A crente



Esta historia se passa em 2003, e como sempre modifico os nomes dos personagens para manter a identidade, lembrando que todos meus contos são fatos que aconteceram comigo realmente em determinado momento de minha vida.
Tudo se da inicio quando pedi transferência para um colégio no bairro vizinho onde um certo dia conheci Marta, uma morena um pouquinho acima do peso, porem com seios médios bem redondinhos e uma enorme bunda de fazer inveja a estas dançarinas turbinadas com nome de frutas.
Marta era evangélica e sempre andava de saia abaixo do joelho pois era proibida de usar calça. Estava perto de completar 18 anos, e ela ja tinha 23 anos e apesar de nossa diferença de idade e crenças via em Marta uma grande amiga.
Passado alguns dias, comecei a namorar com ela, mas o namoro era diferente pois não podia beijar andar e nem junto com ela sem a presença de outra pessoa casada mesmo assim ia levando na boa pois se tratava de uma pessoa muito legal e que tinha muita afinidade.
Marta tinha uma mãe com a saúde bem frágil, uma irmã ja casada e um irmão também casado ee seu pai, uma pessoa fabulosa. Devido o problema de saúde da mãe, o irmão acolhia a mãe de Marta em sua casa nos dias de semana porque fica mais fácil o tratamento pois a distancia ate o hospital era pouca da casa do irmão, nos fins de semana costumava ir pra casa de Marta almoçar com a família dela.
Um dia Marta resolveu ir a minha casa, eu estava recém desempregado e ela passava a tarde comigo e a noite íamos a escola.
Uma tarde estávamos em meu quarto e ela me pediu um beijo que prontamente eu dei, dai pra frente o nosso namoro começou de verdade e tínhamos bons momentos, ate que um dia estávamos brincando e sem querer minha mão encostou no seio de Marta, pude perceber que ela ficou espantada, tirei e depois coloquei novamente e ela não reagiu então aproveitei coloquei as mãos por debaixo da blusa dela e fui acariciando seus seios e beijando ela. E assim continuou por mais uns dias sempre acariciava seus seios deliciosos.
Um dia Marta me liga dizendo que o pai trocara de turno em seu serviço de vigilante agora trabalhando durante o dia e me chamou para ir para sua casa. Naquele dia começamos a namorar e do nada me bateu uma vontade de acariciar suas pernas e fica brincando com ela dizendo que coxa grande! Eu sabia que ela era virgem e eu não pretendia desrespeita-la, mas quando acariciava suas pernas e lhe beijava fui passeando com minha mão em rumo sua saia pra ver a reação dela, ela não reagiu negativamente e continuei a subir chegando a sua calcinha que ja estava toda molhada, percebi que a calcinha dela tinha um pequeno furo que dei uma alargada com dedo conseguindo chegar no seu grelinho e dai comecei a bater uma seu rica para ela e como ela era virgem começou a jogar as pernas de um lado para o outro freneticamente e eu estava muito excitado de ver ela se contorcendo toda de prazer ai ela gozou bem forte e deitou sobre o tapete sem forças, neste momento fui ao banheiro e masturbei.Dai despedi dela e voltei pra casa, no dia seguinte esperava não ver mais a Marta pois ela tinha ficado bem assustada, mas pra minha surpresa ela apareceu em minha casa e repeti o ritual do dia anterior primeiro lhe beijando e acariciando seus seios e terminando com a siririca ela estava gostando muito e depois foi para sua casa novamente. Estava eu muito incomodado com aquela situação que comecei a evita-la para não ter futuros problemas. Fim de semana não fui almoçar na casa dela, porem a noite ela foi em minha casa falando que avisou aos pais que ficaria em uma vigília religiosa ate o dia seguinte e como ja disse em outro conto tenho um quarto e um banheiro separado de casa, para evitar barulhos e ter minha privacidade.
Ficamos ali aquela noite porem ja não aguentava mais satisfaze-la com a siririca e não me satisfazer e eu falei comigo mesmo é hoje ou nunca mais.
Comecei a dar os amassos normal ai fui acariciando seus seios ela ja estava excitada ai pedi ela para sentar na cama que mostraria algo para ela e levantando tirei meu pau para fora e pedi a ela que chupasse, mas ela assustada se negou a fazer disse que não queria assim, então aproximei mais e encostei meu caralho em sua boca e falei so um pouquinho, faz isto por mim! E ela meio sem saber como fazer colocou meu cacete na boca e começou a chupar mas não tinha muito jeito, então tive a ideia de colocar um vídeo pornô pra ela ver e logo ela pegou a pratica no boquete, ela foichupando muito gostoso e acabei gozando em sua boca, ela engasgou com minha porra, mas como ela viu no vídeo ela logo engoliu toda porra. Ela se recompôs e me perguntou e agora?
Respondi a ela gostaria muito de te ver pelada! E ela não respondeu nada comecei os amassos do inicio novamente e quando cheguei na parte dos seios, comecei a desabotoar sua camisa e logo me livrei dela e depois retirei seu sutien. Elogiei seus seios e disse a ela que deitasse por queria vê -la inteira nua, ela deitou retirei com cuidado sua saia e sua calcinha e falei a ela que ficasse bem tranquila. Depois falei, ja que você me chupou bem gostoso agora é hora de eu te chupar também. Quando encostei minha língua na sua xana ela com susto e a sensação de estar provando aquilo a primeira vez ela tentou sentar e eu empurrei delicadamente Marta pra cama novamente fui lambendo aquela xaninha quente bem rápido e então comecei a sugar seu grelinho fazendo Marta da uns arranques ela estava quase flutuando.
Senti então sua gozada forte e então desfalecida ela se virou de bruços e ficou respirando ofegante. Nesta hora percebi que suas nadegas estavam arrebitadas e suas pernas semiabertas deixando aquela xana melada a amostra fiquei excitado novamente e subi em cima dela tentando penetra-la e e fui fazendo força ate consegui penetra-la por completo, ela gemia e chorava dizendo que doia muito e queimava, dai fui mais devagar e logo gozava novamente.
No fim daquela noite ja havia comido a Marta três vezes.
Ficamos mais um mês juntos, mas a triste noticia veio, a família decidiu se mudar para favorecer o tratamento da mãe.
Mantivemos contato por mais uns meses depois não tive mais noticias.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario fulano

fulano Comentou em 09/09/2017

Delícia de conto só faltou as fotos




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


57407 - A prima quarentona de minha mãe m. - Categoria: Coroas - Votos: 11
57488 - Velha amiga da web - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
57569 - Portugues e matematica Duas professoras e um aluno - Categoria: Fantasias - Votos: 5
57978 - Brincadeira da garrafa com a tia do amigo (REAL) - Categoria: Coroas - Votos: 6
58127 - COM A MADRINHA DA MINHA NOIVA - Categoria: Coroas - Votos: 8
58301 - Dei para o noivo da minha afiliada. - Categoria: Coroas - Votos: 11
58553 - Balada de uma quase Meretriz. - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 2
58699 - Um hotel, uma colega e um marido muito corno. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
58948 - comi a mãe do meu amigo no dia das mães. - Categoria: Coroas - Votos: 12
59532 - Sou um amor de tia, que até iniciei meu sobrinho. - Categoria: Incesto - Votos: 40
59675 - A safada do clube. - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
60122 - Fui estrupada pelo meu vizinho nerd. - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
60390 - Perdi minha virgindade com meu amigo. - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63273 - Meu vizinho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
74355 - O namorado da minha filha me deixou arrombada. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 76
74441 - Comi minhas duas tias - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
74534 - ppA mulher do ponto do onibus - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
74547 - Meu sobrinho me estrupou e me engravidou - Categoria: Incesto - Votos: 14
74599 - Agrandando meu contador que comeu em dose dupla - Categoria: Coroas - Votos: 12
74731 - O trato 1 ( real) tem 1 pouco d cada categoria - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
74887 - O trato parte final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
74972 - A mulher do orfanato - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
75265 - O Inquilino da minha mãe me comeu - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
75332 - Minha madrasta, minha putinha. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
75623 - Meu padrasto, nao para de me comer mais. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
76067 - Eu, viuva, dei para um turista. - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
76369 - Com a empregada da minha patroa - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
77945 - Meu amigo oculto me deixou arrombada. - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
77946 - Meu amigo oculto me deixou arrombada. - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
78415 - Me desculpa, mas dei para outro cara. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
78733 - A vendedora de Yakut - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
79034 - Afilhado gostoso - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
79789 - Eu, voce, a Lena e um cachorro. - Categoria: Zoofilia - Votos: 3
80231 - Provoquei meu primo e acabei sendo estrupada. - Categoria: Incesto - Votos: 11
81095 - comi a madrasta, e arrombei o cabaço da filha dela - Categoria: Incesto - Votos: 11
81356 - Eu carreguei no colo mas mesmo assim me enrabou - Categoria: Heterosexual - Votos: 16
82143 - Passando a vara na cunhada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
93311 - Dei para o namorado da minha sobrinha. PARTE 1 - Categoria: Coroas - Votos: 3
93360 - Dei para o namorado da minha sobrinha PARTE 2 - Categoria: Coroas - Votos: 4
93486 - Estuprada no sitio - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
95088 - Sexo na favela capitulo 1 Comendo Adriane - Categoria: Fetiches - Votos: 4
96572 - Sexo na favela capitulo 2 Atenciosa Sirleide. - Categoria: Fetiches - Votos: 0
99754 - Aliviando com meu genro. - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
105373 - Perdi minha virgindade aos 36 e ainda posso estar grávida. - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
105849 - Dei gostoso pro namorado da minha mãe - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
112667 - Eu, noiva perdi o cabaço para um cara da escola - Categoria: Heterosexual - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico melhor

Nome do conto:
A crente

Codigo do conto:
57893

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
17/12/2014

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico jogando game com o novinhocontos a calcinha da titiacontos e fotos de coroas velhas fodendo no dwollandquadrinhos eroticos de avos gostosascontos eroticos na boate lgbtconto cuzinho da namorada do meu amigorelatos sexuais feminino começou com jogo de strip pokercontos eroticos fudendo submisuContos comedor de gay na infanciaconto erótico com cena de sexoparte 5seiren porno a filha gostosa da empregadasexo cunhada safadinhapraia de nudismo conto eroticoconto erotico chupei a virgemtravesti pau meladoconto gay incesto irmãoscontos eróticos me vinguei de mamãeconto erotico-tomei 3vezes no cu de saiabanda desenhada pornoconto erótico tia alaide contos eroticos a madrasta e enteada rebeldebrincando com a priminha casa dos contoswww.conto erotico minha eteada me seduziuconto erotico filho fode maeconto viado pede e imploracontos eroticos com idosa que anda de bikeContos de incestos recentes em 2017contos eroticos com fotos a tara do corno ver o negao arombar o cuzinho da sua esposaretatdado gay contovontos eróticos virei putinhaquadrinhos eroticos corno viadoviajei com colega conto eroticoclimax conto eroticocontos lésbicos sobre lactofiliaconto casada pinto itu cornoeu confesso desejo imenso de ser cornocontos+eroticos+as+cuecas+das+tiasmenina bundao sentou no colo conto eroticocoloContos sei que meu padrasto me olha pela fschadura do banheiro ai eu provocomeu avô transou comigo.incesto conto eroticphoje eu dor pro papai pornô capixaba Contos Massajems iroticasContos eroticos de padres e de pastores com seus (as) fieisputa das amigas contoComo e bom fuder com o velhinho contosfarra com a esposa do amigo contocontos gay me fez gozarconto erotico irma da igrejasafadacontoeroticoburroprofebranca fotocontos eroticos provocando o meu paixxvideo enviando abraço na buceta gay na dupla penetracao so pica negra gg contosver contos eroticos de meninas de dezoitoanos que foro ceduzidas pelos garotos de quinzecontos erotico sendo comida por travesticontos eroticos lesbicas com fotosconto erotico minha professora e travesticontos porno viagem com sograconto erotico sogro pausudo de cuecananinhas piludasporno doido comendo 3negasexo gay de tapas na cara catarradascontos de novinho gay com velho idoso e pervertidovelho comedo cadela no cioconto eróticoscontos eroticos amiga rabudaconto erotico gay o afeminado timidocontos eroticomeu padrasto me cumeu na casa de praia na praia entiadacontos eroticos meu pai adotivo comeu a minha boceta quando eu ers pequenacontoseroticos.vip/hetero/o-primeiro-multiplo-orgasmowww.contos fudeno mae de aluno.com.brparrudos duroso negao comedor de cu quadrinhoscontos eroticos gay putinhaSexo com minha prima conto eroticocontos eroticos reais traição no acampamentocontos eróticos vingançaconto erotico esgotando o peito da maecontos eroticos putinhaconto erotico traveco dengosacontos eróticos de filha ficou gafida deMeu pai encinou meu namorado a fuder minha buceta conto erotico parte finalex marido bonzinho xupou minha bucetafatima garcia conto eroticobuceta+grandecontoeroticodfcomtos eroticos tomando banho com meu filhocontos eroticos comendo meninas debutantes