Brincadeira entre primos 2



Obrigado pelos votos e comentários!
Se gostou, leia os outros contos e não se esqueça de votar e comentar!


Quando nos preparávamos para ir embora, ouvi um barulho e olhei para cima. Quase morri de susto ao perceber que havia alguém logo acima de nós, em cima da árvore. Fosse quem fosse, provavelmente tinha visto tudo. Em pânico, fiz menção de sair correndo, mas o Antônio me segurou pelo braço e falou baixinho:

-Calma, é o Fabrício! Ele curte também...


Me livrei da mão do Antônio e saí correndo, ainda terminando de levantar meu short.
Quando cheguei em casa, tremia muito. Um pavor da possibilidade de o Fabrício contar pra todo mundo sobre o que acontecera atrás daquela folhagem. O escárnio público!
Fui tomar um banho para relaxar. Notei que o esperma do Antônio então escorria pelas minhas pernas. Aquilo me trouxe a memória daqueles momentos passados há poucos minutos e meu pau ficou duraço de novo. Enfiei devagar um dedo no cuzinho para tentar emular a sensação do pau do Antônio. Seu esperma facilitava a entrada e coloquei mais um. A sensação era muito boa! Mas ainda não estava gostoso o suficiente. Tentei um terceiro dedo, que entrou doendo um pouco, mas deixou a sensação mais parecida com a sentida há pouco, como aquele pauzão do Antônio todo atochado no meu cu. Aquilo era demais! Logo gozei de novo. Era incrível gozar tanto depois de tão pouco tempo!
Mais relaxado, fiquei de bobeira jogando videogame até dormir.
No dia seguinte levantei tarde, com uma espécie de ressaca. Estava ainda excitado com tudo o que tinha acontecido, mas preocupado com o rumo que as coisas poderiam tomar. Depois do almoço, ouvi o telefone tocar.

-Bruno! É pra você! -Gritou meu irmão, mais alto do que seria necessário.

-Alô, Bruno?

-Oi Antônio, tudo bem?

-Tudo tranquilo. Queria saber se você está bem?

-Eu tô bem, só um pouco preocupado...

-Bobagem, não tem com o que se preocupar. Quer vir jogar videogame?

-Quando?

-Agora.

Como estava mesmo de bobeira, resolvi ir até lá.

Ao chegar em sua casa, entrei direto, pois sabia o truque de abrir o portão pelo lado de fora. Chamei pelo seu nome ao entrar na casa, e ouvi sua voz lá de cima, mandando que fosse direto para o seu quarto, pois não havia mais ninguém em casa.

Quando abri a porta, o susto! Lá estavam ele e o Fabrício sentados no chão em frente ao à televisão, jogando videogame. Virei-me para ir embora, mas ele me alcançou e me segurou pelo braço.

-Calma, Bruno. Entra aí, vamos conversar.

Mais calmo, entrei e olhei para o Fabrício. Ele me deu um sorriso meio tímido. Apesar de seus 20 anos, o Fabrício era o mais tímido dos primos, se dava bem com todos, mas estava sempre na dele. Não deixava transparecer o que estava pensando.

-Senta ai! Vamos jogar um pouco pra relaxar!

Ele colocou Moon Patrol e começamos a jogar, vendo quem fazia mais pontos. Logo nos entediamos e o Antônio propôs que víssemos um filme para passar o tempo. Forramos uma colcha no chão enquanto o Antônio botava a fita no vídeo. Sem surpresa, notamos que era um filme pornô. Eu e o Fabrício nos entreolhamos e sorrimos. O Antônio, vendo nossas caras, falou zombeteiramente:

-Se quiserem, eu posso trocar o filme...

-Não! Pode deixar! Se for chato a gente troca. - Disse eu, sarcasticamente.

O Antônio se sentou entre nós dois e o filme começou. Uma loura de peitos enormes já começou atacando um cara com cara de caminhoneiro. Um silêncio se instaurou no quarto, enquanto observávamos ela tirando o pau do cara pra fora. Quando vi a bitola do pau do cara, devo ter soltado alguma expressão de espanto, por que o Antônio riu, brincou comigo e colocou o braço sobre os meus ombros, me fazendo encostar a cabeça em seu ombro.

A cena foi seguindo e eu boquiaberto vendo aquela mulher tentar engolir aquela tora. Naquela época o acesso a material pornográfico não era tão fácil como hoje! Quando ela começou a cavalgar o cara, o Fabrício tirou a camisa, alegando calor. Não precisou mais que alguns segundos para que o acompanhássemos e ficássemos só de shorts que, a esta altura, já estavam estufados com nossas ereções.

Aproveitei para dar uma boa observada no corpo do Fabrício. Quase não o via sem camisa. Ele era bem proporcionado, com uns 1,75m e uns 75 kg. Sua pele mais morena contrastava com nossas peles mais claras e ele apresentava bastante pelo nas pernas e peito. Ele era´muito bonito, em suma. Notei que ele acariciava a coxa do Antônio, mas sem chegar o seu pau. Suas respirações estavam bastante alteradas.

Uma segunda cena começou e, desta vez, eram uma mulher e dois homens. Depois de alguns segundos papeado, os dois partiram pra cima dela e não demorou para que eles logo ela estivesse chupando um enquanto o outro a chupava. A cena já estava bem quente quando a câmera deu um close na mulher chupado o cara. Depois de algum tempo o outro cara aparece na cena e começa a chupar o cara! Quase caí pra trás! Nunca tinha visto uma cena gay!

O Antônio riu da minha reação e me puxou para ele, me dando um beijo. Eu parecia que ira derreter, meu coração batia furiosamente. Ele se afastou, sorrindo e puxou o Fabrício para beijá-lo também. Eu olhava mesmerizado! Eles pararam de se beijar e senti que o Antônio puxava de leve minha cabeça em direção ao Fabrício. Logo nos beijamos também.

Quando nos separamos, vi que o Antônio já estava completamente pelado. Seu pau era um colosso! Na verdade, nunca o havia vista até então. Só sentido. Não sei ao certo o tamanho dele, mas era um pouco maior que o meu, devia ter uns 17 ou 18 cm e fazia uma leve curva para cima. Era bem cabeçudo e o buraco de seu pau era mais aberto que o meu, algo que eu nunca tinha visto, e que o fazia muito interessante.

Enquanto perdia tempo pensando nisso, o Fabrício se aproximou e deu uma lambida no pau do Antônio, que babava sem parar. Na verdade, ele apenas puxou um pouco daquela baba com a língua e olhou pra mim, me convidando a provar também. Cheguei bem perto e senti pela primeira vez aquele cheiro de pica de macho, delícia que se tornaria comum no futuro, mas que marcou para sempre aquele momento.

Pus a língua pra fora e senti como era salgadinha. Muito excitado, abocanhei a cabeça do pau do Antônio com uma vontade que fez que ele desse um pulo pra trás. O Fabrício riu, mas logo estava revezando o pau comigo, arrancando suspiros do Antônio.

O Antônio, então, interrompeu a sessão e colocou o Fabrício de quatro em cima da cama e caiu de língua em seu cuzinho. O Fabrício gemia muito alto. O Antônio, sem parar de linguar o cu do Fabrício, me olhava e ria do efeito que arrancava com sua habilidade oral. Logo, ele sinalizou para que eu me aproximasse do Fabrício.

Ajoelhado, cheguei perto da cabeça do Fabrício. Ele estava de olhos fechados, mordendo os lábios, enquanto curtia as sensações da língua do Antônio em seu cu. Ao sentir minha presença, ele me puxou mais pra perto e abocanhou meu pau.

Eu pensei que fosse morrer ali. A sensação da boca do Fabrício era incrível. Aveludada, molhada, vibrante! Sentia-o engolir o meu pau com gosto e parecia que eu ia derreter. De repente, sinto o Fabrício gemer, sem tirar o pau da boca, e sua cabeça começou a bater contra meu púbis.

Perdido em minhas sensações, nem notei a movimentação do Antônio, que nesse intervalo de tempo, se posicionou atrás do Fabrício e meteu aquele pauzão em sua bundinha. Ensanduichado com um pau na boca e outro no cu, o Fabrício respondia rebolando no pau do Antônio e fazendo uma chupeta no meu pau.

O Antônio fez sinal pra que tomasse o seu lugar. Fui, mas meio abobalhado, aquilo tudo era muito novo pra mim. O Antônio me dava as instruções pra meter no Fabrício, mas quando vi aquela bunda morena, peludinha, toda arreganhada, não resisti. Cai de língua, arrancando suspiros do Fabrício e risos do Antônio, que disse.

- Não dá pra resistir a um bundão desses, né não?

O Antônio praticamente me guiou pra dentro do cu do Fabrício, mas não era exatamente algo difícil, tendo em vista o meu pau melado e o cu já meio aberto pelo pau do Antônio antes de mim. A sensação era inacreditável! Ao ouvir meus gemidos de satisfação, o Fabrício começou a morder meu pau com o cu, e quase me fez gritar de prazer. Comecei então o vai e vem naquela bundinha peluda, curtindo aquele momento.

Para minha surpresa, senti um dedo gelado deslizando pelo meu rego. É claro que o Antônio não ia perder aquela oportunidade! Depois de me lambuzar o cu com gel, ele se posicionou atrás de mim e encaixou a cabeça de seu pau em minha entrada e o meu movimento fez o resto. Aos poucos ia sentindo aquela tora me invadindo de novo.

A sensação era indescritível, ao me mover para a frente entrava fundo no túnel quente e apertado que era o Fabrício, para trás sentia o cacete do Antônio me preenchendo inteiro, o que fazia o meu pau saltar e babar dentro do Fabrício.

O quarto se encheu de nossos gemidos, as sensações eram muito boas, mas muito intensas e logo foram se acelerando. O Fabrício começou a rebolar tão gostoso no meu pau que deixei nem precisava meter de fato, sua bundinha se encarregava de engolir e expulsar meu pau com seus movimentos. Enquanto isso, o Antônio fodia meu rabo enlouquecidamente. Meu coração parecia que ia explodir, nossas respirações, aceleradas, indicavam que estávamos todos próximos.

E então aconteceu. O Fabrício, gemendo muito, começou a gozar e travou o cu em meu pau. Eu, com aquele aperto extra, explodi dentro do Fabrício e, ao mesmo tempo, travava o pau do Antônio, que gozou em seguida.

Cansados, suados e satisfeitos, meio que tombamos para o lado ainda engatados. Acordei quando senti o Antônio levantar e ir para o banheiro. Devo ter adormecido por alguns minutos. Meu pau, mesmo amolecido, ainda estava dentro do Fabrício, que ressonava. Beijei o seu pescoço para acordá-lo e seus movimentos acordaram meu pau novamente.

Deitados de lado, com meu pau duraço de novo, acariciei seu corpo, buscando seu pau que, a esta altura, já estava duraço. Recomecei a meter gostoso em seu cuzinho quando ouço a porta do banheiro se abrir e o Antônio reclamar, cm voz de galhofa:

-Seus putos, nem me esperaram!



Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario villa

villa Comentou em 05/01/2020

Muito bom conto excelente

foto perfil usuario miguelita-

miguelita- Comentou em 04/01/2020

Delicia de conto !

foto perfil usuario diegonaboa

diegonaboa Comentou em 25/12/2019

Excelente!!!

foto perfil usuario rocharicardo

rocharicardo Comentou em 15/10/2019

Parabéns 2

foto perfil usuario dudu-garciaa

dudu-garciaa Comentou em 08/09/2019

Que delícia. Votado.

foto perfil usuario ksn57

ksn57 Comentou em 12/07/2019

Votado - Delicia de conto, algo melhor que brincar a três, e se for Primos, melhor ainda...

foto perfil usuario gayversatil

gayversatil Comentou em 10/06/2019

GOZEI

foto perfil usuario engmen

engmen Comentou em 03/05/2019

Delirante experiência... !

foto perfil usuario anjogabriel

anjogabriel Comentou em 18/07/2018

Tô quase gozando de novo

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 15/05/2016

Mike, brinca comigo também! E traga outros primos junto! Betto

foto perfil usuario carlosandre89

carlosandre89 Comentou em 03/04/2016

Brincadeira saudável

foto perfil usuario mrpr2

mrpr2 Comentou em 28/03/2016

Maravilhosa brincadeira puro tesão!!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78777 - Brincadeira entre primos - Categoria: Gays - Votos: 183
79347 - Carnaval de 89 - Categoria: Gays - Votos: 111
116932 - Felipe e Eduardo - Categoria: Gays - Votos: 163
117356 - Sabe que jogar futebol nem era tão ruim? - Categoria: Gays - Votos: 154
140523 - Uma tarde na piscina - Categoria: Gays - Votos: 116
141166 - Na verdade, jogar futebol é ótimo! - Categoria: Gays - Votos: 93
141308 - Aprendendo com o professor Jorge - Categoria: Gays - Votos: 82
141428 - Tratamento médico só se for com o doutor Fernando! - Categoria: Gays - Votos: 69
142108 - Carnaval de 2019 - Categoria: Gays - Votos: 52
146501 - Estudo em grupo é sempre melhor! - Categoria: Gays - Votos: 51
149970 - Aquela tarde do flagra - Categoria: Gays - Votos: 47
150014 - Ajudando o seu Roberto - Categoria: Gays - Votos: 73

Ficha do conto

Foto Perfil mikerj35
mikerj35

Nome do conto:
Brincadeira entre primos 2

Codigo do conto:
80858

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
25/03/2016

Quant.de Votos:
138

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos com fotos de podolatria com a atendentecontos eroticos cabacinhos da familiacontos+eróticos+de+novinha+com+cadastrocontos eroticos adormece mamandocontos eroticos coleira vadianegacazadaporno contos eroticos mamaesogrinha pegando genro virgemconto porno com velhorolludo comgostosacontos heroticos gay meu primo de dezesseis me comeu quando eu tinha oito anosConto novinho da o cuzinho bebadofudendocunhadagordaContos erótica, ai tio deixa eu pegar no seu pauconto erotico como-me-tornei-a-cachorrinha-do-meu-padrastocontos com fotos esposas loba de cornomeu genro contosanita poderosa xxxcotos.eroticos.de.novias.com.negaoos convidados comeram minha mulher hentai e contos eróticoshistoria de contos eroticos de negao fudendo neguinha novinhacontos eroticos pau grande grosso oiii ta doendo irmã choracontos pornos mae 120kgcontos viu tudo e entrou na putariahentai 3Dsempre quando dancavamos eu passava a mao na bunda delacontos eróticos maninha viciada no pau grandeAgora meu casamento com a minha esposa e uma maravilha eu fudi a buceta da minha filha e fudi minha esposa elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu fuder seu cu virgem conto eroticoQuadrinhos porno tia e sobrinho fudendover conto erotico sobre padeiroconto incesto desabafo de uma mae cap xvipirocudo fudendo cuzinho apertadoda égua com a buceta piscandocontos eroticos maduras dormindo fotosRelatos e contos de incesto e zoofilia consentidopadrasto a proveita a donselinha dormindo a mulhe a vai desvirginar a entiadaquadrinhos eroticos pau gigantecojiendo con mi suegrocontos eroticos comir uma dengozinhaconto eritico gozou sem avisara professora submissa utimos contos eroticosminha esposa aviou dois gajos..conto tugaBeautiful big tits black BBW gives an amazing scontos carona magrinhacontos eroticos gay pag 114porno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhodias japinha colando velcro meladaConto erotico brechamdo mae no banherogostosas capixabas contos eroticos fotoscontoeroticodfhistoria tia e prima pega batendo punheta contosconto insesto neto de ferias com avoXVídeos irmao estrupardo airmar na maldandewww.contos eroticos filho caçula pauzudo come cu da mae viuvacorninho manso contosmeu marido me enbebedou e me enrabou contosfotos recentes de sobrinho beliscando buceta da tia bebadaesposa corno femdom conto eroticode sirgir blog comda sikis indircontos eroticos virgemcontos eroticos de mozquadradinho de sexobelas picas de homens tipo de cavalocontos eroticos aiiii aiiii vi o pau do papaicontos eroticos em quadrinho com minha amigatesao no cu conto eroticoconto erotico filhas do patrão pegou o jardineiro pauzudo batendo puetacontos eroticos marido e gravidas violencontos eroticos " punheta no pauzao"conto erotico minha mulher pelada pra outrobuceta grande conto eróticocontos eroticos com fotos a tara do corno ver o negao arombar o cuzinho da sua esposaconto erotico comendo o cu da Drica pecador usuarioela acordo tda molhada de pora dele pornocontos gay teen perdi a virgindade no menageconto erotico... Tia e sobrinho menorcontos eróticos virei puta dos caminhoneiros conto herotico msis excitante vovo comeu netinhsconto erotico cumplicidadedescobri meu marido cornogrupo cuckold em portugalconto de esposa confessa ao marido que ele e cornoconto com foto de entregador de gas comndo um gorotoconto erotico fazendo massagem gostosa na maninhacontos eroticos com fotos mulher casada traindo corno gozada empresario chefecontos eróticos meu marido.apostou minha bunda virgem no jogohttps://vangogrostov.ru/conto/102239/923332/ele-foi-arrombado-por-um-coroa-cego.htmlcontos erticos de marido levando esposa para ser fodida por varios homenssocando forte nas sogrinha contoscontos excitantes relatados por mulherescontos deixei meu melhor amigo me acariciarconto eróticos cabacocontos eroticos de sogras 2017perdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos de casal de primeiro menagem com amante fixo.porno gay guarda da cptm de fardacontos eroticos de casal junto com amigo de pirusao bem grande tomando banho de picina peladoscontos eroticos de mae cuzudas com fotosconto eroticos bebi porra do amante da minha mulherhomem transa dentro uma loja de colchonetes pornô