Vista da Vizinha



Vi ela no quintal depois de uns dois meses que mudei pra cá... Depois que separei morei um ano em uma kitnet, aqui no Sul de Minas, mas agora achei que tava na hora de mudar pra uma casa normal, com quintal, churrasqueira e principalmente garagem, tenho moto e carro. Dei entrada e financiei o resto. A casa tem dois quartos, uma suíte e um pequeno escritório no piso superior, no inferior ficam a sala, cozinha, um lavabo e a garagem. A suíte tem uma sacada que dá pros fundos do lote, com uma boa vista do entorno, área de reserva protegida, muito bom. Mas também tem vista pra... vizinha! Um bônus que veio com a casa, sinceramente sem eu ter pensado nisso. A mulher do vizinho tem a mania de tomar banho de sol! Eles não tem piscina, nem eu, mas mesmo assim a dona (bonita e gostosa!) insiste em colocar um biquíni, estender uma toalha e ficar lá deitada, toda relaxada, bronzeando... adoro ver ela lá, claro! Do meu quarto pra sacada, tem vidro em toda a parede, cortinas, enfim, vejo sem ser visto! De camarote, como se diz! Sou desenhista Técnico e isso significa que a maior parte do dia trabalho em casa, fazendo os desenhos pros arquitetos e engenheiros da vida, só saio pra entregar os desenhos, negociar outros e medir as obras. É uma bateção de punheta entre um desenho e outro que vcs não imaginam! Ela toma sol de barriguinha pra cima, vira, de bumbum pra cima, uma delícia! O corno do marido nunca vi junto com ela, mesmo ele estando em casa. Deve ser vampiro ele, que tem medo de sol... com o tempo fui fazendo amizade com eles, na hora de lavar o carro, hora de sair pra passear o cachorro, encontrar na mercearia do bairro, etc. Diná ela chama. Muito comunicativa, principalmente em relação ao marido, um tipo fechadão. Um dia não tava afim de ir até a academia, mas pra não perder o pic resolvi dar uma caminha mais rápida em volta ali das quadras do bairro mesmo. De repente cruzei com a Diná, metida numa roupa daquelas “embalada a vácuo”, e ela tava uma delicia! Nos cumprimentamos como deu já que estávamos em direções opostas... mas assim que nos encontramos noutra ocasião no supermercado, ela puxou assunto, me elogiando pela boa forma e preocupação com saúde! Adorei a iniciativa dela e dei trela, elogiei ela também, e vendo que ela gostou, emendei que “achava ela muito bonita tomando sol, espero que não se importe, mas do meu quarto é quase impossível não ver vc”. Ela sorriu, e disse que já imaginava isso, e que não se importava de maneira alguma, “antes pelo contrário”. Finalizou a conversa com essa frase misteriosa, deu uma piscada e seguiu após se despedir com um beijo em meu rosto! Estou imaginando coisas ou ela me passou aquela cantada? Mas a mulher é casada, caraio! Passou uns dias, tinha até esquecido, e numa quarta feira estava queimando os neurônios num desenho particularmente difícil, era umas três da tarde, desci na cozinha pra fazer um café forte, subi com a caneca mas antes de entrar no escritório lembrei de “checar” a vizinha... lá estava ela, deitada com a bunda pra cima... nua! Nua e com a bunda virada pra minha janela! Fiquei ali tentando ver melhor os detalhes, bebericando o café e alisando meu pau... deu uns cinco minutos e ela virou, ficando com a barriga e as tetas pra cima! E claro, a buceta virada pra minha janela! Dois minutos e ela abriu as pernas! Maravilha! Já tinha acabado o café e arriado a calça, me acabando numa punheta atrás da cortina quando ela começou a cutucar a xoxota! Ela estava de óculos escuros e viseira, mas tive a impressão que ela estava me olhando na janela! Sabia que ela não me via, havia a cortina, meu quarto escuro e muita luz do sol do lado de fora, impossível ela me ver, mas ela estava olhando, como se soubesse que eu estava la, olhando ela! A cutucada foi virando uma siririca, e logo ela estava se masturbando desavergonhadamente, arreganhando as pernas, apertando as tetas, se contorcendo... esporrei litros dentro do quarto, ela lá se dando prazer! Ela deve ter gozado, ficou meio quieta, deu uns dez minutos, levantou e recolheu as coisas e entrou dentro da casa. Eu fiquei daquele jeito bambo que a gente fica depois de esporrar. Custei voltar a razão, desci pra beber uma agua, guardar a caneca do café... de repente o interfone chamou! Era Diná! Queria falar comigo! Deixei ela entrar, estava vestida normalmente, bonita sem duvida, mas não estava tipo piriguete. Eu não estava a vontade, tentando entender o que ela queria... com muito custo, já sentada no sofá, ela me explicou que queria meu numero de telefone pra incluir num grupo de proteção a vizinhança que ela estava criando, por causa de movimentação suspeita e furtos no bairro, sendo parte do grupo eu ficaria informado e poderia também informar se visse algo errado no bairro. Passei o meu numero meio a contragosto, conversamos mais umas amenidades, e então ela perguntou se podia ir na sacada do meu quarto ver como era a vista que eu tinha da casa dela! Deixei, claro, mostrei o caminho, introduzi ela no quarto, estava escuro, a cortina ainda fechada, acendi a luz logo atrás dela... e então ela parou no meio do quarto, custei entender o que ela estava vendo... a pocinha de porra na beira da janela! Completamente sem graça, abri a cortina, a luz entrou... mas ela fez questão de olhar pra pocinha e olhar pra mim, como que esperando uma explicação! Falei que tinha derrubado creme hidratante e nem tinha percebido! Nossa, que idiotice! Mas foi o que consegui responder, e fui no banheiro da suíte pegar papel pra limpar minha porra no chão! Ela sorriu maliciosamente me vendo limpar o “creme hidratante” no chão... era evidente que eu tinha me masturbado vendo ela pelada se tocando... Ela então foi na janela, abriu a porta de vidro e se debruçou no guarda corpo da sacada, avaliando a vista privilegiada do quintal dela mesma. “Eu estava tomando sol agora a pouco, vc viu?” respondi que não, que estava ocupado desenhando e não tinha visto. Não convenci nem eu mesmo, não sei mentir... “Perdeu, eu estava sem roupa alguma dessa vez, uma pena”... Passaram uns minutos intermináveis, ela me olhando, esperando eu agarrar ela, eu me recolhendo... sem mais o que fazer, ela começou a se retirar... mas já na porta ela não aguentou e foi direta: “Vc por acaso é gay? Tou me oferecendo pra vc e vc nada!” Acuado assim, não tive mais como me esquivar: “Não, Diná, não sou gay, apenas não quero problema com o Paulo, teu marido! Vc é muito bonita, muito gostosa, muito desejável, mas não tenho coragem de fazer isso com o Paulo, vai que ele descobre, pode até acabar em morte, sei lá! Melhor deixar pra lá!” Diná fez uma expressão de aliviada em saber porque eu não a tinha agarrado ainda, e em seguida uma outra expressão de mistério, de quem ia fazer uma surpresa, sei lá... mas não insistiu mais, se despediu e novamente me beijou a face, de um modo extremamente sensual, e fez uma caricia no meio do meu peito, sorrindo foi embora. O resto da semana passou sem novidades, eu evitei o máximo me encontrar com os vizinhos. Mas no sábado a tarde, meu telefone tocou, era o Paulo, me convidando pra ir na casa dele tomar um drinque e comer umas pizzas que ele mesmo faria. Outras pessoas iriam também. Recusei , mas ele foi enfático, não aceitou minhas desculpas e praticamente exigiu minha presença. Estranhei, ele não é disso. Na hora combinada fui lá, já havia umas pessoas, alguns casais, alguns jovens... a casa deles é alugada, eles vinham de outra cidade. Eles não tem filhos em casa, o casal de filhos deles estudam fora, já estão em idade universitária. A pizza estava ótima, o Paulo que fazia. Eles tem forno de pizza além da churrasqueira e o resultado era uma pizza profissional, ele tinha talento. Tomamos vinho e o Paulo se mostrou um ótimo anfitrião. Diná é que estava um pouco afastada de mim, muito atenciosa com todos, mas um pouco formal comigo. Achei melhor assim e fui um dos primeiros a agradecer a noite e sair. Já em casa, quase indo dormir, o telefone tocou de novo, era o Paulo novamente, me chamando pra me dar uma coisa e tomar um ultimo gole de vinho. Voltei lá, e percebi que todos já tinham ido embora. Não vi a Diná. Paulo me serviu uma taça de vinho no bar, um canto da sala grande. Foi conversando amenidades, futebol, politica, etc... estava na quarta taça de vinho quando ele falou sobre a esposa... “Diná me falou que acha vc muito bonito e atraente... (gelei!) ... falou também que da sua sacada vc pode ver ela tomando sol... mas ela também falou que vc não quis comer ela por minha causa!” fez um silencio interminável... eu simplesmente não consegui falar nada! O marido estava me acusando de assediar a esposa! Nego? Admito e mudo de casa? Paulo se divertia com minha perplexidade... mas foi gentil: “Relaxa! Eu e ela temos uma relação aberta... somos inclusive swingers” ... e para comprovar ele sacou o celular e foi me mostrando vídeos onde eles transavam com outras pessoas, trocando de casais... um vídeo após o outro, eu ia vendo a Diná sendo possuída por vários caras diferentes, e em alguns o Paulo participava em dp na esposa! Depois de mostrar os vídeos e me deixar mais a vontade ( afinal ele não ia me esfaquear por cobiçar a esposa!), ele chamou a esposa, então Diná surgiu na sala, já a meia luz... vestia apenas calcinha e sutiã vermelho, mas de salto... linda, um tesão de mulher! Paulo autorizou: “Divirta-se, que eu e ela vamos nos divertir muito hoje!”... Diná se acercou de mim, me abraçou me beijou a boca! A mulher do cara estava me beijando na frente do marido! Achava que isso era cascata, mas ali bem ao lado da minha casa um casal liberal! E a mulher a fim de mim! Ela me arrastou pro sofá, e o Paulo sentou ao meu lado... Diná começou um strip tease pra nós! E ela era boa nisso! Havia musica também... eu fui escolhido, e Diná começou a tirar a minha roupa primeiro, meu pau duro surgiu e em seguida sumiu dentro da boca dela... ela chupava, chupava, engasgava, babava... então ela encaixou a buceta na minha boca pra mim chupar, e eu chupei, lambi, suguei... ela minava mel sem parar... estava com certeza gostando! Paulo tirou a roupa também, e com o pau duro, ficou ali do lado vendo a puta da esposa dando pro vizinho... ela já foi sentando na minha pica, encaixando meu pau na buceta... começou a cavalgar... de frente pra mim, as tetas ao alcance da minha boca, das minhas mãos... ela estava muito lubrificada, e estava longe de eu gozar! De repente senti um peso maior, era Paulo, se encaixando atrás da esposa, procurando o cu dela pra meter! Ela parou de mexer... entendi que era pro Paulo entrar... parei também... foi um pouco difícil... ele teve que passar lubrificante no pau e no cu dela... mas entrou... ele bombou um pouco dentro do cu dela... quando entrou mais fundo, e o cu dela acostumou com a vara dele, ela voltou a se mexer... logo estávamos nós três metendo, curtindo aquela loucura! Ela gozava muito, muitas vezes, gritava, gemia... me beijava, me mordia, me unhava! Eu sentia o cacete do Paulo estocando ali pertinho do meu pau dentro da mulher entre nós! Muito louco, mas muito gostoso! Anunciei que ia gozar, pedi pra tirar... “não! Goza dentro, meu macho, goza tudo dentro da minha buceta! Quero tua porra lá no fundo! “ ... achei esquisito, e tentei tirar, mas ela não deixou, e o Paulo reforçou: “Goza dentro dessa puta, enche ela de porra!”... gozei dentro dela, não tinha mesmo jeito! Ela curtiu cada jato da minha porra! Eu parei, estava exausto! Paul ainda bombou mais um pouco e também gozou dentro do cu dela... estávamos suados, mas satisfeitos! Ficamos mais um pouco ali no sofá, relaxando, conversando um pouco, meio abraçados com ela... os pintos moles... Eles me explicaram que já me sondavam desde que cheguei de mudança... viram que eu não tinha vida promiscua, e por isso não se importavam com usar preservativo comigo... Diná tem DIU instalado, e tem tara por porra dentro do corpo... disse que adora engolir porra também... então ela me levou pra suíte dela, me deu um banho, e logico, meu pau ficou duro novamente... Paulo tinha sumido... saímos do box e ela me enxugou na cama do casal... ela me chupou o pau mais uma vez, sem o Paulo... perguntei dele depois que gozei na boca dela, que engoliu toda minha porra... “ele foi dormir no outro quarto, de madrugada ele vem meter com a gente de novo... por agora vc é só meu!” ainda enfiei na buceta dela de quatro, mas troquei e enfiei no cu daquela puta pra gozar! Dormi feito pedra aquela noite, mas pelas cinco da manha acordei com o marido comendo ela do meu lado! Vendo que eu acordei ela de novo quis dois machos, mas desta vez eu fui comer o cu dela enquanto o marido lhe comia a buceta! Domingo as onze saímos da cama... ela fez almoço pra nós... bebemos mais e ainda metemos mais uma rodada a tarde... fui embora era três da tarde, o pau esfolado, os ovos doendo! Que fogo a mulher tem! Claro que ele tinha que repartir a mulher, era mulher de muitos homens, seria puta profissional se não fosse “recatada do lar”! Metemos muitas vezes durante quase dois anos... eles me introduziram no seleto mundo dos swingers, apesar da regra básica de não transar com parentes ou vizinhos, pessoas próximas, enfim... Paulo me cedeu a esposa algumas vezes pra me fazer companhia com outros casais swingers e levar ela em baladas, que ele não curtia muito... Diná me contou que quando saia comigo, Paulo aproveitava pra transar com alguma outra a vontade. Realmente um casal muito diferente de tudo que eu imaginava existir. Eles se mudaram pra outro estado, quando a vida deles começou a dar na vista aqui na cidade. Umas duas vezes por ano vou visita-los em algum lugar do litoral do nordeste... e meter, claro! Gostou? Vota então! Comenta!

Foto 1 do Conto erotico: Vista da Vizinha

Foto 2 do Conto erotico: Vista da Vizinha

Foto 3 do Conto erotico: Vista da Vizinha

Foto 4 do Conto erotico: Vista da Vizinha

Foto 5 do Conto erotico: Vista da Vizinha


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario jpsanf

jpsanf Comentou em 31/03/2017

Muito bom o conto, votei com meu pau duro e melado imaginando tudo Isso, que delícia.

foto perfil usuario oscar31

oscar31 Comentou em 30/03/2017

Adoraria se ela fosse minha vizinha delicia.

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 30/03/2017

Que delícia essa enrabada! Adorei! Betto (o admirador do que é belo)




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


62829 - joguei a mae na mao do filho - Categoria: Incesto - Votos: 43
63057 - a saga sexual dos silva - o inicio de tudo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
63109 - a saga sexual dos silva - papai - Categoria: Incesto - Votos: 13
63118 - A saga sexual dos silva – o despertar de mamãe - Categoria: Incesto - Votos: 14
63179 - a saga sexual dos silva - meu irmao punheteiro - Categoria: Incesto - Votos: 10
63181 - a saga sexual dos silva - menage - Categoria: Incesto - Votos: 13
63530 - A saga sexual dos silva – desmamando luiz - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
63583 - a saga sexual dos silva - papai e mamae - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
63797 - a saga sexual dos silva - swing - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
64125 - puta com plateia e um bonus - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
83128 - na madrugada da transportadora - Categoria: Gays - Votos: 15
83348 - a mulher do colega de trabalho - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
83414 - swingue com recem casados - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
83438 - pau no cu do carlos - Categoria: Gays - Votos: 10
84299 - nanda cobicando o pau grandao - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
84862 - eu ela e a mae dela - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
85034 - orgia na lancha com minha irma - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 21
85319 - tres no motel - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
90462 - Sobe Desce BH - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
90463 - Sauna Gay - Categoria: Gays - Votos: 16
90943 - Meu pinto grande nao é meu! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
92647 - como conseguir anal com ela - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
94842 - A Morena com nojinho - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
96954 - aquele da ex colega servico - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
97023 - Dogging - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
97424 - Mulher de amigo meu... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
98041 - Cliente deu mole - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
98118 - Catei com a boca na botija! - Categoria: Incesto - Votos: 15
98190 - Aquele da Confissão Dela - Categoria: Incesto - Votos: 9
98402 - finalmente integrado na suruba - Categoria: Incesto - Votos: 14
98403 - a cliente enfermeira - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
98607 - churrasco no interior, sistema Bruto - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
99341 - Safada a enteada - Categoria: Incesto - Votos: 26
99512 - Enteada Safada Fim - Mamae tbm - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 20
101226 - Bruna e seu Namorado - Categoria: Incesto - Votos: 7
101493 - Calouro Coroa - Categoria: Gays - Votos: 7
101806 - Troca Troca - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
101863 - Compartilhamento em São Tome das Letras - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
102043 - Ele só queria olhar - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil nnando
mistake

Nome do conto:
Vista da Vizinha

Codigo do conto:
98754

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
30/03/2017

Quant.de Votos:
15

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaaBaixar foto da cintura para baixo pelada de homemcontos eróticos Filho fraga mãe dando pro negãoconto erotico de pedreiro e esposa de cornoContos porno castigando a esposa desobedientedoce nanda contos eroticosconto erotico assaltantes encasaconto errorico scatContos de cdzinha afeminada provocando com shortinholanchinho na xoxota inchada transandoconto erotico gay dando para um homem suadoContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaBondunda da mozContos incesto irma cavala bucetudasocando no cu do emo conto eróticoContos bandido arrombando cu da vizinhacoroa hostosa contos eroticoscontos heroticos de mulheres de manausconto erótico coemcei cedotransando com duas contos eroticosporno em quadrinhos comendo a irmãNovinho submisso virou cdzinhavovozinha safadihabandidos obrigaram me a enrabar minha filha contos de sexoConto erotico perdi o cabaco no terracopapai e mamae rezando conto eroticocontos eróticos em quadrinho tio tirando o cabaço da sobrinhaquadrinhos erotico meninamulheres vestido curto com bunda grande gostosacontos eróticos homens com novinhosgozada conto eróticocontos eroticos comi minha avó que fumava um beck incestoxvidio animadoCrentes maduras da ccb em contos eroticoscomercuegostosocontos minha vida de cornoconto erotico mendiga cucontos gay de sendo arrombado por um garoto negro de ruacontos erotico comendo a filha do meu sociome comeram por 8 oras contoComi o cu da minha filha casada contoContos gay pau pequenoContos beto papakumaesafadacontocontos eroticoscontos eroticos conversa minha esposa putaBuceta da vovôcontosparacornomansocontos eroticos a minha mae no onibus pego no meu pauporno quadrinho familiacontos eroticos reais Minha mãe é puta e eu viadinhomarido escutando gemidos da mulher escondidocontos erotico-meu cu é teuconto patroa vagabundacontos eroticos troca de casais[email protected]Conto porno desdi pequena pai e mae me comechantagiei a esposa do meu irmãoContatos com comentarios de praticante de zoofiliacume menina de buceta pequena contoshentay comendo a filhporno hentay gozando nelas dormindoa dormindoconto erotico com velho chupa xotaxxx comics negrosconto porno mulher gosta pau 25cmDesabafo de uma mãe contos.eroticoscontos irma mais velha visiada no meu paua desdita dando a bucetinha para o clientecontos eroticos na balada com a amigacontos de gajas que chupao vergasconto eurotico alistamento comi o sargentoconto erotico minha namorada rubiacontos coroas e meninoscontos eroticos vi mamae fuderroberto papaku contos gaysalam.sxy.videocontos guei de alexandreconto gay penisContos gay pau pequenoindia contos eroticos quadrinhomãe da cu escondido pro filhocontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anossegredos papai e filha contos de incestomorena boa semana com amizade com entregador ele come ele a forca pornobati punheta pra um menino no onibus contos eroticoscontoseroticos caiu na rede mae com filho picudoContos eroticos dei a buceta no barracocontos eroticos minha esposa e o. pedreiroconto vibradorSogra quadrinho rabaoputona nuaconto na despedida de solteira minha sogra fodeu muito com os carasContos eróticos abusando do cu apertado da esposa a forçahetay gay melhor dia dos pais