Paguei e comi minha tia



Meu nome é Thiago tenho 30 anos e isso aconteceu a alguns meses.
Sou professor de história e sempre estou prestando concursos, surgiu um concurso pra fazer no Maranhão e resolvi prestar por ser uma boa oportunidade com um bom salário. Tenho uma tia lá e ela disse que eu poderia se hospedar de boa na casa dela.
Minha tia é uma coroa de 48 anos, viúva a muito tempo e que não tem nada de mais de atrativos. Ela é uma morena bem gordinha dos cabelos cacheados, mas é super gente boa.
Cheguei lá e como fazia muito tempo que não a via ela disse o quanto eu tinha crescido que estava um homem muito bonito.
Como no Maranhão todos os dias é um calor acima dos 30 graus resolvi trocar de roupa e ficar mais à vontade. Quando coloquei minha bermuda de jogar futebol percebi que minha tia ficou olhando no meio das minhas calças.
        Me ofereceu uma cerveja e como o calor estava insuportável peguei uma, ela tomou junto comigo, ficamos bebendo, conversando e rindo, quando ela começa a fazer aquelas perguntas de tia:
- E as namoradinhas?
- Ah tia ta fraco, eu disse.
- Fraco? Um moço tão bonito desses- disse ela rindo.
Fiquei encabulado e como já estava mais soltinho pelas cervejas perguntei:
- E você tia e os coroas?
- Ah, ta difícil, arrumar algum homem decente. E também não quero saber de velhos quero um novinho, velho não dá conta hahaha- disse ela- E também estou numa situação financeira dificil no momento estou precisando pagar umas dividas.
No momento que disse isso ficou triste e saiu pro banheiro. Fiquei sem saber o que fazer e aguardei um pouco.
Quando voltou percebi que ela havia chorado veio enxugando as lágrimas e tentando disfarçar.
Está tudo bem tia?- Perguntei a ela.
- Me desculpe por ter me emocionado um pouco, mas ainda bem que você está com bom emprego, deve ter muita mulher no seu pé- disse ela tentando dar um sorriso forçado.
- Ah tia, mas você ainda ta bem, com tudo em cima deve fazer sucesso por aí.
- Quem dera meu filho, fiz quando era mais nova, agora ninguém me quer mais.
Você que pensa- Disse isso, tomei coragem e fui chegando perto dela e disse:
- Tia, eu posso te ajudar financeiramente já que vou ficar uns dias aqui, posso pagar minha estádia.
Fui chegando bem perto, e vi que ela foi ficando assustada.
- E também se você quiser posso pagar por outros serviços.
E nisso dei um beijão nela abraçando encostando meu corpo no dela e roçando meu pau duro nela.
- Você ta louco menino? O que deu em você?
Segurei ela e dei outro beijão e ela conrespondeu, e sem perder tempo já foi pondo a mão no meu pau e apertando.
Coloquei os peitos dela pra fora que já estavam meio caídos pela idade e comecei a chupar com força, ela suspirava e
estava doida de tesão.
- Que tipo de serviço disse ela com um sorrisinho sacana?
- Ah tia, quero foder você gostoso.
Ela ficou louca quando eu disse isso e me beijou com força, foi desabotoando minha calça e colocando meu pau pra fora. Se ajoelhou ali mesmo na cozinha e engoliu meu pau como se estivesse com fome. Chupou bastante passando a língua nele todo e batendo na cara. Que chupeta maravilhosa, olhava nos meus olhos e dava um sorrisinho de safada pegou na minha mão e colocou no cabelo dela. Segurei e comecei a foder a boca dela, me empolguei e puxei com força, ela falou pra ir com calma que meu pau era grande. Nunca imaginei que minha tia fosse tão safada. A chupeta estava tão boa que falei que se ela não parasse eu não ia aguentar, parece que ela se empolgou mais ainda, começou chupar com mais força e colocar tudo na boca. Gozei fartamente e dei um grito, ela não tirou da boca e continuou chupando, fiquei com as pernas meio mole. Ela abriu a boca mostrou que estava cheio de porra, engoliu e abriu de novo a boca colocando a língua pra fora mostrando que tinha tomado tudo, continuou dando uns beijinhos na cabeça da minha rola e continuou chupando, meu pau ainda continuava duro mas estava bem sensível, puxei ela pra cima dei uns beijos e falei para irmos para o quarto.
Chegando no quarto já dei uma encoxada naquele rabão dela e ela rebolava com gosto, meu pau já estava estourando de novo.
Falei no ouvido dela que ela era muito gostosa que ela seria minha puta. Ela adorou ouvir aquilo deitou na cama e ficou me olhando com carinha de safada.
- Vou fazer tudo o que quiser. Vem foder sua puta.
Fui beijando ela e descendo pelo seu corpo, quando fui chegando perto da sua boceta ela começou a se contorcer.
Chupei com gosto aquela buceta, não estava lisinha como eu gosto mas tinha um gosto muito bom, ela gemia muito, aproveitei pra virar e começarmos a fazer um meio nove. Conforme e enfiava minha língua naquela buceta ela engolia meu pau e enfiava mais na garganta.
Sai daquela posição e me posicionei de frente pra ela. Fiquei passando meu pau na entrada de sua boceta e ela ficou louca, pedindo põe por favor, me fode. Adorei ouvir ela implorando, e só por isso demorei mais pra colocar. Fui colocando devagar e ela foi rebolando, a buceta dela era bem quentinha uma delicia, fui entrando e indo devagar aproveitei pra chupar mais os seios dela. Ela falou pra foder ela que meu pau era gostoso. Abri bem suas pernas e fui metendo enquanto ela se masturbava, ela anunciou que iria gozar então acelerei nas metidas, ela deu um grito e ficou toda trêmula, continuei mais um pouco e gozei junto e aproveitei pra deitar do seu lado.
Ficamos um tempo sem dizer nada pra recuperar o fôlego, foi então que ela falou que eu era um safado, que não esperava por isso. Que lembrou de um tempo quando ela foi pra São Paulo tentar a vida e teve que trabalhar um tempo no puteiro da rua Andradas em São Paulo, falou que eu era um dos únicos da família que agora sabia disso.
Disse que conhecia aquele puteiro e que já tinha frequentado, que gostava de transar com prostitutas porque elas faziam o que a gente queria e não enchia o saco depois. Ela deu risada, e disse que seria a minha puta. Ao ouvir aquilo meu pau já começou a endurecer de novo. Falei pra ela então de costas pra mim, que iria comer ela de ladinho, ela se virou e foi rebolando no meu pau que ficou bem duro de novo, comecei a abrir as nadegas e meter enquanto beijava seu pescoço, meti assim por um tempo, ela pediu pra eu comer ela de quatro, rapidamente ela ficou de quatro toda aberta, comecei a meter ela gemia e pedia, mete mais forte, vai fode sua puta, me come. Parei um pouco ela se assustou, dei umas linguadas no seu cuzinho, ela dizia “ai que delicia, vai comer meu cu, vai? Vai foder o cu da sua putinha?” Fiquei louco quando ouvi aquilo fui comendo sua buceta de quatro enquanto enfiava meus dedos, brinquei bastante com seu cuzinho, ela disse que fazia muito tempo que não dava o cu, que estava louca pra sentir um pau gozando nele. Tentei colocar meu pau em seu cuzinho, ela disse que daquele modo ia doer, pediu pra ir de ladinho, resolvi fazer do jeito que ela pediu, ela segurou colocou na direção certa e fui colocando devagar, no começo meu pau teve um pouco de dificuldades, fui colocando devagar mas depois entrou fácil, ela se excitou demais, gritava pra foder o cu dela. Ficou de quatro continuei metendo no cuzinho dela com força, puxei seus cabelos e ela adorou, dei uns tapas na bunda dela e ela pediu com mais força, vai fode o cu da sua puta. Ela começou a se masturbar e gozou de novo, comecei a meter com força e quando fui gozar dei uma enterrada no seu cu e gozei fartamente de novo.
Descansamos um pouco trocamos poucas palavras e acabei pegando no sono. No meio da noite acordei ela estava dormindo do meu lado, olhei aquele rabão arrebitado e como estava com pau duro já fui encachando, minha tia acordou e começou a rebolar de novo, aproveitei pra meter muito, dessa vez comi em várias posições, ela cavalgou no meu pau de frente de costas, peguei ela de bruços, comi o cu dela de frente colocando uns travesseiros por baixo e acabamos pegando no sono de novo, até cansarmos de novo, Ela reclamou que estava com o cu arrombado. Mal ela sabia que ia tomar muito no cu naquela semana.
De manhã levantei fui no banheiro tomei uma ducha, voltei pro quarto minha tia ainda estava dormindo e eu de pau duro, coloquei na boca dela, ela foi acordando e já abocanhou, chupou por um bom tempo até eu gozar de novo. Naquela semana toda que fiquei até chegar o dia da prova comi muita minha tia, não consegui nem sair com outras mulheres naquela viagem.
No final dei mil e quinhentos reais pelos serviços e fiquei esperando pelo resultado da prova pra voltar pra cidade da minha querida tia.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 07/02/2020

Adorei, vc escreve bem pra kralho

foto perfil usuario p2brocador

p2brocador Comentou em 22/07/2019

Dleicia sortudo em em ter uma tia puta assim... Completa!!

foto perfil usuario nhocasoba

nhocasoba Comentou em 14/01/2017

Muito bom conto!!!Parabéns!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


95569 - Prima deixou chupar o sorvete que caiu em seu seios - Categoria: Incesto - Votos: 4
95573 - Comi minha vizinha no banho na casa de praia - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
95576 - Eu e meu amigo comemos a garota da internet. - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
95662 - Garota do projeto me chupou - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
95784 - Comi minha amiga professora MILF tatuada com o marido dela olhando. - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
95989 - A sobremesa da minha tia - Categoria: Incesto - Votos: 6
96027 - A sobremesa da minha tia (parte 2) - Categoria: Incesto - Votos: 9
96071 - A mineira casada que não parava de falar na hora da transa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
96393 - Vinte anos depois realizei o sonho com a garota que conheci na adolescência - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
96702 - Comi o cuzinho da casada da internet - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97799 - Peguei a faixa preta e ganhei o cuzinho da minha amiga de presente. Melhor dia da vida - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
108490 - Minha ex-aluna, serviço completo. - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
108829 - Ex aluna safadinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
109157 - Ex aluna safadinha 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
109723 - A coroa chupou eu e meu amigo no churrasco - Categoria: Coroas - Votos: 4
113222 - Deu o cu por arrependimento - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
134672 - Me fantasiei de médico no carnaval e fiz um exame completo numa amiga casada - Categoria: Fetiches - Votos: 3
137439 - Aluna pagou aula de Personal com o cu - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
137976 - A casada deu pra mim no banheiro e depois pro marido no quarto - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
139880 - Ganhei um boquete surpresa no meu aniversário - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
141709 - A travesti me chupou na garage. - Categoria: Travesti - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico chicharito

Nome do conto:
Paguei e comi minha tia

Codigo do conto:
95543

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
13/01/2017

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


ele gozou dentro conto gayConto erodico ouvi minha mae se masturbandohentai gravida de saposconto erotico meu namorado na praia de nudismobuceta grande greluda da coroaentiadacontoeroticocontos eroticos coroa forróempregada fotos pornoconto erotico pedreiro pegou minha esposaporno doidotarado-come-a-mae-e-a-namorada-na-mesma-safadeza.htmlTeacher e cavalo contos eroticospescadordebucetascontos eroticos entiada guloza e manhozaconto eróticopauconto erótico melinecontos erotico casada bunduda submissaQuadrinhos eroticos senhorascontos eroticos menina de ruaConto erotico gay rasgaran meu cuConto encesto paizoofilia contos eroticosconto erotico de mulheres dona das malheres bucetado mundoContos heroticos gay novinho primo aforcacontos eroticos camioneiro dando carona pro gordinhoCONTOS FOTOS EROTICOS SOGRAS E GENRO PIROCUDOporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhoContos de vasectomiaCamila minha enteada com a b********contos perdendo a virgindade a força com minha irmacontos eroticos de mullheres que aman barbearianegros magros cinquentoes fudendo outroconto mulher de corno viciada naõ pode ver um macho e cu fica piscando por rolamother and son cartoon pussyHertaisexo em quadrinhosConto erotico me perdoa amorBunda brancacontoeroticodfconto meu compadre senhor negrocontoseroticosporno en quadrinho condo a mamaicontos o negao roludo fudeu a mulher do cara chato e siumentopirocudo fudendo cuzinho apertadoda égua com a buceta piscandocontos eróticos puxou a calcinha e meteu a rolaTransando com IrmãsContos eroticos com fotos de podolatria com a novinha metelonaconto erotico em quadrinho sexo Mt gostosomotorista da van gay contoconto erotico fudeno a sogracontos eroticos gay forçadocontos com fotos comendo cu travesti bebadatroca de casais conto eroticocontos erorito puta cachorrairma mais velha sentada no meu colo pra asistir tv contosconto erotico fazenda casada veterinariaconto erotico a mulher do.meu irmaocontos de gajas que gostam de um caralho no cu e outro na conaconto erotici de casal que trasa com mulher mais novinha orguiaviciada em porra conto viciadaporno de engravidando a mamae hqcontos eroticos apostacontos eroticos gay o nilmaconto com foto de mae qierendo da o cuConto erotico comendo a noiva e estrupandosobrinha preferida contoscontos eroticos com ai ui e palavroes e gimidos com maquinas de fodeConto erotico primacontos erotico minha mulher e os fugitivos do presídiowww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro pauzudo escondido da filhaContos eroticos punheteiro de cadeia.ALEX_pirocudo.spcontos espiei no banheirovi meu concunhado quase matando minha cunhada com uma rola enormecontos veridico travesti bem dotado,fodi o cu e a boceta da minha irmax videos loiraporno contos eroticos mae do amigocontos de adolecentes falando de desejo eh tesaopunheta na adolescência contos eroticosdoce nanda contos eroticoscontos eroticos meu pai me forcouminha mae me amara para meu pai me comer a bucetaconto erotico com o amantecontos heroticostravestidormindo irmao gozaboca vidiopornoContoeroticopatroa atoladaconto erotico bora puta abre o cu