Comeram minha esposa pra não me prender



Apesar de gostar de ver minha esposa com outros, é sempre consentido. O que vou contar aconteceu no feriado de carnaval desse ano e foi revoltante.

Viajamos para Londrina/PR afim de passearmos um pouco e conhecer gente nova. Pedi pra Camila se vestir como eu gosto: roupas curtas, salto alto, maquiagem. Ela obedeceu: naquela noite usava um vestido bem justo, que terminava logo abaixo da sua bunda e deixava as costas à mostra, salto alto e maquiagem realçando sua boca e expressões.
Saímos do hotel e enquanto íamos ao carro pude perceber vários olhares senso desviados para ela. Em um momento ela brincou:
- Estão me comendo... Com os olhos, amor - e riu.
Percorri boa parte da cidade procurando algum lugar interessante para irmos. Passando por uma rua deserta percebi que o carro atrás de nós ligou a sirene, pedindo para que encostassemos.
- Só faltava essa. - reclamei
Parei o carro e tão logo o desliguei um policial apareceu na minha janela pedindo documentos. Entreguei e perguntei qual o problema, se eu tinha feito algo errado. O policial se irritou com minha pergunta e pediu para que eu saísse do carro.
-Vejo que temos um questionador aqui. Voc bebeu?
- Não.
- Mas vai beber, não é?
- O senhor não pode me punir por algo que não fiz.
- Souza - chamou o outro policial que estava ao lado da viatura - vamos revistar esse carro.
O outro policial foi até a porta do passageiro e pediu pra Camila sair do carro. Ao verem aquela mulher com o vestido minúsculo os policiais ficaram malucos.
- Entre no carro, vamos conversar com essa puta.
- Ela é minha esposa.
- Nós vamos decidir isso.
Souza pegou Camila pelo braço e levou até a viatura. O outro, Bosco, pediu pra que eu entrasse no carro ou teriam que revistar melhor e encontrar coisas no carro. Fiquei com raiva e entrei. Ouvi Camila pedindo para que não fizessem nada. Eu sabia que eles não iriam ouvi la.
Pelos retrovisores pude acompanhar tudo. Colocaram minha esposa com as mãos no capo da viatura e a revistaram. Enquanto Souza passava as mãos no corpo dela, Bosco fazia perguntas. Um cena me deixou realmente irritado. Quando o policial passou a mão na parte interna das coxas de Camila ela empinou a bunda. Ela estava gostando daquilo! Eles perceberam isso. Tiraram um lenço e limparam o batom da boca dela para depois a beijarem. Ela abriu a calça deles com suas mãozinhas experientes.
Camila agachou e chupou o pau dos policiais. Podia ver sua cabeça se movimentando. Sai do carro mas fui ameaçado. Camila parou de chupar, me olhou com aquele olhar de safada:
- Tá tudo bem, amor. Entra no carro e me espera.
Aquilo me deu uma raiva! Obedeci e continuei acompanhando pelos retrovisores. Bosco pegou Camila pelos cabelos e a jogou no capo de costas pra ele. Levantou o vestido, afastou a calcinha pro lado e meteu. Camila gemeu alto o suficiente pra que eu pudesse ouvir. Bosco estourou sua calcinha, com uma puxada brusca, amassou na mão e colocou na boca dela. A cadela ainda gemia com o pano na boca.
Bosco gemeu e caiu sobre ela, gozando rapidamente. Foi quando minha humilhação ficou pior: era a vez de Souza. O policial pegou minha esposa e a colocou da mesma forma que antes, só que no capo do meu carro. Enquanto socava dizia: Agora você aprende a respeitar PM, seu corno!
Camila gemia, pedia pra ir mais rápido e apanhava. A cada gemido ela levava um tapa. Enquanto Bosco tinha gozado rápido, Souza demorava. Camila pediu pra ele colocar na bunda.
- Por favor, mete atrás Senhor. - pediu em meio à gemidinhos. Ela estava suada, a maquiagem toda borrada, parecia uma puta qualquer.
O policial cuspiu forte no rabo dela e meteu. Camila tinha a calcinha da boca, mas nesse momento ela mesmo a colocou, mordendo forte o pano. Vi em seu rosto a dor e prazer. Apesar de estar contrariado meu pau estava duro.
Após algumas estocadas no cuzinho apertado da minha esposa ele gozou. Tirou a calcinha da boca dela e limpou o pau. Entrou na viatura e foram embora. Quando Camila entrou no carro percebeu que eu estava bravo.
- Você estava gostando?
- Não vou mentir que não, mas eu tive que fazer isso, eles ameaçaram nos prender.
- Por qual motivo?
- O motivo que eles quisessem. - me leva embora, tô cansada. Quero me lavar e dar pra você.
- Quero te comer assim.
Entendi que Camila fez o que precisava pra não nos prenderem. Ali na rua abri suas pernas e lambi todo o gozo das autoridades. Camila sentou no meu pau e cavalgou do jeito que sabe pra me fazer gozar rápido. Há muito tempo não comia minha esposa no carro. Já não tinha receio que aparecesse algum policial, Camila resolveria.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cristina23livre

cristina23livre Comentou em 21/05/2016

gostamos muito beijos

foto perfil usuario

Comentou em 10/05/2016

Delicia de esposa, parabéns amigo

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 09/05/2016

bem, corno é corno em todo lugar, e se deu tesão ha ambos melhor, votado.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


61101 - A santinha virou puta... E eu corno. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
70755 - Estupro bandido - Categoria: Gays - Votos: 9
81366 - Corneado pelo amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
81691 - Corno, mas contrariado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico fabio000

Nome do conto:
Comeram minha esposa pra não me prender

Codigo do conto:
82996

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
08/05/2016

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eróticos putinha de negaocontos eroticos tio com sobrinha virgemconto erotico gay filho da patroaconto eroticoficcao professorconto minha esposacontos maninhaMinha mulher disse pra eu fuder a buceta da minha filha na frente dela eu fudi a buceta da minha filha e fudi minha mulher elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu fuder seu cu virgem conto eroticoNeusa e o afilhado porno quadrinhos conto erotico gay no posto da brcontos eróticos o velho italiano no hotelconto porno velho roludovideo porno roludo cornedo novinha xvideo.comquadrinhos porno maesmundo hertai contos erostico travesti categorias sedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosBoquetera no glory holeespiando o pescador bem dotado sem cuecavomto erotico pau mostro com vigemporno amador novinha tendo orgasmo prolongadonifetinha do interior na orgia com os peoes da fazendacontos viado mamando o pau do irmao dotadocontos porno menininha indefesaContos coroas bucetudasfilhaputacontoContos eróticos troca trocacontos eróticos- minha maninha na roda com amigosconto erotico com dedo no cu novinho e fotosmundo hertai contos erostico travesti contos eroticos gay me apaixonei pelo meu irmaobelas picas de homens tipo de cavaloconto erotico porno com conhada evamgelliga veio pergaxana cazeira piludaContos eroticos.eu e os velhinhos no grupalxupei pau no cinema contocontos eroticos seduzindo meu cachorro e ficando grudada com elea mae do amigo , conto eróticoSogra quadrinho rabaoultimos conto sadocontoei maridp wueris chifrexonto erotizo pai tir pregAS Fihavideos porno familia tio em quadrilhosBucetona gostosaConto erotico.bebe roludocontos erótico com mulheres com 35 zanos separadas ou viuvasfilhaputacontowww.nora tarada contos e fotospai foi viajar conto eroticoconto erotico gey com foto o pedreiro negãocomeu meu cuzinhoconto erotico de ninfetaputinhasafadadei pro cara de pau pequeno contos gayqueriasercornocontoeroticoirmãoscontos eroticos de madrasta nuano carnaval conto eróticocontoerotico ivancarlosluPrimo comendo esposa do primoporno goza ate dismaiarconto erotico maninha funkeiraConto erótico filhinha safadinhacontos eróticos gay irmãoContos de mulheres casadas abraçada com o marido levando no cuzinho no onibus lotado freira 13 amo.punheteirascontos super eroticos estrupei minha filha inocenteconto+com+foto+madrasta+fudendo+com+enteadoporno zoofilia enchendo um copo com porra de cavaloquadrinhos eu fiquei sem intervalo porqueContos eroticos sexo com vovôcontos eroticos coroa dando gostoso p 2novinhosnamorada tio contoconto erótico ensaio fotográficocontfo xota cu filhinho choracontos eroticos corno por acasoanos-90 mineirinho suor amigo contos gayscontos eroticos bandido me fez comer a maepequei milha maes fudedo com um negao lopradoFotos arredou minha calcinha e me comeucontoeroticodfmenininhas gozadeirashostoria de sexo meu tios mimcomeuConto erotico perdi o cabaco no terracoconto erotico em quadrinhos o jardineirovendo foto da minha mae pelada que eu tireiconto porno me exibiram feito um trofeucontos eroticos fui comida por meu esposo,cunhado e sogri.https://vangogrostov.ru/conto/101171/867736/minha-vizinha-coroa.html