Loucuras na faculdade IV



Pessoal me desculpem pela demora, estava resolvendo uns problemas... Espero que gostem desse cap. e obrigado pelos comentários.

Loucuras na faculdade – Parte IV
Aquele telefonema da namorada de Marcos tinha me deixado bastante pensativo. Me sentia mal por ter feito isso com ela. Apesar de não conhece-la, sabia que ela não merecia aquela traição. A sua voz ecoava em minha cabeça e seu suspiro de alívio quando eu falei que estava com Marcos e ela falou: “Ainda bem, pelo menos ele não estava me traindo” falou brincando e sorrido e isso me matou por dentro.
Verifico meu telefone e tem uma nova mensagem do Kaique, nem me dou o trabalho de ler e já vou desligando o telefone e vou dormir. No outro dia acordo e vejo que estou atrasado para a faculdade. Depois de um tempo escuto um barulho e vejo que é da buzina do carro de Marcos.
Vou a seu encontro e falo:
- Bom dia – tento parecer o mais natural possível, o que não foi uma tarefa fácil, pois flashes do dia anterior passaram rapidamente pela minha cabeça.
- Bom dia – ele fala dando um risinho safado.
- Marcos, eu preciso conversar com você – eu falo imediatamente e antes que ele possa falar algo eu continuo: - O que aconteceu ontem não pode acontecer mais.
- Por quê? Não foi bom pra você?
- Não, cara na verdade foi muito bom, o problema é que você tem namorada e eu me sinto mal fazendo isso. Então melhor continuarmos sendo só amigos mesmo sem sexo.
- Cara, eu jamais poderia imaginar que fuder você seria tão gostoso, uma das melhores fodas da minha vida, mas se você não se sente conformável em fazer mais isso, tudo bem, eu repeito – ele fala e estende a mão que eu aperto e então vamos para faculdade.
Chegando na faculdade encontro o Kaique e ele pede pra falar comigo às sós, fala isso olhando para Marcos que faz uma cara feia e se afasta de nós.
- Cara ontem tentei falar demais com você mas você não respondia
- Foi mal, é que ontem não estava me sentido muito bem – eu falo, mentindo.
- mas você já está sentido melhor? – ele pergunta fazendo cara de preocupado.
- Estou sim – antes que eu pudesse falar mais alguma coisa ele fala:
- Então vamos lá na casa de um amigo meu, vamos jogar videogame e assistir alguns filmes.
- Não sei se vai dar cara. E além do mais nem sei quem é seu amigo.
- Cara ele é de boas não vai nem ligar se eu levar você – ele fala e depois de mais alguns argumentos, me convence a ir.
Chego em casa e me arrumo para ir para casa do Kaique para de lá irmos para casa de seu amigo e antes de eu recebo uma mensagem de Marcos:
“O que vai fazer hoje à noite? Eu e minha namorada vamos ao cinema. Quer ir com a gente?”
“Era só o que faltava, ficar de vela”, penso com raiva mas respondo um educado “Não, muito obrigado mas já tinha combinado de assistir uns filmes na casa de Kaique”, respondo de mal porque sei que ele não gosta do Kaique.
Ele não respondeu mais e eu sai para casa do Kaique.
Chegando na casa de Kaique avisto sua irmã que me diz para subir até seu quarto porque ele estava se banhando.
Fiquei esperando por um tempo até que Kaique aparece só com uma toalha e exibindo seu belo corpo.
- Oi – ele fala.
- O...- meu oi é interrompido por sua língua em minha boca e suas mãos se enchem com minha bunda.
- Só não te como aqui e agora porque minha irmã tá em casa, seu gostoso. – ele fala e se vira deixando uma bela visão de sua bunda.
Depois de colocar sua cueca ele se vira para vestir sua calça e antes de por percebo que seu pau duraço está formando um grande “pacote” em sua cueca e isso me dá um tesão enorme. Ele bota uma camisa e diz:
- Vamos? – ele fala.
- Só se for agora...
O amigo de Kaique, como ele me explicou no caminho, na verdade era seu primo e eu estava ansioso para conhece-lo pois pelas histórias que o Kaique me contava sobre ele, ele devia ser uma pessoa super legal.
O nome do primo do Kaique era João. Ele era um pouco parecido com Kaique mas parecia ser pelo menos 1 ano mais novo. Ele era bem atraente mas não pensei em fazer nada. Afinal, ele era primo do Kaique.
O filme começou e observei que Kaique estava assistindo com a cabeça apoiada sobre meu ombro e João de vez em quando nos via e dava um sorriso de canto de rosto. João se espreguiçou um pouco e disse que estava com sono e iria se deitar nos despedimos dele e ficamos na sala assistindo o filme durante uns 5 minutos até que Kaique pega minha mão e coloca sobre seu pau que já está duro. Não me faço de rogado e encho minha mão com aquele cacete e ele me beija e depois chupando meu pescoço e sussurrando safadezas:
- chupa meu pau, vai – ele pede gemendo.
- Não dá, seu primo está dormindo no outro quarto. – eu falo preocupado.
- Não se preocupa ele já foi dormir, dá pra gente transar umas três vezes que ele nem vai notar – ele falou bem despreocupado e tirou sua bermuda deixando apenas sua cueca que estava um pouco melada por causa da sua excitação. Me abaixei em sua frente e comecei a lamber a parte da sua cueca que estava melada com o líquido pré-gozo.
Ele gemia mas de forma controlada pois seu primo podia acordar. Tirei seu pau da sua cueca e agora o colocava na minha boca chupando e lambendo-o enquanto massageava suas bolas.
- Eu sabia que aquilo não era só amizade – alguém falou e eu peguei um susto quase me engasgando com o pau de Kaique na boca.
- Cara, eu posso explicar... – Kaique começa.
- Kaique, você não tem nada pra explicar, vocês dois são adultos e podem fazer o que bem entenderem – João fala e Kaique dá um suspiro de alívio.
- Cara, valeu por entender, valeu mesmo – Kaique agradece.
- Posso ficar aqui e assistir essa foda? Porra tô com um tesão do caralho e minha namorada nunca mais fez sexo comigo. Tá foda. – João reclama.
- Por mim tudo bem – Kaique fala e me olha como se esperasse minha resposta.
- Por mim também – falo meio sem graça.
- Então volta aqui e mama no meu cacete – ele fala e eu volto a chupá-lo e eu percebia como ele estava mais intenso e ia controlando minha chupadas com seus movimentos. Acho que ele queria deixar o primo dele orgulhoso e mostrar como ele sabia fuder.
- Engole esse cacete com o cu vai – ele ordena e eu viro e fico de frente para o João e observo que agora ele tinha tirado sua roupa e estava batendo uma deliciosa punheta enquanto nos observava. João era realmente um cara muito gostoso e seu pau também não deixava a desejar. Era um belo caralho que estava pulsando em sua mão e eu observava seus movimentos enquanto sentava no cacete de Kaique.
- Tá doido para dar pro meu primo né, seu safado? – disse Kaique enquanto dava um estocada profunda em meu cu.
- Sim – falo para deixar ele mais excitado e ele responde:
- Então você vai ter dois machos pra você hoje. João – ele chama seu primo e diz pra ele que eu chuparia seu cacete.
Nos ajeitamos e eu agora começava a chupar o pau de João e ele gemia bastante:
- Caralho, que boca gostosa, minha namorada não faz um boquete tão bom assim em mim nem quando quer alguma coisa, primo cuida do seu puto senão eu roubo ele pra mim – ele falou isso e eu caprichei mais ainda no boquete fazendo João gemer mais alto ainda gozando na minha boca.
Não demorou muito até que Kaique gozou na minha bunda e disse:
- Agora você vai dar pro primão enquanto chupa meu pau – ele fala em meu ouvido e chama seu primo dizendo que era “a vez” dele comer meu cuzinho.
Não entrou com muita dificuldade já que Kaique já tinha me fudido antes e sua porra lubrificava meu cu mais no início foi um pouco desconfortável porque a pica do João era um pouco mais grossa.
Gemi quando senti que todo seu pau estava na minha bunda e fiquei extasiado e só sai do êxtase quando sentir a pica do Kaique na minha cara. Ele estava me batendo com sua pica na minha cara enquanto seu primo me fudia como um animal. Estava louco de tesão e gozei sem tocar no meu pau, dando gemidos abafados pelo pau de Kaique na boca. Kaique gozou na minha boca e João gozou dando uma estocada profunda no meu cu e deixou o pau lá dentro até parar de gozar.
- Cara isso foi muito bom – João comentou.
- Nem me fale, o Steven sabe como agradar um macho na cama.
- Temos que fazer isso mais vezes – João falou e eu sorri timidamente e fui ao banheiro me limpar para dormir.
No outro dia acordei bem cedo porque ainda tinha que passar em casa para buscar minhas coisas antes de ir pra faculdade. Me arrumei e esperei por Marcos(ele estava me dando carona esses dias) mas ele não apareceu e eu me atrasei por ter esperado ele.
Fiquei com muita raiva disso. Foi no mínimo estranho. Ele devia ter pelo menos ligado para avisar que não me daria carona. “Tranquei” a cara e sai para a faculdade...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


26512 - Primeira vez com o primo safado - Categoria: Gays - Votos: 7
26553 - Trai Meu Namorado Na Passagem de Ano(Com o amigo). - Categoria: Gays - Votos: 5
78449 - Loucuras na faculdade I - Categoria: Gays - Votos: 6
78675 - Loucuras na faculdade II - Categoria: Gays - Votos: 4
78778 - Loucuras na faculdade III - Categoria: Gays - Votos: 7
81118 - Loucuras na faculdade V - Categoria: Gays - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico phoda

Nome do conto:
Loucuras na faculdade IV

Codigo do conto:
81058

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
29/03/2016

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico ele me fudeu gayO filho da patroa da minha mae conto erotico gaycontis de sexo oralporno quadrinhosver porno erotico em quadrinhos negao engravidndo a mulher do cornoquadrinho erotico com maeentiadacontoeroticofilme porno estupros mulheres estupradas em kuanto mae dormia pelo paiquadrinhoseroticospaicontos eróticos dormindo bebadacontos eróticos de suruba com cunhadas virgensconto erotico minha tia parte 2história em quadrinhos de irmao gay com irmao sqrado gostoso cacetaozoofilha cachorro enfia nu cu daputa encatacontos eroticos de melhores amigos heteros transandopicas cabeçudas e meladasContos erotico cinemão padrasto.mete.na.mae e filhaconto herotico incesto papai me chupounovinha da a buceta no restaurante na área de repousovou vou transa com neta de camisolinha e enche a boca dela de gozochuva dourada contosMiuda portuguesa apanhei o meu padrasto a bater uma punheta contos contos eroticos menininha obedienteconto eroticos com negao com o pau 22novinha dando a buceta depois da sao luis vidio d 2011Historia de porno de irma e irmaotoda melada com o sobrinho contoscontos eroticos meu amigo negro e o macho da minha mulherContos deixou padrasto gosa dentro por dinheiroconto erotico perdendo a virgindade na praia de nudismoFamily guy porno em quadrinhosComi minha mae que tava dormindo contobolas loiros peludos gayContos com a tia peludaconto tirando o atraso da sografotos buceta velhas suja menstruação.dog pauludo prezo pela xoxotacontos eróticos minha sogra porno em quatrinho o prefeitofui enrabada ao lado d meu marido no escurocontos eroticosCu arregaçado.com/sadomazoquismo.Contos eroticos veridicos.filhas que sente desejo de transar compapaicontos erotico casada com dois fantasiaconti erotico bisex curitibapapai lembeu minha xota depous meteu sua rola grassa em mimi gozeicontos eróticos apostei namoradafilme porno nacional garoto mordendo o pescoço da namorada xvideosxvidios porno a mae chupador a rola dor filho no martoimagem coroa peladatrans temdi cu chupadodei a buceta pro meu sogro bem na frente do frouxo do filho dele kkcontos eróticos gay a boca da garotadaContos eroticos do negao judiano colocando o pintao grade para valer no cu do gayse eu pudesse fazer sexo anal g****** horasler contos eroticos com mulhres virgem sendo em caixada no metro ate o cara gozarconto erotico rasgaram a bucetacontos eróticos dei pro amigo do meu marido segurar a escadarelatos eroticos: negros reprodutores e minha esposaporno diarista abuzou contosVideos travestis sado dominatrix boafodacontos eroticos o vovo mi comeu a chantagenspivete pirocudo arreguei contoswww.casadanocio.comcontos+eroticos+as+cuecas+das+tiascontos eróticos 3dcontos eroticos chupei meu cunhado do lado da minha irma dormindoas tetas da mamãecontos eróticos - infelizmente (ou felizmente)contos eroticos de nifeta que traiu o marido com dois amigos dele tudo rolou por causa da brincadeira do marido sobre sexoconto erotico perdi minha namorada virgemporno moz ponta finasconto erotico gay molequetio safado me ensinando dirigirMinha esposa eu e nosso amigosobrinhacontoeroticoContos gay barbudo admirando minha jebaconto erótico rapaz arrebentou o cuzinho do amigoContos eroticos a casadinha era muito apertadacontos esposa e o negaoconto erotico consoloencoxada no onibus contocontos eroticos incesto maravilhosojapacdpassivogenroscontoeroticoContos um caderante estrupou minha bucetacontos camioneros fudeno.com.brhentai loirinhapintudo acha veia peituda na rua beba e fode cuQuadrinhoseroticossobrinhasassistir filme pornô meu pai me madrasta misturamSEX MAN QUADRINHO EROTICOConto gay novinho provocando o pastor da igrejacontos eroticos casal em lua de meu com amigoIncesto contos mamaes e papais iniciando suas filhinhas com suas bonecas nas camas e banhospica no cu gozandoContos eroticos seios judiadoscontossexfilho tarado conto