coroa casada : de madame a piriguete parte 1



Formamos um casal na faixa próxima dos 50 anos, bem situados, desfrutando da vida e isso inclui as fantasias sexuais,
Minha esposa, Selma, uma loira falsa, de 1,64m, 56 kg bem distribuídos, corpo em forma, vem de formação rígida e conservadora, e isso sempre a travou. Tipo madame, um pouco enjoada, esnobe, conservadora, recusava sempre inovar no sexo.
Com o tempo , e insistencia, fui estimulando-a a se liberar, e ela começou a usar roupas que mostravam melhor sua boa forma, mais justas, decotadas.
Com uns drinkes a mais, ela se soltava e ficava mais ousada, liberando um lado exibicionista que me excitava.Eu a incentivava a se exibir, e mostrava quanto isso me agradava.Passei a presentear ela com joias , perfumes e coisas finas, mas também com roupas muito curtas, decotadas e justas, sapatos de salto bem alto, num estilo meio vulgar , quase vadia.
Em casa iniciou esse modo de se vestir e começou a se excitar com isso. Percebia quanto isso me excitava e passou a gostar da fantasia. Começamos a sair na noite com ela vestida dessa forma, provocante, ousada, com cara de mulher fácil, oferecida. Os homens a comiam com os olhos e isso definitivamente a excitava, e a mim também. Estimulada por mim, ela passou a trocar olhares com os homens, na minha frente, flertava de forma descarada, e me confessou algumas vezes que se sentia uma mulher da noite. Se exibia, cruzava as pernas, expunha as coxas, balançava o pezinho, deixava o decote revelar parte dos seios, e sorria com jeito de vadia.
Passou a fumar com alguma frequência na noite e sempre bebia um pouco, se liberando mais e mais.Isso a deixava com visual mais erótico, sexy, e foi um passo importante para meu objetivo, que era realizar minha fantasia de corno, e ter uma esposa que se entregasse a outros, com prazer. Ela ainda relutava a se entregar a outro macho, mas era visível que se excitava com a idéia.
Surgiu uma festa de aniversario do ex motorista da empresa, e a mulher dele, uma vadia declarada, nos ligou e nos convidou, informando que todas as mulheres teriam que ir bem piriguetes. Minha esposa relutou mas acabou concordando com a ideia, de se vestir, junto com outras, como piriguete. Presenteei minha mulher com algumas peças mais marcantes, e ela, num primeiro momento, achou indecente, mas por insistencia minha, aceitou usar para a festa.
Após uns drinks, ela foi para o quarto se produzir, voltando a seguir para a sala, desfilando para mim, numa mini saia preta, de tecido drapeado bem fino, muito justa e curta, que deixava bem marcada a calcinha fio dental que usava, uma blusa tomara que caia, vermelha, bem decotada, um par de sandálias gladiadora vermelha, de verniz, de salto bem alto, complementada por gargantilha preta de couro, brincos de argola enormes, e tornozeleira dourada. A maquiagem era forte, marcante, com sombra escura em destaque, e as unhas vermelhas nas mãos e pés, batom bem vermelho, tudo isso a deixava com um visual erótico, parecendo uma puta, andando em passos lentos e curtos, de mãos na cintura, rebolando aquela bunda apetitosa, empinada pelos saltos altos....os mamilos duros, espetando a blusa, revelavam sua excitação. Ela então me disse : a tua periguete está pronta para a noite, acho que vou agradar.
Chegamos na festa e o ambiente era meio baixo nivel, com as mulheres vestidas de forma muito chamativa, bem piriguetes ,com jeito de vadias, o pagode rolando, todo mundo bebendo e fumando, os marmanjos devorando a mulherada.
Logo a minha mulher se juntou às demais, e começou a beber , fumar e dançar na rodinha , todas fazendo questão de se mostrar, de se exibir, de rebolar, com jeito bem vulgar, e minha mulher entrou nesse clima.
Fizeram varias fotos... de pé, sentadas de pernas cruzadas, de costas, abraçadas, empinando a bunda, destacando os decotes, se exibindo ao maximo,   e pareciam competir entre si no quesito qual se parecia mais com puta.Minha esposa, apesar de ser a mais velha, chamava a atenção , com seu jeito de coroa vadia, loira tingida, cara de safada, com sorriso de canto de boca o tempo todo, com sua bunda carnuda bem empinada, seu rebolado lento e chamativo, e os seios balançando no tomara que caia.
Estava num canto bebendo com meu amigo, observando as esposas, quando aparece um conhecido dele, irmão de uma delas, um negro alto, forte, cara de safado, chamado Ed, olhando a mulherada.Nos cumprimentou e logo disse : a mulherada tá muito piriguete, com jeito de quem quer dar...e se referindo à minha mulher, disse aquela coroa loira tem cara que tá querendo homem...rimos e falei ....é minha esposa, ela está bem, não acha ? ele apenas disse....a coroa tá com tudo em cima, acho que vou tirar ela para dançar, não se importa,né....respondi que ficasse a vontade, e ele se dirigiu à rodinha da mulherada, beijando todas, incluindo minha mulher....saiu da rodinha e foi buscar bebida...
Aproveitei e chamei a minha mulher, cochichei que o negro havia gostado dela e iria tirar ela para dançar, que ela fosse receptiva a ele....ela, já um pouco alterada pela bebida, apenas disse, claro, percebi que chamei a atenção dele, vou deixa-lo com mais vontade....ela disse vamos sentar um pouco, pega mais uma caipirinha para mim....sentou-se numa cadeira, cruzou as pernas, deixando subir bem a saia, passou a exibir as coxas, puxou a blusa para baixo, deixando mais decotada, e balançando o pezinho, bebendo, passou a olhar para o negro, sorrindo, de forma provocante, jeito de oferecida....agora parecia uma puta caçando....
Não demorou e o cara veio tirar ela para dançar, pegando-a pelo braço e disse apenas : vamos nos divertir....dançava e apertava ela, que se deixava ser conduzida, e como percebi, não oferecia resistencia à pegada do macho....depois de algumas músicas, eles pararam e ela se dirigiu a mim, foi falando que o cara dançava bem, era interessante, que a apertou e procurou apalpar suas carnes....eu disse que tinha gostado do que vi, e dei-lhe outra caipirinha... ela sorriu, recomeçou a beber, indo se encontrar com as outras mulheres na rodinha...
Enquanto isso, o tal Ed veio falar comigo, e foi logo dizendo que minha mulher gostou de dançar com ele, que iria pegar ela de novo para dançar....eu disse a ele para ficar a vontade, que se ela gostou, então está ótimo...ele, me testando, disse que ela era bem gostosa, e que ele não perdia a chance de pegar uma coroa assim, com esse jeito de periguete, com cara de safada, que ela ia gostar mais ainda.. e que voltaria a pegar a loira coroa para dançar...falei para ele que ela gostava de se vestir assim o tempo todo, que curtia chamar a atenção dos homens, de se exibir...
Dava para perceber que o cara estava com tesão por ela....vi quando ele chamou a irmã dele num canto e cochichou um tempo com ela...depois ele foi pegar mais bebida enquanto Marta, a irmã dele, falava com Selma, minha mulher...logico que o assunto deveria ser o Ed...apesar da cara de espanto inicial, Selma e Marta riam, enquanto bebiam e fumavam....

Selma voltou ao meu encontro e disse que a Marta revelou que o negro, seu irmão, estava excitado por mim,me querendo, e que quando ele fica assim , ele consegue o que quer...que ele adora uma coroa, em especial loira, sempre fez sucesso com coroas, sendo chamado de Touro por algumas, pelo seu poder e energia no sexo...vi que Selma estava excitada ao falar e então disse: vai tirar essa calcinha de vadia e deixa o rabo solto para quando for dançar com ele, mostrar que você é , alem de piriguete, uma piranha...ela apenas falou : farei o que mandou, vou gostar...levantou, pegou a bolsa e foi ao banheiro... voltou rebolando e ficava nitido que estava sem calcinha...ela reduziu ainda mais o comprimento da saia, que estava parecendo agora uma microsaia, com a bunda quase de fora, e o tomara que caia estava ainda mais decotado, mostrando boa parte dos seios... de pé, bebendo e dando uns passos de pagode, estava bem exposta, queria se mostrar e atrair o negro que a comia com os olhos....
Ed se aproximou e a pegou de novo para dançar....

continua


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario dom william

dom william Comentou em 14/06/2016

Coroa do jeito que eu gosto!

foto perfil usuario lulied

lulied Comentou em 08/06/2016

Muito bom esse conto. Essa coroa deve ser uma rampeira safada por gostar de usar esse tipo de roupa indecente. Me deu tesão.

foto perfil usuario paolosfortz

paolosfortz Comentou em 08/06/2016

Muito Bom! Belo Cenario para uma Esposa coroa e periguete.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


84642 - coroa casada : de madame a piriguete parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
85477 - coroa casada : de madame a piriguete parte 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
85899 - coroa casada : de madame a piriguete 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
86965 - coroa casada : de madame a piriguete parte 5 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
87177 - coroa casada: de madame a piriguete 6 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico aband

Nome do conto:
coroa casada : de madame a piriguete parte 1

Codigo do conto:
84542

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
07/06/2016

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Tirando a virgindade história em quadrinhocontos eroticosdando pela primeira vez e descobrindo ser bicontos eroticos ilustrada comi minha irma dormindocontos eroticos injecao cornoapaixonado por rabudas contoscontos obrigei minha.esposa a fuder.com meus amigoscontos eróticos sexo com o desconhecido na praia de nudismo Conto erótico gay grupal de meninosmulher que dá a b***** para gordinha pede soca gordinho só que é gordinhohantae ninfomaníaca chantagiadascontoeroticobailesexo com Anao super dotadoconto erotico de filho encoxando a mae em casacontos erotico velha estrupri meu sobrinhocontos porno engravidando a mamaenovinha da buceta e calcinha sujaContos eroticos programa com os meninos de ruaperdi as preguinhas do cu quando era pequenasexo gay de tapas na cara catarradasvideos de mulheres esfregando a buceta na cara do velhoteimagens de pênis enorme e grosso na bucetaPutaria no cio gaygibis de sexo gays piratas do sexoContos so gosta das grossas no cuContos sobre beijos e podolatriacontos vendi minha xanacontos eróticos depois do role fodendo putasela nao aquento mas pus tudo no cuzinho conto pornoliteralmente "papais" roludos pelados pecador usuariocontospornor de alagoasconto erotico de patricinhacontos eroticos pai e avôContos eroticos com coroasmarandro colocou a calcinha de de lado e meteu fundo na bucetabuceta de cadelas contos de sexo do fabianocontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra elegrossopenesconto erotico sozinho em casa com a enteadacontos sexuais pedreiro nos comeuComo foi bom comer minha irmaLiga da justiça porno gayContos gay pau pequenoconto erótico calcinha peõesNovinha da pensão Qudrinhos eróticoaquele safdo abuzou da minha garotinha no honibus contos heroticiscontos eroticos lesbicas com fotosHq hentay o ultimo desejoContos lesbicos a amante do meu maridonovinha tarada pelo sexo desenhocasada e seu conto eroticocontos eroticos pai e filhinha dengosaContos eroticos gozei na boca de uma gorotinho pela pipacontos porno velho da venda come mulher casadaconto eroticos mulheres que coloca chifrescontos eróticos Tambaba 2017contos eroticos nifetinhassexo:fotolesbicascontoalisando buceta de alula no onibuscontos eroticos a baba videocuzinhos todos estragados de rolas todos judiadosconto erotico funcionário gostosovidios porno brasileiro madrasta surrando a enteadagay peludo pauzudo 27cmContos eroticos minha esposa tem a buceta apertadinhaoamigos no mato contocontos incesto mechia no meu bumbumcontos eroticos flagrei meu melhor amigo comendo minha mae 1, 2, 3, 4, 5conto erótico terezasogra chego em casa e pego o genro de pal duro na cama dela xvidiopornoconto erótico fantasia com minha filhaporno conto eroctico de bucetas lesbicoamigos do namorado cachoeira contos[email protected]