Comeram minha esposa pra não me prender



Apesar de gostar de ver minha esposa com outros, é sempre consentido. O que vou contar aconteceu no feriado de carnaval desse ano e foi revoltante.

Viajamos para Londrina/PR afim de passearmos um pouco e conhecer gente nova. Pedi pra Camila se vestir como eu gosto: roupas curtas, salto alto, maquiagem. Ela obedeceu: naquela noite usava um vestido bem justo, que terminava logo abaixo da sua bunda e deixava as costas à mostra, salto alto e maquiagem realçando sua boca e expressões.
Saímos do hotel e enquanto íamos ao carro pude perceber vários olhares senso desviados para ela. Em um momento ela brincou:
- Estão me comendo... Com os olhos, amor - e riu.
Percorri boa parte da cidade procurando algum lugar interessante para irmos. Passando por uma rua deserta percebi que o carro atrás de nós ligou a sirene, pedindo para que encostassemos.
- Só faltava essa. - reclamei
Parei o carro e tão logo o desliguei um policial apareceu na minha janela pedindo documentos. Entreguei e perguntei qual o problema, se eu tinha feito algo errado. O policial se irritou com minha pergunta e pediu para que eu saísse do carro.
-Vejo que temos um questionador aqui. Voc bebeu?
- Não.
- Mas vai beber, não é?
- O senhor não pode me punir por algo que não fiz.
- Souza - chamou o outro policial que estava ao lado da viatura - vamos revistar esse carro.
O outro policial foi até a porta do passageiro e pediu pra Camila sair do carro. Ao verem aquela mulher com o vestido minúsculo os policiais ficaram malucos.
- Entre no carro, vamos conversar com essa puta.
- Ela é minha esposa.
- Nós vamos decidir isso.
Souza pegou Camila pelo braço e levou até a viatura. O outro, Bosco, pediu pra que eu entrasse no carro ou teriam que revistar melhor e encontrar coisas no carro. Fiquei com raiva e entrei. Ouvi Camila pedindo para que não fizessem nada. Eu sabia que eles não iriam ouvi la.
Pelos retrovisores pude acompanhar tudo. Colocaram minha esposa com as mãos no capo da viatura e a revistaram. Enquanto Souza passava as mãos no corpo dela, Bosco fazia perguntas. Um cena me deixou realmente irritado. Quando o policial passou a mão na parte interna das coxas de Camila ela empinou a bunda. Ela estava gostando daquilo! Eles perceberam isso. Tiraram um lenço e limparam o batom da boca dela para depois a beijarem. Ela abriu a calça deles com suas mãozinhas experientes.
Camila agachou e chupou o pau dos policiais. Podia ver sua cabeça se movimentando. Sai do carro mas fui ameaçado. Camila parou de chupar, me olhou com aquele olhar de safada:
- Tá tudo bem, amor. Entra no carro e me espera.
Aquilo me deu uma raiva! Obedeci e continuei acompanhando pelos retrovisores. Bosco pegou Camila pelos cabelos e a jogou no capo de costas pra ele. Levantou o vestido, afastou a calcinha pro lado e meteu. Camila gemeu alto o suficiente pra que eu pudesse ouvir. Bosco estourou sua calcinha, com uma puxada brusca, amassou na mão e colocou na boca dela. A cadela ainda gemia com o pano na boca.
Bosco gemeu e caiu sobre ela, gozando rapidamente. Foi quando minha humilhação ficou pior: era a vez de Souza. O policial pegou minha esposa e a colocou da mesma forma que antes, só que no capo do meu carro. Enquanto socava dizia: Agora você aprende a respeitar PM, seu corno!
Camila gemia, pedia pra ir mais rápido e apanhava. A cada gemido ela levava um tapa. Enquanto Bosco tinha gozado rápido, Souza demorava. Camila pediu pra ele colocar na bunda.
- Por favor, mete atrás Senhor. - pediu em meio à gemidinhos. Ela estava suada, a maquiagem toda borrada, parecia uma puta qualquer.
O policial cuspiu forte no rabo dela e meteu. Camila tinha a calcinha da boca, mas nesse momento ela mesmo a colocou, mordendo forte o pano. Vi em seu rosto a dor e prazer. Apesar de estar contrariado meu pau estava duro.
Após algumas estocadas no cuzinho apertado da minha esposa ele gozou. Tirou a calcinha da boca dela e limpou o pau. Entrou na viatura e foram embora. Quando Camila entrou no carro percebeu que eu estava bravo.
- Você estava gostando?
- Não vou mentir que não, mas eu tive que fazer isso, eles ameaçaram nos prender.
- Por qual motivo?
- O motivo que eles quisessem. - me leva embora, tô cansada. Quero me lavar e dar pra você.
- Quero te comer assim.
Entendi que Camila fez o que precisava pra não nos prenderem. Ali na rua abri suas pernas e lambi todo o gozo das autoridades. Camila sentou no meu pau e cavalgou do jeito que sabe pra me fazer gozar rápido. Há muito tempo não comia minha esposa no carro. Já não tinha receio que aparecesse algum policial, Camila resolveria.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cristina23livre

cristina23livre Comentou em 21/05/2016

gostamos muito beijos

foto perfil usuario

Comentou em 10/05/2016

Delicia de esposa, parabéns amigo

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 09/05/2016

bem, corno é corno em todo lugar, e se deu tesão ha ambos melhor, votado.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


61101 - A santinha virou puta... E eu corno. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
70755 - Estupro bandido - Categoria: Gays - Votos: 9
81366 - Corneado pelo amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
81691 - Corno, mas contrariado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico fabio000

Nome do conto:
Comeram minha esposa pra não me prender

Codigo do conto:
82996

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
08/05/2016

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


pai fica com tesão da filha na praiaviu i primo sibdando e foi logo chuparconto erótico: patroa dando bucetarabuda filho quadrilhospausudo faz gostosa desmontargravidezcompeniscontos eroticos sogro exibicionistacontos eroticos hetero com gays com fotoscontos eroticos meu vizinho chupava minha bucetinha entroca me dava bombonsContos eróticos com bebês CarlosConto erotico meninasnovimha transando em mamausclimax conto eroticoviciada em negros contosporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porracontos consulta no ginecologistanegras bucetas mozcontos gosou.na deficiente fisicaContos eroticos de avo e netacontos eroticos trepando com o sograo 2conto erotico transei com um caofragante na.esposa no barzinho contos eróticostio mete no cu da subrinha de chortinho na cuzinhaentai histórias em quadrinhos reforma na mansãocontos cdzinha fodida analcache:96w4Biafn4wJ:mozto.ru/fogoma Contos ertico em quadrinhos. O cabao nasce outra vezquadrinhos eroticos de bbcMinha mãe transava na minha frente contosconto erotico podemos presentede formatura da madrastacontos dopou irmã fuder guadrinhoxxv so novinhas dado cu e nao aguerta dar por que ele tem pal grade mais ele perga aforca[email protected]conto erótico transei com o namorado da minha filhacontos eroticos escada predioconto erotico meu marido tem o pau pekeno e virou corno maso dei para meu amante na frente delecontos erotocos.comde namorados virgembu2eta sou puta dei meu neto me foderPorno conto casada milf e o frentistaconto erotico minha namorada dançando forro com meu tionovinhos cafucus piroculdoscontos todos sabiao q o super dotado iria fuder minha namoradacontos eroticos gays comi meu pai parte 1leke com cu lizinho iniciado com negaopentelhudo conto gayConto erotico minha buceta ficou ixanda contos erotivos dominando a putinhacutuquei a buceta da minha esposa durmindomulher desmaiada engatada zoofiliapedreiros velhos gay contosfui durmi na casa da minha tia e ela deixou eu durmi no quarto da minha prima dlc ninfeta linda pornô safadinhacontos eroticos aiiii aiiii vi o pau do papaidormi bebado perdi as pregasconto erotico gay viadinho na academiacontos eróticos minha filha e meu amigocantoerotico belinhacontos eroticos estourei o cabaco da jessicacontos eróticos comi o cu da minha prima brincando de pique esconde Irma coxas contoconto erotico nora grávida no matocontos eroticos dando leitinho para a irma novinha dormirConto erotico com gostosa de camisolaincestoscontoseroticosconto erotico comento minha cunhadinhaconto erótico traidoraconto nao resistiu ao tesaozinho da amigobranquela+deliciosaconti erotico bisex curitibacontos eroticos gays com vaqueirosContis de corno esposa consola amigocontos eroticos top pag 91contos veridico de incesto cunhada casada fode com o cunhado pra pagar dividaContos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartoincesto excitante contos eroticosMateriais heroticos para mulheresCONTOS ESPOSA DOGGING NEGROcontos de casal de primeiro menagem com amante fixo.contos eroticos engravidar a. professoraconto erótico mão amiga grupal entre garotos gays com fotoscontos eróticos esposa tentando desvencilharbucetinho preferidacontos eróticos hipnotizei minhamãe parte2conto erotico gay peludoajudado pela esposa,cunhado pauzudo fode a sogra,contos e relatos eroticospeladas meladas de manteiga na bunda e buseta todavestiu shortinho incesto lesbica contosconto sempre quis parte2contos quadrinhos corno bissexualpintinho conto eroticobucetasconto erotico noite de nupciasver vidios di pornó meninas sendo estupadra ah força di quatro pociçao di quatro gemendo gostosocontos eroticos minha sogra mamou no meu pau e depoi choroulminha mãe irmã vovó conto eróticoConto erotico recem seios crescem tinham começando aparecerpornô grátis comendo o cu madre no coventocontos eróticos professor sendo enrabado e gostando