Votos: 13
42532 - No provador da loja de roupas - Categoria: Gays - Votos: 8
44260 - Eu, o mar, e um negão delicioso... - Categoria: Gays - Votos: 10
44591 - Foi perfeito! Eu e um completo desconhecido. - Categoria: Gays - Votos: 15
45863 - EU SOU FODA! PEGUEI O MACHÃO. - Categoria: Gays - Votos: 20
46077 - PUTARIA COM O DEDETIZADOR SACANA - Categoria: Gays - Votos: 12
51326 - GOZADAS DELICIOSAS EM SALVADOR - Categoria: Gays - Votos: 3
51328 - GOZADAS DELICIOSAS EM SALVADOR II - Categoria: Gays - Votos: 4
51331 - GOZADAS DELICIOSAS EM SALVADOR III - Categoria: Gays - Votos: 6
51687 - GOZADAS DELICIOSAS EM SALVADOR - BANHEIRO PÚBLICO - Categoria: Gays - Votos: 9
60739 - Segurança Gato - Condominio novo, emoções novas!!! - Categoria: Gays - Votos: 6
60740 - Segurança Gato - Condominio novo, emoções novas! 2 - Categoria: Gays - Votos: 6
68888 - NEGÃO PAUZUDO – O MAIOR QUE JÁ VI - Categoria: Gays - Votos: 15
70781 - CHUPADA GOSTOSA DEPOIS DA FESTA - Categoria: Gays - Votos: 7
71862 - PEGUEI O NEGÃO DELÍCIA PAULISTA - Categoria: Gays - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico by me

Nome do conto:
Trepada inesquecível com o negão do buzu

Codigo do conto:
41576

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
21/01/2014

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


Foda na mae dopada contosultimos contos sadomozto.ru inversaoContos eróticos abusando do cu apertado da esposa a forçacasada puta vitou sobrenesa contosMinha,sogra Rabudasnegras gostosas arrombadas piroculdos xvideosconto de porno de menina com padrastocontos eroticos minha esposa deu a forçacunha com a buceta melada de tesaoconto erotico as menininha curiosaconto erótico sendo consolada na rola do papaitiaesobrinhosexocontos eroticos o coroa gay me fez comer ele Conto erótico d pai acordando sua filhinha d pijaminha com seus peitinhos pequeno delíciaBucetas de velhas de 96anos fotosconto esposa quer emprenharmeu pecado contoporno conto coroa insaciavelmeu amante tem uma rola emorme me deixa toda inchada contoskomik hot ngentotgostoza bunda grande negrasgaroto virgem conto eroricofoto de homem pelado nuconto gay penishistorias eroticas de meninas pequenas em acampamentos quadrinhoshttps://vangogrostov.ru/conto/101803/768833/a-caixa-gordinha-do-supermercado.htmlconto tenho pintelhos nas cuequinhas de rendaContos deixou padrasto gosa dentro por dinheiroContos eroticos coroa izabelconto erotico minha namorada dançando forro com meu tioconto erotico taradoler contos eroticos onlinequando ela percebe que eu quero dar o cu pra ela xxxcontos eroticos estupradaQuadrinhoseroticoscoroascontoeroticobundaoconto erotico conquistado homem casadocontos eroticos afilhada dando o cu pra padrinhoContos.eroticos.professor.engravida.aluna.mulata contos eroticosconto erotico baixinhacomercuegostosoflagrei minha irma novinha dando a buceta no matinho contosTravesti inceto desde pequena Contosminha esposaxvConto erotico mulher vadiacontos eroticos de encoxatrizes com fotos pedi e virei cornocontos porno maes putas que fumam baseados e.depois dao a bunda pros filhos novinhos e roludosestou comendo minha filha conto eroticoprofessor fode quadrinhoRABUDA GOSTOSA PEITOSA TRANZA COM CUNHADO CONTO EROTICOver conto eroticodando por dinheirocontos eroticos d menininhas perdendo o cabaco com papai e irmaoGooglo historias reais de incesto em quadradinhos pornovem minha ninfeta dança no meu pau contocontos erotico sogra no colopepeca+video+cheirando+puteiro+buceta+porno+linda+gostosa+videoconto erotico amigo bebado mulher carentecontos eroticos/comeu novinha peludinhamarinheiro parrudosconto erotico fudendo a ninfeta a noite pegando estrupando ela ate desmaiaquadrinho herotico do DbZcasada deu pro primo roludo que saiu daprisao contofoto xoxota da josinhaesfrgou a rola nas parte intima da enteada.porno buceta grstisconto erotico com padreconto erotico perdi minha namorada virgemcontos eroticos reaisxxx fui metrocar de roupa mas acabei comendo a novinhacontos erotico de sobrinho forcando tiarelatos erotico sou uma mineira safadacriamos uma putinha contoscantos eroticos so casado mais dou meu cuzaoum conto erotico fe verdade e crentetia sendo abusada pelo sobrinho baixo da meza porno a forçaContofamiliapornoconto erotico fui comida pelo mendigo de fio dentalContos Eroticos minha bunda Seduzi o meu Sobrinhoconto tranzei com a neta do meu paicontos o buraco no banheiro glore minha filha pornôvedios sexo na cozinha novos conhadas pau grandes novoscontos eroticos gay pagodeiroContos eroticos de gaysinhos bundudoscontos gostava de mamarna pica do padastro