Filho do pastor comendo a Obreira casada carente



Ola Caros leitores e leitoras, depois de muito ler contos do gênero, tomei coragem de relatar o que aconteceu comigo, sera tudo real apenas nomes diferentes para preservar a "imagem" dos atores!

Esse é meu primeiro conto e espero que gostem.
Meu nome é Carlos, moreno, altura de 1,85cm e hoje tenho 20 anos com um corpo meio atlético (parei de treinar na academia a 7 meses).

Vamos ao que realmente interessa, na época eu estava com 17 anos, fazia academia e estudava a noite, meus pais são pastores presidentes de uma igreja do porte médio desde que me conheço por gente rs, eu sempre ia pra igreja com eles e o fato de ser filho do pastor sempre me trouxe uns "benefícios" com as garotas da igreja, mas nunca pensei que as mais velhas ou ate mesmo casadas também tinha tal "poder" ate um certo dia que minha irma do meio (sou o casula de 3 filhos, 2 Homens e uma mulher), veio me falar que nas conversas das meninas da mocidade meu nome era sempre falado, principalmente por Carla(fictício), porem minha irma Vera não quis entrar em detalhes das tais conversas.


Depois desse dia, esse assunto não saia da minha cabeça, pois Carla uma mulher de pele parda, peitos enormes, bunda grande e uma barriga ate que gostosa pra quem avia ganhado um bebe a 1 ano, ela era casada com outro obreiro da igreja, Marcos um magrelo alto e desligado da vida rs, e sempre que eu ia pra igreja percebia que ela me olhava constantemente pois o marido trabalhava ate as 04:00 da madrugada poq era gerente de um mercado grande, mas eu nunca tentei nada e nem ela, alem dos olhares.

Ate que um dia eu avia faltado a escola e fui para igreja que era perto de casa, no final do culto fiquei com uns colegas conversando e voltei pra casa sozinho, no mesmo momento que me despedi do pessoal e fui andando em direção a minha casa, Carla grita meu nome me pedindo para espera-la, quando ela se aproxima me pede que eu a ajude com umas sacolas que carregava ate em casa, eu prontamente educado como sempre e sem pensar em segundas intenções, tomei as sacolas para mim e fomos andando a sua casa que era próxima da igreja também.


Chegando no portão da casa dela, eu já ia me despedindo dando um beijo no rosto dela, quando sem querer acabamos dando um selinho, na mesma hora peço desculpas meio envergonhado e me assusto com a resposta, ela diz:

Eu: -Me desculpe Carla, foi sem querer!

Carla: -Não precisa se desculpar, já tem um tempo que estava com vontade de sentir seus lábios rs   

Eu: - Como assim? não entendi... Com cara de surpreso mas sabendo do que ela estava falando.

Carla: -Vamos fazer assim, entra aqui em casa e te dou um suco e explico tudo pra você!

Aceitei o convite mesmo sabendo que o esposo dela estava trabalhando e ainda era 21:30 ou seja ia demorar muito pra ele chegar. Quando entro na casa dela me assusto com a presença da sogra dela que cuidava do filho dela enquanto ela estava ausente,mas logo ela se despede de nós dizendo que tinha que voltar logo para casa dela, logo quando a sogra de Carla fecha o portão, Carla leva o filho que estava dormindo no sofá para o berço que fica no quarto dela, me falando:

Carla: -Vou levar meu filho no berço e já volto, ok ?

Eu: -Sem problemas... (Respondo meio nervoso)

Carla demora um pouco para voltar, quando percebo que ela esta na porta da sala, usando um shorts branco de tecido leve que aumenta o tamanho da sua bunda e deixa praticamente amostra sua buceta, com uma calcinha vermelha cravada no seu rabo que dava pra perceber pelo shorts transparente e uma blusinha que ia ate seu umbigo, de cor branca também, com seus seios grandes sem sutiã e quando ela percebeu que eu tinha visto ela foi logo falando:

Carla: -Vc se incomoda se eu ficar assim a vontade na sua frente?

Eu: -Claro que não, afinal a casa é sua (risadas) Eu já estava de pau duro vendo aquela cena na minha frente. Carla percebendo meu estado foi logo perguntando:

Carla: -O que foi menino? parece que estás sem jeito de ficar aqui comigo rs! e Foi se aproximando do sofá onde eu estava, sentando ao meu lado.

Eu: -Carla, me desculpe pelo o que vou falar mas te vendo assim estou me controlando para não te "atacar"...

Mal terminei de falar, ela já foi me dando um longo beijo, quando terminou me disse:

Carla: -Eu estou louca de tesão por você, Meu marido não tem feito sexo comigo a mais de 1 mês e estou carente de um pau na minha xota, mas só continuaremos se vc me prometer não falar pra ninguém sobre essa nossa loucura?

Eu: -Sim, só fica entre nós!

Nisso ela foi tirando meu cinto e abaixando minha calça, e quando passou a mão por cima do meu mastro totalmente duro na cueca, deu um sorriso com cara de safada e foi logo se ajoelhando e começou a chupar que nem uma puta com sede,chupava com tanto vigor, descia até onde ela aguentava e chupava minhas bolas, ela fez isso ate eu gozar na sua boca engolindo toda minha porra sem desperdiçar nada, finalmente foi a minha vez de começar chupar ela eu tirei toda roupa dela deixando peladinha na minha frente, comecei chupando os peitos dela e fui descendo pela barriga ate finalmente chegar na buceta que estava toda depilada e ensopada de tanto tesão dela, chupei gostoso aquela linda buceta e comecei a passar meu dedo no cú dela, não demorou muito e ela gozou na minha boca, logo sentei no sofá e ela veio por cima de mim e posicionou meu pau na entrada da buceta dela e começou a descer e subir bem devagar e quando se acostumou com o pau todo dentro dela, foi aumentando a velocidade e gemer falando:
- Aaahhhhhhh que deliciaaaaaa, que pau grande e grosso, delicia de sentar neleeee, vaii me fodeeee, vc é muitoooo melhor que aquele corno do meu marido, que deliciaaaaaa.

Logo ela gozou de novo no meu pau, eu não aguentei e coloquei ela de quatro no sofá, pedi pra abrir as pernas e prontamente ela obedeceu e comecei a fuder ela puxando o cabelo dela com uma mão e com a outra fui dando uns tapas na bunda, depois de um tempo ela anunciou que ia gozar novamente pedindo para eu gozar junto com ela, para inundar a buceta com minha porra, ao ouvir isso não aguentei e gozamos juntos loucamente. Ficamos se beijando por um tempo até que me vesti e fui para casa...

depois conto como tirei a virgindade com cú dela, isso claro se vcs gostarem do conto e me pedirem pra escrever !   

         


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil carlosliberal
carlosliberal

Nome do conto:
Filho do pastor comendo a Obreira casada carente

Codigo do conto:
57163

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
03/12/2014

Quant.de Votos:
17

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


mamado no papai contoshomem paga dívida a fornecedor com a buceta da esposatransei com a vizinha coroa casada conto eróticonovinha meteno com o padastroconto incesto nao mestruavaconto erot deixando loucoquadrinhospornoirmaosconto de zoofilia com chiaauatrepei cm minha ifma foi a maior loucura conto tentei com a minha irmã foi a maior loucura conto de i******conto erotico de corno vendo esposa na casa de swing com seu irmoaconto gay o cadeirante roludoensinando a sobrinha conto eroticocomtos meti meu picao nela incestoconto vibradorpenis dos negros imagemconto de sexo muito intensovizinho comendo a vizinha hentaicontos eróticos com fotos tesão amigas sem controlequadrinho erotico_favelavantade de xixi sadamosquismo conto euroticoconto esposa praia nudismoimagens de corte de cabelo na bucetarolludo comgostosaContos gay( Meu pai)contos gay na infânciaporno contos limpando quintal por comidauma cantada no trabalho conto eroticoConto erótico transei com menor de idadeSo,cabelo de,bucetaquadrinho eroticom com fernanda paescontos eroticos gay negao chibataconto gay troca troca fotolixeiros gari conto erotico gaynovinha tinder bebada contohentai gay dragon rangerContos eroticos dei a buceta para um pêao de obramulheres chupando pica de cavalomeu irmao me criou e virei mulher dele contos eroticosconto de uma putacontos eroticos minha mae gostosacontos minha mae safada me deu seu cuzaocontos eroticos comendo a prima do meu amigovatia vacabunta fote com cavalo no cural.cheiro da bucetinha da minha filhinhamamando no padrinho contos gaycontos climax eroticoconto erotico perdi a virgindade com meu chefeirma pergunta para se ele quer ver seu cuzinho contosconto erotico mostrando pau pra meninaConto porno desenho.contos eroticos com pivetes safadosmeu cunhado me frago tocando uma ciririca contos eroticosconto erotico andandowww.conto real vi ele metendo com foto zoommostrando o cuzinho no ônibuscontos eroticos: exibindo a picaver porno erotico em quadrinhos negao engravidndo a mulher do cornobrexei meu tio cumendo minha tiaesporasse dentroguia pratico do sexotrans picuda contos cm fotoconto erotico punhetado por caridadevideo porno tio arromba o cuzinho do subrinho com muita força ele pede para pararporno gay transando grudadinhos na camaconto erotico caloura estagiariafoi estuprada e chorei d dor conto eroticoConto porno a Safada da mulher no onibus e socando o dedo na minha buceta e foi enfiando a mao toda e cada freada entrava mais.Quadrinhos eroticos estrupada por animaisconto erotico travesti namorandopenis de homens negrosconto erotico meu queridinho pauzudo me fez um filho"pedrojrrg"contos verídico de casada curiosa sobre mastubacaoconto erotico foda com policialcontoerotico calcinha tiacontodebucetonaacordei ele com um boquete conto eróticosafadezas no pique esconde conto eroticoConto erotico de primaContos eroticos de zoofiliaconto erotico gestante do paicontoeroticodfconto erotico um touro gozou na minha bucetaconto porno swinggozando dentro pela primeira vezquadrinho porno de sogracontos de coroas vendedorascontos eroticos irmas gozadeiraConto meu amigo gozou no meu cuporn esposa cavalona