Bem há uma semana aconteceu uma das coisas mais gostosas de minha vida, vou me chamar de Tereza, sou ruiva, muito branca, tenho 45 anos, seios fartos, um pouco caídos, assim como minha bunda," />
Bem há uma semana aconteceu uma das coisas mais gostosas de minha vida, vou me chamar de Tereza, sou ruiva, muito branca, tenho 45 anos, seios fartos, um pouco caídos, assim como minha bunda," />

Meus Filhos "Relato De Minha Mãe"



"Relato De Minha Mãe"

Bem há uma semana aconteceu uma das coisas mais gostosas de minha vida, vou me chamar de Tereza, sou ruiva, muito branca, tenho 45 anos, seios fartos, um pouco caídos, assim como minha bunda, umas coxas grossas, e uma vagina suculenta e pentelhuda mesmo, como meu falecido gostava, e desde que ele morreu resolvi respeitar sua memória. Tenho 2 filhos, o Paulo de 26 e o Jose de 23. Sempre tive uma vida sexual muito ativa, mas o destino fez com que meu marido fosse viver em outro plano de vida, isso faz exatamente 1 ano, que ele morreu.
Meus filhos compraram o computador movido a tal febre da
internet, e aprendi a navegar, pois como fui professora de inglês,
nunca tive dificuldades em aprender.
E logo de cara fui entrando em sites de relatos e contos eróticos,
pois sempre gostei de erotismo, até que descobri este site, e
comecei a ler os contos, em especial de incesto.
A cada conto de mães com filhos, eu fico toda molhada, sei que
muita gente não acredita, mas a mulher depois dos 40 gosta e
muito de sexo, e com a falta de meu marido só tinha as bananas
e os pepinos para me ajudarem.
Até que um dia meus filhos foram a uma festa, e eu comecei a
navegar pela a internet, e estava lendo o conto UMA HISTÓRIA
INTERESSANTE, estava somente de camisola azul marinho como
a do conto, e fui ficando cada vez mais excitada, e comecei a
alisar minha vagina por cima da calcinha.
Sem perceber meus filhos entram no quarto, estava tão excitada
com o conto que não os ouvi chegando, e eles entram no quarto se
surpreendem, e o Paulo começa a ler a tela, o conto, e eu fico
paralisada, e o Jose, fica me observando Paulo me diz:
- O que a senhora está lendo, a senhora não tem vergonha,          vem ver Jose o que a nossa mãe está lendo.
- Um conto de incesto bonito hein – e Jose riu.
- É que vocês sabem que seu pai morreu, mas eu não morri.
- E você tem desejos nos seus próprios filhos – pergunta Jose.
- Não é claro que não estava lendo esse conto e me excitei,
isso é normal – respondi.
Mas a senhora teria coragem em fazer com um filho seu –
pergunta Paulo.
- Fazer o que – pergunto.
- Ora, sexo – diz Paulo.
- Olha o respeito com sua mãe – digo indignada.
- Olha não fiamos com ninguém esta, o Paulo me disse que há
2 meses não fica com nenhuma garota, e eu já para os 6 meses, e
a senhora esta aí desse jeito, a gente podia nos endenter –
responde Jose.
Naquele momento me deu vontade de chorar, mas já era visível
o estado de meus filhos, e não sei como, me excitei com a
situação, e já estava disposta a acabar com a minha vida e com
todo o meu respeito naquela noite. Foi quando Paulo, diz:
- É está uma boa idéia – e sorri.
- Vocês são uns doentes – respondi.
-        Todos nós somos doentes – responde Jose – mas se a nossa
doença nos der prazer, não será uma doença e sim uma cura.
Notei uma lógica, na frase de Jose, e fiquei indecisa, quando
Jose me da a sua mão e me levanta e diz:
- Podemos ver esse corpo ou não.
- Vocês estão falando sério – respondi.
Senti um arrepio e pus tudo a perder ou ganhar, e dizendo:
- O que vocês querem?
- Que a senhora tire a roupa – responde Jose.
-        Ou quer que a gente faça – sugere Paulo. Fiquei parada
fechei os olhos, toda a minha vida passou nos meus pensamentos
naquele instante, quando senti uma mão em meu ombro
descendo a alça de minha camisola, era Jose e o Paulo descia a
outra alça, despontando assim, meus peitos, com a camisola nos
meus pés, Jose diz:
-        Agora a senhora poderia tirar a calcinha. Sem hesitar, vou
descendo lentamente minha calcinha e vai parecendo minha xana,
com direito a todos os meus pentelhos, nós 3 ali em pé, e eles
me olhando e eu olhando para eles, quando Paulo começa a
passar a mão em meus peitos e nos bicos rosados e já duros, e o
Jose passa a mão em minha barriga e na minha xana, e começa a
alisar meus lábios vaginais e a tocar de leve meu grelinho, vou
gemendo baixinho, quando Paulo tira seu membro para fora e
pede para chupa-lo, sento na cadeira e começo a chupa-lo, e o
Jose se ajoelha no chão e começa a me chupar, aquilo era demais
para mim, ter uma língua me invadindo e ao mesmo tempo ter
uma bela pica quente em minha boca, era demais, sem o grande
detalhe, eram meus filhos. Então, Jose se levanta abaixa suas
calças e senta na cama e diz?
- Senta no pau do seu filhinho senta.
Aquelas palavras mexiam comigo, e como que se estivesse
embriagada, vou até ele e vou sentado de costas para ele e de
frente para o Paulo, que se masturba. O momento era demais,
parecia a minha primeira relação, mas foi quando eu fiquei de pé
na cama e fui me agachando. Até o seu membro engolindo-o
todo e fui cavalgando em seu pênis.
- Mais mamãe, não para – dizia ele.
Paulo se aproxima e coloca novamente seu membro em minha
boca, e vai enfiando como se estivesse enfiando em uma vagina.
E diz:
- A senhora nos agüentaria aos 2?
-        Só se o Jose for atrás, pois ele é menor, mas tem de colocar
com cuidado, pois faz tempo que não faço anal – reponde.
Pronto, já estava formalizado eu era a puta de meus próprios
filhos, agora não podiam voltar atrás, até porque estava gostando
e muito.O José me manda deitar na cama e abrir as pernas e ele
vai passando a sua língua minhas pernas, coxas, só com a ponta da
língua chega até a minha xaninha, e ele cuidadosamente, a chupa,
e mordiscando meu grelinho e eu vou gemendo de prazer, e ele
vai enfiando um dedinho em meu cuzinho, depois e vai beijando
ele, e enfia a ponta sua língua no meu cuzinho e vai colocando o
dedo novamente, e coloca 2 dedos, e vai passando a ponta de sua
língua no meu grelinho, e quando olho de lado, vejo o Paulo
sentado na cadeira se masturbando. Então o Jose se deita ao meu
lado e fica atrás de mim, e levanta a minha perna, e foi colocando
a cabeça de seu membro em meu cuzinho doía um pouco, mas
foi quando para minha surpresa, Paulo senta-se na cama ao meu
lado, e vai alisando me dizendo para relaxar. E vai passando a mão
pelos meus seios e vai alisando a minha xaninha, e quando vejo
Jose já esta com toda a sua vara enfiada em meu cuzinho e
começa a mexer, e vai me dando uma sensação, muito, mas
muito gostosa, e o Paulo começa a me beijar os seios, e a morder
de leve meus bicos já mais que duros a esta altura.E começa a
enfiar um dedo dentro de minha xaninha, e vou gritando de
prazer, cada vez mais. Aquilo era demais para mim, estava muito
bom, mas ficou melhor quando o Jose pediu para eu sentar em
cima dele de frente para ele para que o Paulo pudesse me enfiar
no cuzinho, aquilo me excitou ainda mais, e como se estivesse
em um sonho, em que podia realizar todas as minhas fantasias,
fiz conforme pedido de Jose e sentei-me sobre seu membro e
fui engolindo ele dentro de minha vagina e comecei a rebolar
sobre ele, quando Paulo, começa a beijar-me as costas, e vai
descendo com sua língua até chegar em minha bunda, aquilo
me deixava toda arrepiada, e ele vou volta, somente com a ponta
de sua língua, passando em minhas costas e chegando até a
minha nuca, e ele começa beijar a minha orelha, e enfia um
dedinho em meu cuzinho, enquanto o Jose, continua com seu
meu membro em minha vagina, e agora já sinto 2 dedos de
Paulo em meu anus, e ele vai enfiando e tirando e diz em minha
orelhinha:
- Mamãe vou enfiar em você tudo bem?
- Isso filhinho, coloca – respondo.
E ele vai colocando seu membro em meu cuzinho, dois muito,
solto um grito ele ameaça tirar, mas pressiono, minhas mãos em
suas nádegas, dando a endenter que queria que ele continuasse, e
ele vai enfiando e começo a gritar mais e mais, quando ele já está
com tudo dentro, Jose como se soubesse, volta acelerar seus
movimentos em minha vagina. Pronto lá estava eu realizando
meu grande sonho ser penetrada duplamente, mas com as
pessoas erradas, ou certas, não importa.
Ficamos assim, durante minutos, que para mim foram eternidades, pedi para que gozasse dentro de mim, os dois, e eles fizeram, me senti preenchida, atrás e na frente, foi maravilhoso.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico mr.incestus

Nome do conto:
Meus Filhos "Relato De Minha Mãe"

Codigo do conto:
6074

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
03/10/2005

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Xvideo.pesasorcontos eróticos eu marido e amate em dupla penetraçãocontos eroticos para mulherespono..com.travetis.na.ruaPokemon meninas nuas gozandoconto de incesto de pastor estrupado de 2017santinha quadrinhos conto pornoconto erotico gemeas putinhaszezao arrombou minha irma contos eroticosConto erotico com cunhado na mesa.mamei na minha vizinha enquanto ela amamentava a filha conto eróticoararashentaiconto erotico minha buceta e pequena e aperta mais aguento 30 cetimetrocontos gay transformado em putaconto erótico gay com treinadorcontos eróticos traição concedidaconto deixei minha mulher sozinha para dar para outroscontos ertoticos de desenhosfotos de hqs insertos porno porrra em quadrinhos mae e filho transando historias em quadrinho taradoconto erotico dopei minha esposa pra ser cornoquadringo porno analconto erotico fraguei namorada de amigo com roludoo amigo do meu filho quer me fudermulher transando flAgranteporno veronica bella e seu titio carlaobuceta de cadelas contos espreitei a lingerie delacutuquei a buceta da minha esposa durmindoconto porno irma cabacoconto porno com obcontos eroticos vera meho sou guei e meu pai e meu homenfui fragado pela esposa socando um vibrador no rabo contosqudrinho porno de fudedo com marido e amante roludoquadrinhos porno cúmplices de um resgatehttp://quadrinhoseroticos.net/hentai/quadrinho-erotico-o-negao-e-a-vizinha.htmlcontos arropado travestis novinhocontos eroticos minha esposa transa com tres homens oConto erótico travesti pau pequeno fudendo cadela de frango assado zoofiliacontos de sogras vadias e genrominha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileiroconto erotico perfil filho1000minha contos pornos esposa supe gostosa e meu primo 2xvıdıos.comconto erotico ajudei minha amiga a se aliviar contos eroticos mulher que da pro marido e amigo aconteceu sem planejadeficiente foda mozcontos eroticos como provocar um homencomendo gorda conto eroticocontos eróticos mãese filhos noanalCavalguei no pau da Samantha travesti e gostei contoscontos eroticos cuzuda da praiaconto erotico minha buceta e peluda you tubeConto porno velho comendo meninacontos eroticos bunda do ginásiotia e sobrinha acariciando-se, beijam-se, mamam seiosminha enteada viu meu pau duro fato realquadrinho pornô senhoracontos eroticos top pag 91ultimos contos erotico perdendo as pregas do cuConto erotico primasó guey do rabao dando cu de brusuconto erotico cobradoracontos eroticos de papai chupando filha depois veio a do avôcontos eroticos fazendo sexo com o vigiacontos fudida por 2 cavalosporno casada de saia humilhando o corno no onibus lotadoconto dei o cu no cinemaesportista insesto quadrilo eroticaContos eroticos traição porradaos ultimos contos porno coroa na zoofilia minha bucta e do cachorrosmamae.putaquadrinhoos eroticos milfton o flagantequadrinhos erotico onibusconto erotico gay escravo hetero pausudohentai o amigo negro do meu filhotio do pinto grande e grosso estorando o cabaso da buceta da sobrinhanovinhacontos de incesto com fotocontos eroticos podolatria com a madrasta dormindoconto tia boqueteira no banhoContos eroticos coroa izabelnovinha fazendo sexo peladinha daqui 18 anos bem alegrinhacontos eroticos em quadrinhosmayara afilhada linda conto eróticoconto erotico gay dupla penetraçãoporn netinha na mesaCantos eroticos alimentado o corno de porrapego a enteada estudando de sorti curto e frocho pornoarronbei minha sogra todinha contoscontos eróticos vingançaconto erotico di corno de velhocontos eróticos silvinho suruba com a garotadacontos eroticos dando a buceta pro massagistacontos gay arrombado pelo paisubrinhasafadaponocoroa biquini menor na praiavideo porno de mae tentando acarmar o filho taradoporno meu filhinho me engqavidou contocontos gosto de levar na conacontos de anal com evangélicas