O estranho do Bar



Bom, me chamo Alves, tenho 19 anos, 1,77 de altura, 60kg, magro mas com uma bundinha arrebitada sempre li contos aqui e me exito muito com as historias e resolvir relatar um conto veridico que aconteceu comigo a uns 15 dias atras .

Sou muito discreto tenho namorada e ninguem sabe que eu curto homens, desde os 18 anos, no qual me inciei com um amigo da escola, depois conto como foi.
Bom Vamos lá

Moro em Recife com minha mãe minha irma e meu padastro. Um certo dia a tarde, minha mãe que trabalha a noite em um hospital me pediu para eu ir na padaria comprar pão para ela levar ao trabalho para um jantar de funcionarios, prontamente troquei de roupa e fui.
Saindo de casa para ir a padaria q só fica a duas ruas apos a minha vejo um cara q me chamou atençao. Alto, magro, banquinho meio queimado do sol acho q deve ter entre 1,88, cabelo baixo, pelos aparados no preito, estava sem camisa e com um calção de jogador no qual eu tenho muito tesão. Ele me deu uma olhada e logo virou o olhar para o outro lado, passei por ele para ir a padaria, quando estava na esquina da rua olho pra tras e vi que o cara estava voltando em minha direção.

para ir a padaria teria que passar por um bar que estava bastante movimentado. entrei na padaria pedi o pão a senhora paguei e sai, quando estou voltando e olho para o bar vejo que o cara esta lá. pensei comigo, sera q ele quer alguma coisa ?

entrei no bar e finge que iria comprar um refrigerante, quando eu chego no balcão e peço um refrigerante ao senhor o cara aparece do meu lado falando

-Opa, Tudo bem ? ele tinha uma voz muito grossa e gostosa haha
-Eae, tranquilo e vc ?
-Estou bem.
Essas foram as nossas primeiras palavras
O dono do bar estava demorando para trazer o refrigerante. Ele me pergunta

-Qual o seu nome ?
eu prontamente falei
-Alves, e o seu ?
ele responde
-Andre, prazer em conhece-lo e apertou a minha mão e me disse você é lindo, deve ter varias meninas atras de você. e eu respondi q sim, nos dois rimos e ele me perguntou se eu bebia, eu disse que sim ele perguntou se eu queria um copo de cerveja, eu recusei q falei q não estava afim de beber.
Depois me perguntou se eu fumava cigarro, eu disse que de vez em quando sim, ele me ofereceu o cigarro que ele estava fumando,

-Quer um trago ?
respondi q sim, peguei o cigarro dele e dei um trago, ele me perguntou
-Ainda esta com o gosto da minha boca ?
eu respondi sim esta, sorrindo
ele tambem sorriu e disse que eu poderia ficar com o cigarro pra sentir o gosto dele. foi quando eu soltei
-Não precisa ser o crigarro pra eu ficar com seu gosto na minha boca. ele riu e disse
-Oq quer dizer com isso ?
-Nad, deixa pra la
ele insistiu
-Diga rapaz
-Não, relaxa

Finalmente o dono do bar me traz meu refrigerante, eu pago e dou xau ao andre, q logo em seguida me diz,
-Eu tambem vou embora.
Pagou a cerveja ao dono do bar e fomos caminhando em direção a minha casa. ele morava mais proximo q eu do bar, passamos pela sua casa e ele me diz
-Eu moro nessa casa, quer entrar um pouco pra gente conversar ?
respondi q pois tinha q levar o pão para minha mãe, ele respondeu.
-Leva la e depois vem q a gente conversa um pouco, gostei de vc, vc é legal.
respondi q blz, ja ja eu venho.
deixei o pão com a minha mãe e fui pra casa dele
Chegando lá bati na porta ele abriu e eu entrei.
O andre nem esperou eu entrar direito, me puxou pelo braço me deu um beijão na boca, foi uma delicia, o gosto da boca dele era muito gostoso, ele para de me beijar e diz
-Agora vc ta com meu gosto na boca
eu ri e disse q o gosto era uma delicia
ele fecha o portão da casa e fomos para a sala da casa dele foi quando perguntei sua idade, ele tem 28 anos
ele me jogou no sofa e continuamos a nos beijar, ele lambia meu pescoço, minha orelha meu peito, foi uma delicia, meu pau estava durasso e o dele tambem. ele estava sem cueca so com a bermunda, peguei no pau dele e ele pediu pra chupar
-Chupa meu pau meu putinho
prontamente abaixei a bermuda dele e que pau lindo, tinha uns 20 centimetros, reto da cabeça bem rosinha uma delicia, estav todo babado, comecei a chupar e ele delirava de prazer
-Isso, delicia, chupa o pau do teu macho, chupa meu putinho gostoso, aaaaiii.
depois de uns 10 minutos eu chupando o pau dele ele me levanta me da outro beijo e me coloca de 4 no sofa, tira minha bermuda, minha cueca e cai com a lingua no meu cuzinho. que delicia nunca tinham chupado meu cuzinho, fui aos ceus ele babou todo meu cuzinho eu gemia muito

-Isso meu macho, chupa meu cuzinho vai, delicia do caralho

depois dele deixar meu cuzinho todo babado ele se levanta e força seu pau no meu cuzinho. nesse momento eu estava louco pra ser penetrado e nem lembrei de camisinha. doeu muito mais foi virando prazer ele colocou toda aquela vara no meu cu apertadinho q fazia mais de 1 ano q não levava pica

-Ai, que cuzinho apertado, delicia minha putinha, rebola no pau do teu macho vai, rebola caralho. geme na rola do te macho igual uma putinha vai

eu gemendo como ele pediu, depois de ele me socar de 4 pediu pra eu sentar no seu pau.
ele tirou o pau do meu cu sentou no sofa e eu sentei naquela vara linda, cavalgava, rebolava e delirava de prazer e ele tambem. depois ele me colocou de frago assado e fudeu meu cu sem dó, confesso q doeu muito mas o prazer era maior, ele beijava minha boca e fudia meu cu todo
-Que delicia minha putinha, que cuzinho gostoso do caralho
-ai, me fode meu macho, delicia

Quando ele anunciou q ia gozar e aumentou a pressão no meu cuzinho q ja estava todo arrombado

-Ai minha putinha, vou gozar la dentro do seu cuzinho, aaaaah, aaah, porra
-Goza me macho, goza la no fundo do meu cu vai, aaaai gostoso

foi quando senti 5 jatos quentes de porra no fundo do meu cu.

-Ahhh, que delicia, porra, que cuzinho gostoso

ele se deitou por cima do meu peito e o pau dele foi muchando no meu cu e saiu sozinho. ele falou

-Caralho, que cuzinho gostoso da porra.
respondi
-Gostou ? quando quiser é so falar
-Quero todo dia esse cuzinho gostoso, pode passar aqui em casa toda tarde q a gente fode gostoso
tomamos banho juntos ainda chupei seu pau no banheiro e gozou na minha boca e pediu pra eu engolir tudinho.

depois disso nos ficamos varias vezes. depois contos mais das nossas fodas a vocês, espero que gostem. Valeu


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario marcoesandra

marcoesandra Comentou em 21/07/2016

Delicioso direto e cheio de tesao. Volte mais vezes

foto perfil usuario jwscampos86

jwscampos86 Comentou em 20/07/2016

Delicia de conto queria tar no seu lugar.

foto perfil usuario gatumfi

gatumfi Comentou em 20/07/2016

Aqui na minha cidade não tem nenhum viadinho pra sentar na minha pica




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico lulusafado

Nome do conto:
O estranho do Bar

Codigo do conto:
86529

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
19/07/2016

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


pornor filha senta nu pau pai na mesa de jantarconto mulher taradaconto erotico gay travesti velha escravizada por coroa pirocudocontos eroticos no escritorioconto a bunda da mamae na piscinaconto erotico troca trocacorno e viado na despedida de solteira contos eroticosConto eroticos com anã safadinhaconto erótico sobre 69 entre gêmeos gays com fotoscontos eróticos sobre secretáriadespedida de solteira pornhomem malhado visido de homem aranha com tesão e com voutade de dár o cu porno gayMinha esposa eu e nosso amigocontos eroticos o pirocudo do orfanatoconto erotico como fazer ela aceitarconto erotico eu fui passa minhas feria no sitio com minha maicontos eroticos no povoadocontoseroticos pegado a mulher do irmaoconto erotico mae e filho pausudo no onibusconto erotico de encesto e de boceta raspasda dormindo junto com ha minha filhacontos eroticos em dialogo ele e elaporno mae eroticopriminha durmindo na fazenda contos eroticosmarge bart cartoon fuckconto erotico caralhudoGooglo historias reais de incesto em quadradinhos pornoConto erotico 12 bucetinhatrai com meu genroEngravidei a mulher do meu vizinhoconto erotico de cocotascontos gay apartamentocontos eroticos mulher ficou viuva e o amigo veio consolarconto erotico o retorno do excontos erótico de mae filho filha e sobrinhaconto eroticos quatradinho travesti negro adoro o leite deles conto eroticohq porno freira dando o rabo para o meninocontos eroticos o cusinho da minha irma dinhasirirca pro meu filho contomeu pai me fez de putinha gaycantos fotos de gay novinho virgem com negao pirocudoconto erotico gay garotadaminha esposa e puta contocontos eróticos botei o pau na buceta de minha filha de sete anoscontos eroticos com namoradinha do meu filhocontos eroticos minha primeira inversaoContos que engravidou incesto realcuzuda sjriopardobucetas de bruço na camamae e novinho conto erotoicocontos heteros virando gay na pescaria contos eróticos gay Thiago e Binhoconto eroticos fuderam meu cuminha esposa numa dupla penetração contotomei gala de macho conto erotico gayme tornei mulher pelada dançando noContos Padrasto tirando cabaçoscontos eroticos irmao fode irmao e irma com seu cacete de 27cmnovinha com viu tetau repoladepilei a madrinha contoContos de zofiliacarnaval 2017 putaria de Mozcontos eróticos de pai pastorrelatos eroticos incentivei meu marido a fuder gostoso nossa filhatio tarado pega enteadanuaConto erotico. partilhei e Fodi o rabo da minha irmã de pai com um negroconto erótico de virgem sento estuprada por diretor escolarvideos de mulher e travesti e viado se arrombando com pau de boracha super grosoconto anal elevadorcontos eroticos o velho deu em cima da minha mulherQuerosuabucetaamoradolecentede18anos dandoabucetacontos gay advogadoconto sexo palmada marido contos eróticos de de gays que perdem virgindade no matotornei meu marido de corno mansoContos enfiano coiza grossa no cuconto erotico trepando com o irmao do meu namorado