Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.



Depois desse relato passaremos a exibir o quinto, sexto ... e assim sucessivamente, é porque esses aconteceram assim e se fossem escrever tudo seria muito grande, espero que compreendam.
Aos fatos.
Ao cair da noite, fomos novamente pra casa da chácara, onde André já esperava por causa de uma ligação que Mauro tinha feito e não vimos, e dai? O que aconteceu? Nada, disse Mauro, uma discussãozinha, mas deu tudo certo, mas não foi pra isso que viemos aqui, ou foi?, Acho que não respondeu André já segurando no pau de Mauro, essa seria a ultima noite antes do embarque de Mauro a São Paulo.
André estava lindo, com uma calça jeans, camiseta baby look, sapatos esporte, cabelos bem penteados, Mauro estava usando uma bermuda bem justa sem cueca e camiseta regata e tênis, Rodrigo não havia chegado ainda, por alguns problemas que não sabíamos, e eu estava de calça jeans e camisa com sapato Sport também.
Logo Mauro estava beijando André e procurando minha mas atrás de si, sem desgrudar do beijo me aproximei e o abracei, tocando nele e em André.
Mauro, me alisava por trás com uma das mãos enquanto beijava e alisava André com outra, logo estaríamos na sala totalmente nus, ouvimos um barulho fora da casa e eu fui ver quem seria, enquanto Mauro e André se esfregavam numa frenesi louca, num desejo desenfreado, ao sair percebi Rogério chegando com o pai de Mauro, nossa eles estavam lindos, Rogério com uma calça Sport cor bege, camisa rosa com dois botões abertos mostrando seu peitoral maravilhoso, sapatos também sport, o pai de Mauro, Roberto, estava de bermuda branca de camiseta preta e sapato Sport também.
Logo entraram e o pai de Mauro disse: êeeeee filhão, só aproveitando hem? Pai, retrucou Mauro desajeitado, e Roberto disse, acha que eu ficaria fora dessa despedida louca entre você e seus amigantes? Amigantes? Sim amigo amantes, e todos rimos, André deixou de beijar Mauro e atacou violentamente Roberto sem chance de nós nem falarmos nada, beijou violentamente como quem o quisesse devorá-lo, Mauro,Rogério e eu nos atarracamos e logo estaríamos nos fodendo mutuamente, na verdade, Mauro me fodia, enquanto Rogério fodia ele num trênzinho louco de tesão, Roberto a essas horas fodia a boca de André que o chupava e o chamava de patrão safado, entre chupadas, gemidas e engasgadas, o pau do Roberto era gigantesco, muito duro, cheio de veias saltadas por toda a extenção do pau, era aquele pau que todos nós amamos mamar e saber que fazemos muito bem o trabalho.
A essas horas Mauro, se aproxima do pai ainda me fodendo gostoso, se esguia pro lado e procura a sua boca carnuda e a beija loucamente, o pai retribui repetindo a dose, eles se olhan com um olhar que nunca se via entre pai e filhos, era desejo, tesão, envolvimento, cumplicidade que nunca nem ninguém conseguiria ultrapassar, se olharam demoradamente, e logo Mauro saiu de traz de mim indo a busca do pai que também abandonou a bund gostosa de André, porque a essas horas , André, rebolava muito na vara de Roberto, chamando de patrão safado, Mauro e o pai se aproximaram, novamente akele olhar de dar inveja a qualquer pai e filho e novo e demorado beijo, era muito carinhosos um ao outro, Mauro ia alisando a barriga do pai que não era sarada, mas também não era gordo, um porte adequado pra um cara de 1m 80 cm de altura 85 kg, Mauro alisava, e abaixava em direção ao pau do seu pai que não tirava as mão da cabeça e o olho fixo do pai pedia, mama papai, mama, Mauro caiu de boca numa chupeta gostosa enquanto seu pai, jogava a cabeça para trás e gemia gostoso, A essas horas e me aproximei de André que estava com a rola dura feito pedra, joguei ele sentado no sofá, e cai de boca mamando gostoso, André também gemia muito , logo sentei em sua rola cavalgando e Rogério se aproximou de mim por trás do sofá e dando sua rola pra mamar enquanto cavalgava André com muita vontade.
Rogério se aproximou atrás de mim, untou mais ainda meu cu com o gel lubrificante e atolou seu pau ao mesmo tempo arracando um gemido de dor e prazer de mim que despertou o pai de mauro desse êxtase de prazer, Roberto jogou o filho de quatro no nosso lado do sofá e caiu de boca nakele cuzinho nada virgem dizendo, vou foder o bebe do papai, e Mauro dizia, isso papai, seja bem malvado, me pune por ser tão safado,, Roberto levantou-se e sem camisinha socou no rabo do filho com um desejo e uma violência que fez o filho quase cair do sofá, Roberto segurou dizendo , não fuja filhão, vai ser punido por abandonar seu pai aki sozinho, e outra super socada nakele cu guloso, que a essas horas rebolava e se jogava contra a rola do próprio pai pedindo: aiiiiiiiii aaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiii reboando e gemendo disia fode pai fode paaaaaaaaaaaaaaiiiiiii, mete como você sempre faz, uhhhhhhhhhhhhhhh delicia , fooooodeeeeeeeeee, o pai por sua vez, isso filho, joga essa bunda contra a rola do papai ssssssssssssssssssssssssssssss, deliciahhhhh, joga e rebola na rola do papaiiiii, uhhhhhhhhhhhhhhhh rebola, cachorro, rebola vadio, rebola safado, pro papai rebola, rpgério metia e logo anunciou, que gozaria, Mauro disse, vem aki dá-me seu leite, e Rogério gozou na boca do amigo de infância como nunca, enquanto o pai metia sem dó no seu rabo e falava, gosta de leite esse meu bezerrão nehh?
André logo anuncia a gozada e da sua rola pra eu beber toda a porra doce e quente, enquanto Roberto anuncia que também vai gozar oferecendo seu leite ao próprio filho que bebe tudo sem deixar cair uma só gota, caímos exausto e eu cai de boca na rola do Roberto que permanecia dura como pedra mamando feito uma puta, passou algum tempo e ele metendo na minha garganta anuncia um novo gozo que eu bebi quase tudo, deixando um pouco daquela porra pra dividir em um beijo com Mauro dizendo, bebe, é do teu pai. Ele bebeu me beijando e saímos deixando Mauro e o pai sozinhos, em uma despedida que só acabou no dia seguinte.
Hora marcada pro embarque, fomos todos pro aeroporto, menos a mãe de Mauro que odiava despedidas, chamada do vôo e ele se vai, sabe-se lá pra quanto tempo, Rogério, André, e eu, voltamos e não perderíamos o contato, na verdade isso os uniria ainda mais, claro Roberto o pai de Mauro participaria de nossas aventuras também, mas essas historias serão contadas nos próximos episódios.
Foto 1 do Conto erotico: Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.

Foto 2 do Conto erotico: Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.

Foto 3 do Conto erotico: Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.

Foto 4 do Conto erotico: Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.

Foto 5 do Conto erotico: Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 02/12/2016

mamadeira farta! Betto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78101 - Primeiro Estupro 1 MV (veridico) - Categoria: Gays - Votos: 20
78125 - Tomando o namorado da puta MV 2 (verídico) - Categoria: Gays - Votos: 5
78342 - O Garoto na Balada MV 02 - Categoria: Gays - Votos: 4
78352 - Mamada Deliciosa No Novinho MV 4 - Categoria: Gays - Votos: 3
79068 - Trepada Com Amigo de Curso MV (veridico - Categoria: Gays - Votos: 2
79865 - Caçada Noturna MV Verídico - Categoria: Gays - Votos: 7
79954 - Caçada Noturna parte 2 MV - Categoria: Gays - Votos: 6
80062 - Caçada Noturna parte 3 - Categoria: Gays - Votos: 4
80195 - Caçada Noturna 4 parte 1 MV - Categoria: Gays - Votos: 3
80208 - Caçada Noturna 4 parte 2 MV continuação - Categoria: Gays - Votos: 4
80372 - Caçada Noturna 4 parte 3 MV - Categoria: Gays - Votos: 5
82059 - Caçada Noturna 5 o embarque - Categoria: Gays - Votos: 4
82062 - caçada Noturna 6 o flagrante - Categoria: Gays - Votos: 4
82369 - Caçada Noturna 6 M.V. - Categoria: Gays - Votos: 1
82445 - Caçada Noturna 7 O pedido... - Categoria: Gays - Votos: 1
82447 - Caçada Noturna 7 muita dor - Categoria: Gays - Votos: 2
83370 - Caçada Noturna parte 8, O diagnostico. - Categoria: Gays - Votos: 2
83517 - CAÇADA NOTURNA PARTE 9 UM DIA ESPECIAL - Categoria: Gays - Votos: 3
84228 - Caçada noturna 10 O Problema. - Categoria: Gays - Votos: 2
84231 - Caçada Noturna parte 11 desentendimento - Categoria: Gays - Votos: 2
88397 - CAÇADA NOTURNA PARTE 12 - Categoria: Gays - Votos: 3
88398 - CAÇADA NOTURNA 13 - Categoria: Gays - Votos: 1
89478 - Caçada noturna 14 primeira parte - Categoria: Gays - Votos: 1
89479 - Caçada Noturna 14 continuação - Categoria: Gays - Votos: 1
89697 - Caçada Noturna parte 15 - Categoria: Gays - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil marcosvenutti
marcosvenutti

Nome do conto:
Caçada Noturna parte 4 parte final dessa faze.

Codigo do conto:
80740

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
23/03/2016

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos bissexuais na pescaria gay brincando com amigo hetero contos eroticosconto erotico briga namoradoconto minha esposa pratica nudismo em familiafudedo no quarto da mãemeline conto eróticocontos eróticos chupada gostosa velhoMEU TIO TIROU A MINHA CALCINHA I COMEU MEU CUwww.contos fudeno casadas.com.brConto erotico gay o porteirosafadas com porra no cuzinhocasa dos contos tia 22cmcontoerotico: gosto de fuder com papai e falar sacanagemContos e fotos de sogras que gosta de pau grandecontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a genteconto erotico comi uma cadeiranteconto erotico a menina do senhor carloscontos eroticos com fotos pag 148meninAcrenteputaconto erotico eu meu pai noContos eroticos virei puta do meu sogrocontos eróticos comi a travesti amiga da minha irmãHq porno gaydogging praça da tv culturaconticos erodicos de incestos gaysquadrinho erotico pai fudedo com a filhaeu tirei a virgindade da buceta da minha empregada eu sempre eu fodo sua buceta quando minha esposa viaja a trabalho eu ainda eu nao tinha tirado a virgindade do cu dela minha esposa viajou a trabalho eu a noite eu levei minha empregada pro meu quarto ela disse meu patrao eu amo voce eu disse eu tambem eu amo voce eu chupei sua buceta raspadinha ela chupou meu pau eu comecei a fuder a buceta dela ela disse meu patrao voce que tirar a virgindade do meu cu eu disse eu quero conto eroticocontos eroticos comendo noraconto erotico sograa namorada do meu filho conto eroticocontos eroticos dei a bundinha ainda meninaContos eróticos eu minha mulher e um velho contoquadrinho porno mae e filhocasadas quadrinhos interracial pornoconto etoticos de feitiches de casaismulher gosta de fuder com gigante igozahistoria em quadrinho de porno de pai e filhaempregada conto eroticocontos eróticos traição ele nem percebeusexo casal chifre puta esposadoce nanda contos eroticosminha tia ta me provocando contosContos eroticos castigo na sala do diretorcontos eroticos pessoas que adoram leite maternoestrupei a minha namorada na praia de nidismoDELICIA HOMENS VELHO NEGROS PICUDO FOTOShentay as gozadeiras quadrinhos hentayconto erotico ilustrado cornosfiume porno marido pede a espiza prachama nome de otro omeHentai mae safadafotosexominhamaecom o dedo no meu cu contocontos eroticos gays - roçanovos contos eroticos de pastorespenis dos negros imagemGeane morena fodendo ver fotosfoda do sexo .sexo com patraonao aguentei minha bn conto incestoconto esfolada por meu sobrinhoquadrinho erótico namorada do meu amigoconto eurotico gay rabaono colo do papai quadrinho porno completocontos eróticos comi o cu da minha prima brincando de pique esconde incestoeu e a sogra contosconto erotico muito meladaconto gay com amigo brincalhãoContos ero onibus masturbConto porno pervertida do fio dentalconto caminhoneiro sexosamba porno zool conto de incestoPai tirando a virgindade do filho novinho branquinhocontos eroticos.o prefeito e meu maridoconto erotico irmaConto érotico coroà sàfada e novinhoconto erotico pastorcont eritico lambida na buceta por um filhotepauzao do negao no meu rabo contoscom meu colega de trabalho conto gaycontos eroticos tininha aluna esforçadakomik hentai miftoon mama aftercontos gay meu irmao me defendeucontos eroticos gays medicocasal praticante de zoofiliacontos eróticos variadosconto erotico tímidoconto guei o vizinho marrentomeu cunhado me frago tocando uma ciririca contos eroticos