A INJEÇÃO



O único problema, quando se possui um caralho colossal, é encontrar uma camisinha decente, que proporcione o mínimo de conforto.
Em uma dessas minhas buscas, conheci a deliciosa Tatiana; uma ninfeta loirinha, 1,55m, olhos verdes, uma boquinha linda; seios fartos, rosados, uma bundinha bem empinada, apetitosa.
Já havia testado quase todas marcas Extra GG sem sucesso. Mal sabia, que em uma nova tentativa, teria uma deliciosa surpresa.
Já eram quase 22h, a farmácia estava por fechar. Fui direto procurar por camisinhas. Naquele momento estava presente, apenas Tatiana, no atendimento. Ela observava atentamente minha busca.
-No que posso lhe ajudar?
Um pouco constrangido, retruquei.
-Não encontro uma camisinha extra GG decente.
No mesmo instante, os olhos de Tatiana, repousaram sobre o volume da minha calça. Surpreendida e espantada, se expressou instantaneamente:
-Também pudera!!! Olha o quanto marca a sua calça, mesmo estando mole!!! Tem um monstro no meio das pernas!!
Ri surpreso da reação inesperada. Muitas pensam, mas dificilmente colocam para fora os seus sentimentos, ainda mais com um estranho.
-Nossa, fico imaginando o tamanho desse tronco duro...
Tatiana disse olhando fixamente para o meu pau, com a língua percorrendo pela boca, sutilmente, mordendo os lábios. O seu segundo comentário, foi suficiente para o meu cacete querer sair da calça, fui tomado de um imenso e instintivo desejo, uma violenta ereção tomou conta.
-Meu deus!!!
Sua boquinha se abriu paralisada por alguns segundos, espantada com o que vira. Subitamente, Tatiana correu para fechar a Farmácia, pegou todas as camisinhas extra GG:
-Vamos testar, gato? Vamos ver se vai caber...
Fomos para o fundo da Farmácia, na sala onde se aplicam as injeções. A loirinha estava possessa; os bicos dos seus seios pareciam querer furar a blusa, pela excitação, seus fartos seios, ficaram ainda maiores.A beijei com volúpia, intensidade, arranquei sua blusa, sutiã, de forma voraz, caindo de boca naquela obra de arte da natureza, sorvi os seus seios com paixão ímpar. Tatiana estava grogue de desejo, só as carícias nos peitos, já foram suficientes para lhe provocar o primeiro orgasmo... Mas ainda não tinha noção exata, do tamanho do prazer que lhe aguardava.
Meu cacete pulsava, de forma feroz; enlouquecida, Tatiana arrancou a minha calça. Por uns instantes, olhou com veneração para a anaconda, pensava como aquilo era possível.
-Você é um alienígena, cavalão! Isso vai me matar!
-Só se for de prazer...
Sua boquinha começou os trabalhos. Por mais que tentasse, mal mal colocava a cabeça do tronco. Sua língua, sua boca eram macias, como veludo. suas mãozinhas, pequenas, delicadas, não sabiam como pegar todo volume de nervo. -Olha o tamanho disso! Maior que o meu antebraço! E a grossura da base? É mais grosso que o meu braço! Isso não cabe nem na camisinha, nem na minha xaninha...
Tatiana tentou encontrar uma camisinha que entrasse, com um mínimo de conforto. O tesão progredia entre nós. mesmo com dor, incômodo, encontramos uma que desenrolava até a metade. O sacrifício valia a pena...rs
Para facilitar a entrada do monstro, virei a loirinha de quatro, deixando a sua bundinha bem empinada. Cai de boca na sua bocetinha rosada. Minha língua percorria os grandes, pequenos lábios, intensificava os movimentos ritmados, em seu grelo. Ela gozou novamente, agora em minha boca. Nesse momento, já entorpecida, ainda mais insana, implorava pelo meu cacete:
-Me arromba, arregaça essa boceta, seu puto!
Bati fortemente com o tronco em sua bundinha:
-Agora é a sua vez de tomar injeção!
Abri ao máximo as suas pernas, puxei o seu cabelo, sua cabeça para trás, botei a minha mão em sua boca, e não tive piedade.
Forçava a entrada com fúria, e não queria entrar; mas aos poucos, comecei a rasgar aquela boceta. Os gritos, gemidos da loirinha, eram abafados com a minha mão. Era um massacre, metia com uma força descomunal, aquela boceta não parava de pulsar, babar, os orgasmos se multiplicavam furiosamente. Tentava botar o máximo de porrete, que aquela boceta, poderia suportar.
- O que tá acontecendo comigo, não paro de gozar! Ah!!! Como fode, gostoso! Como dói, como dá prazer!!!
Forcei para entrar mais alguns centímetros...
-Ahhhhh... Você vai me matar!!! Não cabe mais, tá me rasgando!!!! Isso, mais...Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!
A loirinha perdeu todas as suas forças, as pernas ficaram bambas, o corpo todo tremia, sua boceta pulsava descontroladamente. Tirei o meu pau, e conferi o estrago provocado naquela linda bocetinha...
Tirei a camisinha do cacete, bati com o meu pau na cara de Tatiana, e gozei furiosamente, enchendo de porra a carinha da loirinha, já desfalecida de prazer.
Era o meu primeiro, de muitos encontros com Tatiana.
Quer provar o limite do prazer, fêmea gulosa? 30cm de extrema virilidade?
Me adicionem!!
Foto 1 do Conto erotico: A INJEÇÃO

Foto 2 do Conto erotico: A INJEÇÃO

Foto 3 do Conto erotico: A INJEÇÃO


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


81073 - NA PRAIA COM JULIANA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
81078 - Tamanho é documento!! (A iniciação de Fabiana) - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
81085 - O CAVALO E A CAVALA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
81269 - Corno humilhado, esposa arrombada, casal feliz!!! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil anaconda
anaconda

Nome do conto:
A INJEÇÃO

Codigo do conto:
81531

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
07/04/2016

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


Meu funcionario da minha empresa ele era gay eu levei ele pro motel conto eroticoContos eroticos de pirapora mgcontos de sexo com caminhoneirosadoro ser encoxada linha vermelha 2017Conto eu acordei sentindo uma coisa dura no meu cuzinhocontos eróticos sou puta submissa do meu filho incestoconto - gorda esfomeada por porraconto erotico minhas esposa quer outra picaconto erótico traidoraempinando o rabo contos traficante pirocudo contos e fotoscontoseroticos minha mulher de o cuzinho para o capataz roludoconto erótico gay com vizinhosafado boca duramilitares rabudas contos Gibi pornoFamilia tarada capitulo 1hq sexo entre pai e filha / onde ela estácontos pornor gey currada de garotosultimos contos sadoconto erotico reuniaoesposa putinha aposta boqueteconto erótico sozinha com papaina casa dos meus tios fui passar minhas férias incestoconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntacontos negao e velhaconto bundonagostosa mostrando seu bucetaoconto erótico primeira vez sexo com a velha gordacontos gay marinheiro roludoviado bebendo porra e mijo do peão contos eróticos gayscontos cdzinhassexo e traição contosconto erotico-tomei 3vezes no cu de saiaconto herotico brechei minha mulher em casa transando com quatro homemeu minha esposa e outro casal contoshentai mulher maravilhaabrindo a xaninha para receber pica conto eroticomaegravidafilhocontobranca de neve conto erótico conto erotico a menina do senhor carlosTo viciada na siririca contos eroticoscontos eroticos de meninas crentes violentadas.contos eroticos o tio pipoqueirocontos eroticos lesbicas exibicionistasContos vovo estrupa netaeroticoitaloeu levei minha filha pro motel pra eu fuder o cu virgem da minha filha conto eroticoconto erótico que menininha que mete gostosoturistas conto eróticocoto historia erotismo novinhataradapor srnhor de indefeconto erotico dona casa no quintalconto erotico na casa de repousobucetasPorno contos incesto mamaes ensinam tudo as ninfetinhas inicio orgiasconto sou loira vir meu sobrinho nuconto erótico esposa e amiga travestinaturista contoseroconto erotico com irmaoProfessora e o jovem conto eroticoconto erotico a esposa do chefe e os peõesZoofilia franco e belinhaporn corno contos eroticos amarrada e espancadaconto erotico amigaContos eroticos de padrinho gay dando a bundacontos minha irmazinha punheteiradei a xana contosContos eroticos com fotos de podolatria com a novinha metelonanoivasputaConto erótico filhinha safadinhacontos eroticos dando fabio vizinhocontos eróticos enraba.vom pau e enorme pepino e plugcontos eroticos de incesto ladroes pegando a novinha.conto erotico filha jigando pocker com o pai