MEU IRMÃO GOZOU NA MINHA GARGANTA



Tenho 18 anos, 1,67 de altura, pele bem branca, corpo definido, olhos e cabelos castanhos escuros. Até esse dia ninguém sabia que sou gay, então nunca tinha tido a oportunidade de transar.

Certo dia meu pais resolveram ir viajar para a casa dos meus avós, em outro estado e fiquei sozinho com meu irmão em casa. Ele tem 25 anos, um pouco mais alto e forte do que eu, o resto é igual a mim. Sempre tive fantasias com ele me fodendo que me renderam muitas gozadas, mas não somos muito próximos. Uma vez ele estava mijando com a porta aberta e quando passei olhei rapidamente pro pau dele, estava mole mas era grande e grosso, devia estar com uns 15 centímetros. Ele sempre ficava mais a vontade quando ficávamos sozinhos. Ficava de cueca no quarto dele com a porta aberta e andava sem camisa pela casa exibindo seu peitoral e abdómen definidos e os pelos nas axilas, que acho muito sexy. As vezes ele da uma coçada nos pelos por baixo do shorts, o que me deixa muito excitado. Nunca pensei porque ele ficava mais solto quando meus pais não estavam.

Anoite entrei no meu quarto e fechei a porta sem trancar, já que ele nunca entrava lá mesmo, mas deixei a janela aberta porque estava uns 35 graus. Peguei meu celular e deitei de bruços na cama e comecei a ver pornô. O cara tinha uma pica enorme e metia com força no cú do outro que gemia feito uma menininha. Comecei a fazer movimentos pélvicos roçando o pau na cama por baixo do shorts e da cueca, já estava saindo o pré gozo que deixou minha cueca molhadinha. Comecei a gemer baixinho e percebi uma sombra, quando olhei pra trás quase morri de susto, meu irmão estava me olhando sem camisa com um sorriso malicioso. Meu coração disparou. "Calma irmãozinho, não vou contar pra ninguém", ele disse saindo da janela. Ouvi ele entrando na casa e caminhando de vagar até o meu quarto. Quando abriu a porta eu estava sentado com os olhos arregalados e falou: "Pra eu não contar que você é uma viadinho vai ter que fazer uma coisa pra mim. Vem pro meu quarto. Agora." Me levantei tremulo e fui pro quarto dele. Estava uma bagunça, como sempre e com um cheiro forte que deixa minha mãe furiosa por ele não limpar, mas me deixa muito excitado. "Agora você vai ser minha putinha, okay?" ele perguntou abaixando o shorts e a cueca deixando aquele pau enorme e duro como uma pedra pular pra fora e ficar balançando. Isso me deixou hipnotizado. Tem uns 20 cm e é muito grosso. "Vai ser minha putinha ou vou ter que contar pra todo mundo que te vi rebolando essa bundinha gostosa e roçando no colchão vendo pornô gay?" ele perguntou se sentando na cama. "V-vou ser sua putinha" respondi gaguejando. "Então vem cá chupar seu irmão" ele disse com um sorriso enorme, lindo e malicioso. Ajoelhei no chão e fui chegando perto analisando aquele pau perfeito. Ele ainda não tinha tomado banho e com a aquele calor estava com um cheiro forte. Ele viu que eu estava sem reação, enfiou o dedo na minha boca e abriu colocando a cabeça do seu pau na minha boca. O gosto maravilhoso daquele pré gozo me deixou louco. Meu coração não estava mais disparado e o medo deu lugar a excitação. Comecei a chupar aquele pau com força e meu irmão gemia apoiado nos braços para trás olhando pro seu pau entrando e saindo da minha boca. Embora eu me esforçasse, não entrava nem a metade. Meu pau estava tão duro que começou a doer por estar preso na cueca, então tirei ele pra fora mas continuei com uma mão na coxa do meu irmã e a outra massageando o saco enorme dele. Fiquei uns 15 minutos satisfazendo ele com a minha boca.

Sem gozar ele pegou no meu cabelo e tirou minha boca do pau dele. Fiquei ajoelhado de frente pra cama enquanto ele tirava sua roupa. Então ele pegou na minha cintura e me levantou, abaixou minha calça e minha cueca, levantei um pé de cada vez para ele tirar e jogou longe. Depois segurou na gola na minha camisa e rasgou com facilidade, depois jogou no chão. Me jogou na cama de quatro e falou: "Agora vou foder esse cuzinho. Você já deu?", "Não" respondi. "Então vou te abrir pela primeira vez e rasgar esse seu cuzinho." Achei que ele ia colocar camisinha, pois para fazer sexo anal é bom usar mesmo sem ter nenhuma doença, mas ela não colocou. Ajoelhou atrás de mim e cuspiu no meu cú. "Não vai usar camisinha?" perguntei. "Claro que não! Quero aproveitar a primeira vez da sua bundinha. E só porque você foi exigente eu vou meter rápido sem parar." Eu fiquei com medo quando ele falou isso porque sei que tem que ir enfiando de vagar se não a dor é terrível, principalmente no meu cú virgem sem nem preparar metendo uns dedos. "Não por favor, vai doer" respondi. De repente ele enfiou o pau inteiro no meu cú sem nem avisar. Foi a pior dor que já senti na vida, parecia que ele tinha enfiado as duas mãos de uma vez. "Aaaaaaiiii" gritei muito alto enquanto ele dava estocadas com força. Era horrível, a pior coisa que já senti. "Aaaiii, aaaii, para, por favor, paaara" eu gritava. "Cala a boca moleque, se não vou te bater!" E eu não conseguia para de gritar e senti as lagrimas escorrendo pelo meu rosto. Ele tirou o pau do meu cú de uma vez e me deu um tapa forte na bunda. Foi um alívio imenso. Ele pegou a cueca que ele estava usando desde ontem com aquele cheiro forte de pênis e uma meia imunda e fedida do chão, embolou-as juntas e socou na minha boca. "Agora não vai mais gritar, sua puta." Eu nem queria tirar aquilo da boca, embora estivesse sujo, o gosto era bom, salgado do pré gozo e do suor da meia que ele deve ter usado por uma semana. Mas estava preocupado com o pau que agora ele podia meter com força sem eu gritar. Ele se ajoelhou na cama de novo e meteu tudo mais uma vez com força dentro de mim e começou a dar varias estocadas. A dor foi a mesma, dei uma grito abafado pela meia e pela cueca suja na minha boca e caí de bruços no travesseiro e comecei a chorar de novo. A dor era alucinante e era só o que eu conseguia sentir. Tudo ficou mudo e o gosto sumiu da minha boca. Só sentia aquele pau arrebentando meu cú. Só depois de uns dois minutos aquilo foi passando e se transformando em uma dor prazerosa, MUITO prazerosa, nunca tinha sentido nada igual. O gosto maravilhoso das roupas sujas dele na minha boca voltou e eu ouvia ele gemendo rouco: "Aaahhh, aaahhh que delícia. Essa bundinha agora é minha, só minha. Agora você está gostando do meu pau te penetrando né, sua putinha! Pode tirar isso da boca agora." Mas eu continuei com aquilo abafando meus gemidos: "Hmmmmm, hmmmm..." Ele metia com força aquela delícia de pau no meu cú e eu sentia os pelos encostando e o saco batendo na minha bunda. "Maninho, seu cú ta sangrando." Ele passou um dedo em volta do meu cú sem parar de foder e me mostrou um pouco de sangue. Eu nem liguei porque aquilo estava muito bom e continuei gemendo.

Depois de uns 20 minutos me fodendo gostoso ele tirou o pau do meu cú e disse: "Vou gozar na sua boca, putinha." Ele me pegou pelo braço, tirou a meia e a cueca molhadas com a minha saliva, jogou longe e deitou no travesseiro com as mãos atrás da cabeça, exibindo aqueles pelos maravilhosos nas axilas. "Me lambe putinha" ele disse. Eu deitei sobre ele e o beijei. Achei que ele ia ficar bravo mas ele deixou. Eu chupava aqueles lábios deliciosos com as mãos no rosto macio dele e ele chupava os meus ainda com as mãos atrás da cabeça. Deixei a boca dele e comecei a lamber e chupar sua axila direita, uma coisa que sempre quis fazer. Ele gemia rouco. Fui descendo e chupando os gominhos do abdômen perfeito dele e quando cheguei no pau dele ele disse: "Agora sente o gosto do seu cú, viadinho." Olhei pro pau dele que ainda estava um pouco sujo com o sangue do meu cú e enfiei tudo que consegui na minha boca fazendo ele gemer alto, mas ainda só entrava metade. Fiquei chupando ele com força por uns 5 minutos até que ele segurou minha cabeça e me forçou a engolir seu pau enorme inteiro. Com o olho fechado parecendo que tudo estava em câmera lenta senti meu nariz encostando nos pelos, meu queixo encostando no saco quente dele e o pau entrando fundo na minha garganta. Rapidamente tirei o pau dele da boca e comecei a tossir engasgado. Ele esperou eu parar e segurou meu cabelo me fazendo engolir o pau dele de novo, mas desta vez devagarinho. Senti cada centímetro do pau dele penetrando minha boca até minha garganta sem engasgar. Então comecei a tirar o pau quase inteiro da minha boca e socar tudo de novo. Ele gemia alto e unhava meus ombros de tanto prazer. Senti cada centímetro daquele pau fodendo minha garganta por uns 10 minutos. Ele começou a se contorcer e gemer ainda mais alto. Senti o pau dele latejar e ele segurou minha cabeça. Senti um monte de esperma quente inundando minha garganta e indo pro meu estomago. Ele tirou o pau da minha garganta deixando esperma na minha boca. Aquele gosto amargo e maravilhoso tomou conta de mim. Ele continuou gozando na minha cara, se contorcendo e gemendo alto. Fiquei impressionado com o tanto que ele gozou.

Depois de nos recuperarmos ele me puxou para cima me deitando sobre ele e começou a lamber a goza do meu rosto e compartilhamos tudo em um beijo incrível e demorando. "Foi o melhor orgasmo que já tive em toda minha vida, irmãozinho. Você é sensacional" ele falou baixinho mo meu ouvido me causando arrepios. Eu sorri e ele me deu um selinho, apagou a luz e dormimos abraçados daquele jeito.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario camps

camps Comentou em 17/05/2016

Tesão....

foto perfil usuario luiz carlos5254

luiz carlos5254 Comentou em 26/04/2016

ADOREI ESSE CONTO TAMBÉM, MEUS IRMÃOS ME FODERAM TAMBÉM DESSE MODO, QUANDO EU ERA MENOR,FICOU DOLORIDO,DEPOIS PASSEI A GOSTAR E VIREI PUTINHA DELES,ATÉ HOJE SINTO SAUDADE..

foto perfil usuario vitorvr

vitorvr Comentou em 12/01/2016

Me deixou super excitado aqui ??

foto perfil usuario mcbrazil

mcbrazil Comentou em 11/01/2016

Delícia cara... Fiquei galudão aqui... Rocha!

foto perfil usuario marchi

marchi Comentou em 10/01/2016

belo conto e vc tem uma imaginação brilhante para criar tudo isso,, kkkkkkkkkkkkkkkk

foto perfil usuario lyncolncastro

lyncolncastro Comentou em 09/01/2016

Agora sim, gostei. Queria ter um irmão para fazer sexo gostoso tb, e um pai, mas não tive nenhum nem outro.

foto perfil usuario jmm20

jmm20 Comentou em 08/01/2016

Gozei.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


77049 - FODIDO PELO MEU IRMÃO E MEU CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 13
77107 - MEU IRMÃO ME ESPANCOU E ME FODEU - Categoria: Gays - Votos: 9
77465 - MEU IRMÃO FODEU MEU CÚ COM A MÃO - Categoria: Gays - Votos: 4
80067 - ABUSADO PELO TIO E O CAVALO DOTADO - Categoria: Zoofilia - Votos: 18
83792 - ABUSADO PELO TIO E O CAVALO DOTADO II - PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rodrigodogfuck

Nome do conto:
MEU IRMÃO GOZOU NA MINHA GARGANTA

Codigo do conto:
76941

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
07/01/2016

Quant.de Votos:
23

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eróticos bebendo com minha esposa conto erótico gay muscle bearconto herotico gay nacir para dar o cufotos rola curta grossa e veiudaContos eroticos programa com os meninos de ruasexo com pai e mãe acabou sobrando pra filhinhamulher honesta conta tudo quadrinhos pornoConto erotico siririca para a rola entrarconto sexo casada 1° foi com meu cunhadocontos eroticos crentinhas virgemVadia com os Africanos contos eroticosconto erotico dominação velhoroludo a fazer uma coisa muito bonita em sexofo com a sua primeira experiência com mulheres que se encontram no seu quartoPrimo comendo esposa do primomenininha dormindo contos eroticoscontos eroticos com prima mal comidacontos eroticos meu irmao me agarrouHistórias reais de incestos com mulheres gordinhas com idade 45anos ou mais e com fotos peladasconto erotico bem dotado amiga sustohentai 3DContoeroticobanhocontos eróticos tive que dividir a namorada com os taradoseu e minha esposa adoramos chupar uma piroca juntos com minha enteadacontos eróticos gay babão contos meu.tio roludo doeu pediu arregocontos mamei na professoraapaixonado pelo coroa dominador casa dos contos eroticoscontos fudeno a mulher do vizinhocontos de sexo caseiros de amiga gordinha da esposa passando uns dias difícieis em casacontos eroticos a filha do patrao e os peoescontos eurotis no sofa casal e amigo biele me dedou calcinha molhadinha calcinha contoContos erotico travesti ta me comendocontos eroticos chorei no cacete dele 1Milftoon Tia Walquirialixeiros gari conto erotico gaychantagiei minha irmã parte 2Contos erotico hugo e rubiaConto dei pro jardineirocontos eroticos incesto com avôhq de sexo entre familiaenfiando pinto. buceta pata de camelo inchadavovo bucetuda dando gostosocontos eroticos gay eu vestida de putinha pro meu negro do caralhãoconto gay -o gordinho rabudo novinhotodo dia sou encoxada e adoro issocontos eroticos enteado pe de mesaAi ai meu cu conto incestocoroasecornosprimeira vez contoseroticos gayvisita inesperada da amiga da esposa contocontos er feriado dormiuputas de moz sem camisinhaconto erotico a boleiacontos gay dei pro meu primo marginalwww.videos porno de mulheres batendo punhetas para homens gozar na maodelasConto erotico meninascalcinhas de npvinhas meladimhasWww.bucetabraquinha.com.brquadrinhos erotico meninacontos eroticos esposa na pescariaconto erótico eu botei soniforo na bebida da minha melhor amiga pra mim aproveita delaContos gay com malhadocontosComendo a mulher do meu tiocontoseroticosincesto2017contos eróticos mae imagenscontfo xota cu filhinho choraperdi as preguinhas do cu quando era pequenaEu tava fundendo minha esposa no meu quarto minha sogra viuva ela entrou nua no nosso quarto ela disse meu genro fode eu e minha filha nois duas juntas conto eroticocontos de casada chantageadaporno com ñegao deĺiciosóHistorinha de quadrinho pornoContos eroticos reais familia felizmarido bebeu de mais pornoconto erotico meu filho abusougostosa gritando porgue o cara pausudo coloca ate o talo no cu da bunduda xvidiocontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machoconto erótico exibicionismobucetnha negra praiacomedo aentiada dorminoconto erotico enfiando 23cm de pica na cumadreContos eroticos comprando uma garotinhacontoeroticoburrocontos pornor de incesto lesbian entre sograscasada safada dupla contocontos eroticos dando em baixo do chuveirocontos erótico marido deixa mulher i pro motel e ela fala como foi atrazasexoconto insesto devirgemvovô chuupando netinhoconto erótico pauzudo novinho Eduardotraficante pirocudo contos e fotoscontos eroticos com entregadorestudo contra quandrinhos eroticos denunciarcomtos eroticos fui rouba e fudi a dona da casacontos erótico flagrado comendo cu gayHISTORIETASxxximagnes de sacanages de.sexocontos gay gordinho menininhacontos lesbicos de carceleira